DFP046 – Próprio O5

DFP046 Domingo, 10 de junho de 2018 – Próprio O5 (TC10):


Ano A: Gênesis 12:1-9; Salmo 33:1-12; Romanos 4:13-25; Mateus 9:9-13, 18-26 OU Oseias 5:15-6:6; Salmo 50:7-15; Romanos 4:13-25; Mateus 9:9-13, 18-26


Ano B: I Samuel 8:4-11 [12-15]; 16-20 [11:14-15]; Salmo 138; II Coríntios 4:13-5:1; Marcos 3:20-35 OU Gênesis 3:8-15; Salmo 130; II Coríntios 4:13-5:1; Marcos 3:20-35


Ano C: I Reis 17:8-16 [17-24]; Salmo 146; Gálatas 1:11-24; Lucas 7:11-17 OU I Reis 17:17-24; Salmo 30; Gálatas 1:11-24; Lucas 7:11-17

Próprio 5, domingo de 5 a 11 de junho – TC 10:
Ó Senhor, de quem procede todo o bem. Concede que, por tua santa inspiração, cogitemos o que é bom, e por tua orientação misericordiosa o executemos. Mediante nosso Senhor Jesus Cristo, que vive e reina contigo e com o Espírito Santo, um só Deus, agora e sempre. Amém.
* Prefácio do Dia do Senhor (Para ser usado somente aos domingos).
De Deus Pai
Pois Tu és a fonte da luz e da vida; fizeste-nos à tua imagem e nos chamaste a uma vida nova em Jesus Cristo, nosso Senhor.
De Deus Filho
Mediante Jesus Cristo, nosso Senhor, que, no primeiro dia da semana, venceu a morte e o túmulo, e, por sua gloriosa ressurreição, nos abriu as portas da vida eterna.
De Deus Espírito Santo
Porque nos fizeste nascer da água e do Espírito Santo, tornando-nos teu povo, em Jesus Cristo, nosso Senhor, para manifestar a tua glória ao mundo.

barra16
Ano A: Gênesis 12:1-9; Salmo 33:1-12; Romanos 4:13-25; Mateus 9:9-13, 18-26 OU Oseias 5:15-6:6; Salmo 50:7-15; Romanos 4:13-25; Mateus 9:9-13, 18-26

Gênesis 12:1-9
1* Javé disse a Abrão: «Saia de sua terra, do meio de seus parentes e da casa de seu pai, e vá para a terra que eu lhe mostrarei. 2 Eu farei de você um grande povo, e o abençoarei; tornarei famoso o seu nome, de modo que se torne uma bênção. 3 Abençoarei os que abençoarem você e amaldiçoarei aqueles que o amaldiçoarem. Em você, todas as famílias da terra serão abençoadas».
4 Abrão partiu conforme lhe dissera Javé. E Ló partiu com ele. Abrão tinha setenta e cinco anos quando saiu de Harã. 5 Abrão levou consigo sua mulher Sarai, seu sobrinho Ló, todos os bens que possuíam e os escravos que haviam adquirido em Harã. Partiram para a terra de Canaã e aí chegaram. 6 Abrão atravessou a terra até o lugar santo de Siquém, no Carvalho de Moré. Nesse tempo, os cananeus habitavam essa terra.
7 Javé apareceu a Abrão e lhe disse: «Eu darei esta terra à sua descendência». Abrão construiu aí um altar a Javé, que lhe havia aparecido. 8 Daí, passou para a montanha, a oriente de Betel, e armou sua tenda, com Betel a oeste e Hai a leste. E aí construiu um altar a Javé e invocou o nome de Javé. 9 Depois, de acampamento em acampamento, Abrão foi para o Negueb.


