7 de Fevereiro – COLETTE

Presença feminina  (Companheira Devocional , 216) 

COLETTE (1447), Segunda Ordem, 7 de Fevereiro
     Depois da morte dos seus pais, Colette obteve permissão para viver a vida de eremita em um pequeno domicílio junto à parede da igreja, onde ela seguia a regra da Terceira Ordem. Pouco depois Deus a chamou para resgatar a observância rígida da regra de Santa Clara, a qual tinha sido muito relaxada até o século quinze. A humildade de Colette levou-a a resistir o chamado. Imediatamente ela ficou muda e depois cega até por fim gritar: “Senhor, o que queres que eu faça? Estou pronta para fazer qualquer coisa que tu desejes de mim”. Imediatamente sua fala e sua visão foram restabelecidas. Ela fundou dezessete conventos nos quais a Regra primitiva de Santa Clara floresceu.

Coleta: Deus nosso sustentador, que inspirou Colette a ser exemplo e líder de perfeição evangélica para muitos: Permite que o espírito de Francisco e Clara que ela sabiamente ensinou e admiravelmente confirmou pelo seu exemplo, sempre possa permanecer em nós; por Jesus Cristo nosso Senhor. Amém.