8 de junho – Vicente Brande

VICENTE BRANDE

Foto: Capa do livro Dados Biográficos do Clero da IEAB, Rev. Marçal, 1988.

8 de junho – Vicente Brande

De origem presbiteriana, vindo de São Paulo. Era diretor e professor de uma escola mista das imediações da hoje Beneficência Portuguesa, na Av. Independência.  Em 21 de abril de 1890 ele recebia amavelmente os missionários Reverendo Morris, Kinsolvíng, o Sr. Boaventura e esposa Dona Inês. Eles traziam uma carta de apresentação do Revdo. Eduardo Carlos Pereira, da Igreja Presbiteriana em São Paulo. Os missionários pediram ao Sr. Brande que descobrisse uma casa para alugar. Dois dias depois ele informava a existência de um prédio para ser alugado na rua Voluntários da Pátria nº 387, mais ou menos onde fica hoje a casa comercial Fracalanza, A casa era de propriedade do Sr, Zeferino Fraga, fazendeiro em Santa Rita do Rio dos Sinos, Nela eles adaptaram uma sala que passou a ser a ‘Casa da Missão”.  Foi  ali o berço da Igreja Episcopal do Brasil. Algum tempo depois, em 3 de fevereiro de 1891, os missionários fundaram uma escola na “Casa da Missão” com o nome de Escola Americana. À qual aglutinaram a escola do Prof. Brande e os três passaram a lecionar na mesma. O Prof Brande resolve apresentar-se como candidato às Sagradas Ordens. Foi ele então apresentado como catequista no trabalho da Igreja. Em 9 de agosto de 1891 o Rev. Morris e o Sr. Brande foram a Rio Grande receber a congregação presbiteriana que se transferiu para a Igreja Episcopal. A referida congregação foi fundada em 1876 pelo missionário Presbiteriano Emanuel Van Orden. Em 28 de agosto de 1893 na Paróquia do Salvador em Rio Grande, pelo Bispo Peterkin, e ordenado ao diaconato o Sr. Vicente Brande com 33 anos de idade.  Foi a primeira ordenação da Igreja Episcopal do Brasil. Na época o meio de transporte era o navio e para nós o acesso era o porto de Rio Grande. Em Porto Alegre, o Rev. Brande foi o fundador da Igreja do Redentor, na rua Jose do Patrocínio, da qual foi muito anos pároco. Em 1898, na visita do bispo Sterling, foram elevados ao presbiterado Brande, Cabral e Fraga, O Rev. Brande também foi o fundador da Igreja em Jaguarão, em 1898.  Era poeta meio repentista. Cuidava da saúde das almas de seus paroquianos e também da saúde do corpo, pois manipulava medicamentos de plantas medicinais e ofertava aos enfermos que a ele recorriam. Brande foi uma das primíias da Igreja Episcopal do Brasil. Faleceu em 1940, em Porto Alegre.

Obs. Dados biográficos retirados do livro DADOS BIOGRÁFICOS DO CLERO DA IGREJA EPISCOPAL DO BRASIL de autoria do Rev. Marçal Lopes de Oliveira, Editado pelo Depto. de Comunicação da Secretaria Geral da IEAB, 1988