Salmos Litúrgicos Livro 1 Sexto Dia: Oração Vespertina
Salmo 33:1-12 Exultate, justi
EXULTE de júbilo no SENHOR, quem vive a justiça! * A quem tem virtude convém louvá-lo.
2 Celebrem ao SENHOR com harpa; * louvem-no com instrumento de corda.
3 Entoem para ele um cântico novo; * toquem com arte em tom festivo.
4 Porque a palavra do SENHOR é reta; * e quanto ele faz é com fidelidade.
5 Ele ama a retidão e a justiça; * cheia está a terra da bondade do SENHOR.
6 Pela palavra do SENHOR foram feitos os céus; * e por seu espírito tudo o que neles há.
7 Ele levanta as ondas do mar; * e cava os grandes abismos.
8 Tema toda a terra ao SENHOR; * temam-no todas as pessoas que habitam o mundo.
9 Como ele falou, assim se cumpriu; * o que ordenou, ficou estabelecido.
10 O SENHOR dissipa o conselho das nações; * anula os planos dos povos.
11 O conselho do SENHOR persiste para sempre; * são por todas as idades os intentos de seu coração.
12 Ditosa a nação cujo Deus é o SENHOR; * ditoso o povo que ele escolheu para sua herança.


Romanos 4:13-25
13 Não por causa da Lei, mas por causa da justiça da fé, que a promessa de receber o mundo em herança foi feita a Abraão ou à sua descendência. 14 Se os herdeiros recebem a herança por causa da Lei, a fé não tem mais sentido e a promessa fica anulada. 15 De fato, a Lei provoca a ira; mas, onde não há lei, também não há transgressão. 16 A herança, portanto, vem através da fé, para que seja gratuita e para que a promessa seja garantida a toda a descendência, não só à descendência segundo a Lei, mas também à descendência segundo a fé de Abraão, que é o pai de todos nós. 17 De fato, a Escritura diz: «Eu constituí você pai de muitas nações.» Abraão é o nosso pai diante daquele no qual ele acreditou, o Deus que faz os mortos viverem e que chama à existência aquilo que não existe.
18 Esperando contra toda esperança, Abraão acreditou e tornou-se o pai de muitas nações, conforme foi dito a ele: «Assim será a sua descendência.» 19 Ele não fraquejou na fé, embora já estivesse vendo o próprio corpo sem vigor – ele tinha quase cem anos – e o ventre de Sara já estivesse amortecido. 20 Diante da promessa divina, ele não duvidou, mas foi fortalecido pela fé e deu glória a Deus. 21 Ele estava plenamente convencido de que Deus podia realizar o que havia prometido. 22 Eis o motivo pelo qual isso lhe foi creditado como justiça. 23 Ora, não é para um só que está escrito: «Isso lhe foi creditado»; 24 mas também para nós. Será igualmente creditado para nós, pois acreditamos naquele que ressuscitou dos mortos, Jesus nosso Senhor, 25 o qual foi entregue à morte pelos nossos pecados e foi ressuscitado para nos tornar justos.


Mateus 9:9-13,18-26
9 Saindo daí, Jesus viu um homem chamado Mateus, sentado na coletoria de impostos, e lhe disse: «Siga-me!» Ele se levantou, e seguiu a Jesus. 10 Estando Jesus à mesa em casa de Mateus, muitos cobradores de impostos e pecadores foram e sentaram-se à mesa com Jesus e seus discípulos. 11 Alguns fariseus viram isso, e perguntaram aos discípulos: «Por que o mestre de vocês come com os cobradores de impostos e os pecadores?» 12 Jesus ouviu a pergunta e respondeu: «As pessoas que têm saúde não precisam de médico, mas só as que estão doentes. 13 Aprendam, pois, o que significa: ‘Eu quero a misericórdia e não o sacrifício’. Porque eu não vim para chamar justos, e sim pecadores.»
18 Enquanto Jesus dizia essas coisas para eles, um chefe se aproximou, ajoelhou-se diante de Jesus, e disse: «Minha filha acaba de morrer; mas vem, põe tua mão sobre ela, e ela viverá.» 19 Jesus levantou-se e o seguiu, junto com seus discípulos.
20 Nesse momento, chegou uma mulher que fazia doze anos vinha sofrendo de hemorragia. Ela foi por trás, e tocou a barra da roupa de Jesus, 21 porque pensava: «Ainda que eu toque só na roupa dele, ficarei curada.» 22 Jesus virou-se, e, ao vê-la, disse: «Coragem, filha! Sua fé curou você.» E, desde esse momento, a mulher ficou curada.
23 Chegando à casa do chefe, Jesus viu os tocadores de flauta e uma multidão fazendo barulho. Então disse: 24 «Retirem-se, porque a menina não morreu. Ela está apenas dormindo.» As pessoas começaram a caçoar dele. 25 Quando a multidão foi afastada, Jesus entrou, e tomou a menina pela mão. Então a menina se levantou. 26 E essa notícia espalhou-se por toda aquela região.


