19 de outubro – Henry Martin – Presbítero e Missionário na Índia e Pérsia – 1812

Henry_Martyn

Missionary na India e Persia, 1812

Henry Martyn

Nasceu em 1781 e estudou em Cambridge, onde tornou-se especialista em matemática. Tinha também facilidade em aprender línguas.

Incentivado por Charles Simeon (ver 12 de novembro), foi para a Ìndia como Capelão, onde chegou em 1806. Ainda em sua viagem para a Índia, no ano de 1805, o navio em que viajava aportou durante 15 dias na Bahia onde manteve contato com os padres católicos romanos, falando em francês e latim, ocasião em que escreveu no seu diário: “Quem  será o ditoso missionário que irá trazer o nome de Cristo a esta região ocidental? Quando será este país libertado da idolatria e do Cristianismo espúrio? Cruzes há em abundância, mas quando será aqui anunciada a doutrina da Cruz?”
 
Os seis últimos anos de sua vida foram dedicados a traduzir o Novo Testamento para o Hindi e Persa, revisado uma tradução Árabe do Novo Testamento, e traduzidos os Salmos para o Persa e o Livro de Oração Comum para o Hindi. Em 1811 saiu da India para a Pérsia, esperando fazer mais algumas traduções e melhorar as existentes. Não concluiu os seus projetos, pois adoeceu e morreu em Tokat (Província da Turquia) em 16 de outubro de  1812 (O Calendário Americano comemora em 19 outubro). Foi enterrado pela Igreja Armeniana, com as honras reservadas ordinariamente para os seus  próprios bispos.                                            
Seu diário foi chamado “um dos mais preciosos tesouros  da devoção Anglicana”.
Pesquisa revjbs out 2006