17 de julho – William White, Bispo da Pensilvânia, 1835

williamwhite17 de julho:
WILLIAM WHITE, 
BISPO DA  PENSILVÂNIA (17 JULHO 1836).

 Antes da revolução americana, não havia nenhum bispo nas colônias (em parte porque o governo britânico era relutante em dar autonomia às colônias, e em parte porque muitos dos colonos também eram contrários à presença de um bispo inglês. Após a revolução, o estabelecimento de um episcopado americano tornou-se imperativo. Samuel Seabury foi o primeiro americano a ser consagrado, em 1784 (em 14 de novembro) e em 1787 William White e Samuel Provoost foram eleitos bispos da Pensilvânia e de New York respectivamente. William White nasceu em Filadélfia em 1747 e  em 1770 na Inglaterra, foi ordenado ao diaconato e posteriormente ao presbiterado. Foi Assistente e depois, Reitor da Igreja de Cristo  e de São Pedro na Filadélfia. William White foi um grande colaborador da Constituição da Igreja Protestante  Episcopal nos Estados Unidos da América. Por sua sugestão, o sistema do governo da Igreja foi estabelecido mais ou mais menos como nós o temos hoje. (A exemplo, só um bispo só pode ordenar um diácono ou um presbítero, e somente os bispos (normalmente pelo menos três) podem consagrar um bispo;  Quando um bispo morre ou se aposenta, um novo bispo é eleito através de uma convenção em sua diocese, composta de clérigos e delegados leigos por votos em separado, vencendo a maioria em cada uma das alas, havendo ainda a necessidade de uma confirmação posterior, etc etc; os negócios a nível nacional são conduzidos pelo presidente geral da Convenção, que se encontra a cada três anos, etc etc).  William White foi o bispo presidente da PECUSA em sua primeira Convenção em 1789, e outra vez de 1795 até sua morte em 17 julho 1836.

Por James Kiefer, livre tradução e interpretação do Revdo. JBS, jul2006