OU


Oséias 5:15-6:6
15 Vou-me embora, volto para a minha casa, até que reconheçam a sua culpa e venham procurar a minha face. Na hora do aperto, eles vão me procurar.
Oseias 6:1-6
1 Venham, voltemos a Javé: ele nos despedaçou, mas ele nos vai curar; ele nos feriu, mas ele vai atar nossa ferida. 2 Em dois dias ele nos fará reviver, e no terceiro dia nos fará levantar, e passaremos a viver na sua presença. 3 Esforcemo-nos para conhecer a Javé; sua chegada é certa como a aurora, ele virá a nós como a chuva, como o aguaceiro que ensopa a terra. 4 Que farei com você, Efraim? Que farei com você, Judá? O amor de vocês é como a neblina da manhã, como o orvalho que logo cedo se evapora. 5 Por isso eu os castiguei por meio dos profetas e os matei com as palavras da minha boca, e a minha sentença brotou como a luz. 6 Pois eu quero amor e não sacrifícios, conhecimento de Deus mais do que holocaustos.


Salmos Litúrgicos Livro II Décimo Dia: Oração Matutina
Salmo 50:7-15 Deus deorum
7 Ouve, povo meu, que eu vou falar: Ó Israel, vou testemunhar contra ti. * Sou DEUS, sou o teu DEUS!
8 Não é pelas tuas oferendas ou sacrifícios, que estão sempre diante de mim, * que te hei de repreender.
9 Nada tomaria da tua casa, * e nem dos teus rebanhos.
10 Embora seja meu tudo o que habita os bosques, * e os milhares nas montanhas.
11 Todas as aves me são conhecidas, * e tudo o que se move no campo me pertence.
12 Se tivesse fome, não to diria; * pois meu é o mundo e a sua plenitude.
13 Acaso hei de comer a carne dos sacrifícios, * ou beber o sangue das oferendas?
14 Oferece a Deus ações de graças; * e cumpre teus votos ao Altíssimo.
15 E invoca-me no dia da tribulação; * que eu te livrarei e tu me glorificarás.


Romanos 4:13-25
13 Não por causa da Lei, mas por causa da justiça da fé, que a promessa de receber o mundo em herança foi feita a Abraão ou à sua descendência. 14 Se os herdeiros recebem a herança por causa da Lei, a fé não tem mais sentido e a promessa fica anulada. 15 De fato, a Lei provoca a ira; mas, onde não há lei, também não há transgressão. 16 A herança, portanto, vem através da fé, para que seja gratuita e para que a promessa seja garantida a toda a descendência, não só à descendência segundo a Lei, mas também à descendência segundo a fé de Abraão, que é o pai de todos nós. 17 De fato, a Escritura diz: «Eu constituí você pai de muitas nações.» Abraão é o nosso pai diante daquele no qual ele acreditou, o Deus que faz os mortos viverem e que chama à existência aquilo que não existe.
18 Esperando contra toda esperança, Abraão acreditou e tornou-se o pai de muitas nações, conforme foi dito a ele: «Assim será a sua descendência.» 19 Ele não fraquejou na fé, embora já estivesse vendo o próprio corpo sem vigor – ele tinha quase cem anos – e o ventre de Sara já estivesse amortecido. 20 Diante da promessa divina, ele não duvidou, mas foi fortalecido pela fé e deu glória a Deus. 21 Ele estava plenamente convencido de que Deus podia realizar o que havia prometido. 22 Eis o motivo pelo qual isso lhe foi creditado como justiça. 23 Ora, não é para um só que está escrito: «Isso lhe foi creditado»; 24 mas também para nós. Será igualmente creditado para nós, pois acreditamos naquele que ressuscitou dos mortos, Jesus nosso Senhor, 25 o qual foi entregue à morte pelos nossos pecados e foi ressuscitado para nos tornar justos.


