DFP008 Epifania – 6 de janeiro – Anos A B e C

DFP08 Epifania de Nosso Senhor Jesus Cristo, Anos A B C – Cor branco

06 de janeiro – Epifania de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Leituras: Isaías 60:1-6; Salmo 72:1-7, 10-14; Efésios 3:1-12; Mateus 2:1-12.

Coleta para a Epifania: Luz das nações, que pela Estrela manifestaste teu Unigênito Filho a todos os povos da terra; guia-nos à tua presença, os que hoje te conhecemos pela fé; a fim de que desfrutemos de tua glória face a face; mediante Jesus Cristo, nosso Senhor, que vive e reina contigo e com o Espírito Santo, um só Deus, agora e sempre. Amém.

* Prefácio da Epifania (Para ser usado também na Festa da Purificação, Anunciação e Transfiguração):
Porque, no mistério do Verbo feito carne, fizeste brilhar uma nova luz em nossos corações e conhecer tua glória na face de teu Filho Jesus Cristo, nosso Senhor.

Isaías 60:1-6
1 Levanta-te, resplandece, porque é chegada a tua luz, e é nascida sobre ti a glória do Senhor.
2 Pois eis que as trevas cobrirão a terra, e a escuridão os povos; mas sobre ti o Senhor virá surgindo, e a sua glória se verá sobre ti.
3 E nações caminharão para a tua luz, e reis para o resplendor da tua aurora.
4 Levanta em redor os teus olhos, e vê; todos estes se ajuntam, e vêm ter contigo; teus filhos vêm de longe, e tuas filhas se criarão a teu lado.
5 Então o verás, e estarás radiante, e o teu coração estremecerá e se alegrará; porque a abundância do mar se tornará a ti, e as riquezas das nações a ti virão.
6 A multidão de camelos te cobrirá, os dromedários de Midiã e Efá; todos os de Sabá, virão; trarão ouro e incenso, e publicarão os louvores do Senhor.

 

Salmos Litúrgicos Livro II
Décimo Quarto Dia: Oração Matutina
Salmo 72:1-7, 10-14 Deus, judicium
Ó DEUS, concede ao Rei teus juízos; * e ao filho do Rei tua justiça.
2 Que ele governe com retidão teu povo, * com eqüidade as tuas pessoas pobres.
3 Os montes simbolizem paz para os povos; * e as colinas retidão.
4 Julgue dentre o povo quem vive em aflição, salve as pessoas necessitadas * e quebrante quem oprime.
5 Temam-te enquanto o sol existir, * enquanto durar a luz, por todas as gerações.
6 Seja como chuva que desce sobre o prado, * como chuveiros que regam a terra.
7 Floresçam em seus dias as pessoas justas * e dá abundância de paz até que não haja mais lua.
10 Paguem tributo os reis de Társis e das ilhas; * ofereçam donativos os reis de Seba e de Sabá.
11 Curvem-se perante ele todos os reis, * sirvam-no as nações todas.
12 Porquanto livrará ele o desvalido que clama, * o que sofre e o que não tem quem o ajude.
13 Condoer-se-á das pessoas  fracas e das necessitadas, * e das indigentes salvará a alma.
14 Remirá suas almas da opressão e da violência, * e precioso será seu sangue aos olhos dele.

Efésios 3:1-12 
1 Por esta razão eu, Paulo, o prisioneiro de Cristo Jesus por amor de vós gentios…
2 Se é que tendes ouvido a dispensação da graça de Deus, que para convosco me foi dada;
3 como pela revelação me foi manifestado o mistério, conforme acima em poucas palavras vos escrevi,
4 pelo que, quando ledes, podeis perceber a minha compreensão do mistério de Cristo,
5 o qual em outras gerações não foi manifestado aos filhos dos homens, como se revelou agora no Espírito aos seus santos apóstolos e profetas,
6 a saber, que os gentios são co-herdeiros e membros do mesmo corpo e co-participantes da promessa em Cristo Jesus por meio do evangelho;
7 do qual fui feito ministro, segundo o dom da graça de Deus, que me foi dada conforme a operação do seu poder.
8 A mim, o mínimo de todos os santos, me foi dada esta graça de anunciar aos gentios as riquezas inescrutáveis de Cristo,
9 e demonstrar a todos qual seja a dispensação do mistério que desde os séculos esteve oculto em Deus, que tudo criou,
10 para que agora seja manifestada, por meio da igreja, aos principados e potestades nas regiões celestes,
11 segundo o eterno propósito que fez em Cristo Jesus nosso Senhor,
12 no qual temos ousadia e acesso em confiança, pela nossa fé nele.


Mateus 2:1-12 
1 Tendo, pois, nascido Jesus em Belém da Judéia, no tempo do rei Herodes, eis que vieram do oriente a Jerusalém uns magos que perguntavam:
2 Onde está aquele que é nascido rei dos judeus? pois do oriente vimos a sua estrela e viemos adorá-lo.
3 O rei Herodes, ouvindo isso, perturbou-se, e com ele toda a Jerusalém;
4 e, reunindo todos os principais sacerdotes e os escribas do povo, perguntava-lhes onde havia de nascer o Cristo.
5 Responderam-lhe eles: Em Belém da Judéia; pois assim está escrito pelo profeta:
6 E tu, Belém, terra de Judá, de modo nenhum és a menor entre as principais cidades de Judá; porque de ti sairá o Guia que há de apascentar o meu povo de Israel.
7 Então Herodes chamou secretamente os magos, e deles inquiriu com precisão acerca do tempo em que a estrela aparecera;
8 e enviando-os a Belém, disse-lhes: Ide, e perguntai diligentemente pelo menino; e, quando o achardes, participai-mo, para que também eu vá e o adore.
9 Tendo eles, pois, ouvido o rei, partiram; e eis que a estrela que tinham visto quando no oriente ia adiante deles, até que, chegando, se deteve sobre o lugar onde estava o menino.
10 Ao verem eles a estrela, regozijaram-se com grande alegria.
11 E entrando na casa, viram o menino com Maria sua mãe e, prostrando-se, o adoraram; e abrindo os seus tesouros, ofertaram-lhe dádivas: ouro incenso e mirra.
12 Ora, sendo por divina revelação avisados em sonhos para não voltarem a Herodes, regressaram à sua terra por outro caminho.