Mateus 9:9-13,18-26
9 Saindo daí, Jesus viu um homem chamado Mateus, sentado na coletoria de impostos, e lhe disse: «Siga-me!» Ele se levantou, e seguiu a Jesus. 10 Estando Jesus à mesa em casa de Mateus, muitos cobradores de impostos e pecadores foram e sentaram-se à mesa com Jesus e seus discípulos. 11 Alguns fariseus viram isso, e perguntaram aos discípulos: «Por que o mestre de vocês come com os cobradores de impostos e os pecadores?» 12 Jesus ouviu a pergunta e respondeu: «As pessoas que têm saúde não precisam de médico, mas só as que estão doentes. 13 Aprendam, pois, o que significa: ‘Eu quero a misericórdia e não o sacrifício’. Porque eu não vim para chamar justos, e sim pecadores.»
18 Enquanto Jesus dizia essas coisas para eles, um chefe se aproximou, ajoelhou-se diante de Jesus, e disse: «Minha filha acaba de morrer; mas vem, põe tua mão sobre ela, e ela viverá.» 19 Jesus levantou-se e o seguiu, junto com seus discípulos.
20 Nesse momento, chegou uma mulher que fazia doze anos vinha sofrendo de hemorragia. Ela foi por trás, e tocou a barra da roupa de Jesus, 21 porque pensava: «Ainda que eu toque só na roupa dele, ficarei curada.» 22 Jesus virou-se, e, ao vê-la, disse: «Coragem, filha! Sua fé curou você.» E, desde esse momento, a mulher ficou curada.
23 Chegando à casa do chefe, Jesus viu os tocadores de flauta e uma multidão fazendo barulho. Então disse: 24 «Retirem-se, porque a menina não morreu. Ela está apenas dormindo.» As pessoas começaram a caçoar dele. 25 Quando a multidão foi afastada, Jesus entrou, e tomou a menina pela mão. Então a menina se levantou. 26 E essa notícia espalhou-se por toda aquela região.


barra16
Ano B:
I Samuel 8:4-11 [12-15]; 16-20 [11:14-15]; Salmo 138; II Coríntios 4:13-5:1; Marcos 3:20-35 OU Gênesis 3:8-15; Salmo 130; II Coríntios 4:13-5:1; Marcos 3:20-35

I Samuel 8:4-11 [12-15]; 16-20 [11:14-15]
4 Então os anciãos de Israel se reuniram e foram até Samuel, em Ramá. 5 Disseram a Samuel: «Veja. Você já está velho e seus filhos não seguem o seu exemplo. Por isso, escolha para nós um rei, para que ele nos governe, como acontece em todas as nações». 6 Não agradou a Samuel a frase que eles disseram: «Dê-nos um rei para que nos governe». Então Samuel invocou a Javé. 7 E Javé disse a Samuel: «Atenda à voz do povo em tudo o que eles pedirem, pois não é a você que eles estão rejeitando, mas a mim; não querem mais que eu reine sobre eles. 8 Assim como eles têm feito desde o dia em que os tirei do Egito até hoje, abandonando-me e servindo outros deuses, a mesma coisa eles fizeram com você. 9 Atenda o pedido deles. Contudo, mostre com clareza e explique para eles o direito do rei que reinará sobre eles». 10 Samuel transmitiu todas as palavras de Javé ao povo que lhe pedia um rei. 11 E lhes disse: «Este é o direito do rei que governará vocês: ele convocará os filhos de vocês para cuidar dos carros e cavalos dele, e correr à frente do seu carro.
12 Ele os nomeará chefes de mil e chefes de cinqüenta. Ele os obrigará a ararem a terra dele e fazerem a colheita para ele, a fabricarem para ele armas de guerra e as peças dos seus carros. 13 As filhas de vocês serão convocadas para trabalhar como perfumistas, cozinheiras e padeiras. 14 Ele tomará os campos, as vinhas e os melhores olivais de vocês, para dá-los aos ministros. 15 Pegará a décima parte das plantações e vinhas de vocês, e as dará aos oficiais e ministros.
16 Os melhores servos e servas, os bois e jumentos de vocês, ele os tomará para que fiquem a serviço dele, 17 e cobrará, como tributo, a décima parte dos rebanhos. E vocês mesmos serão transformados em escravos dele. 18 Quando isso acontecer, vocês se queixarão do rei que escolheram. Nesse dia, porém, Javé não dará nenhuma resposta a vocês». 19 No entanto, o povo não quis ouvir as explicações de Samuel, e disse: «Não tem importância. Teremos um rei, 20 e seremos também como as outras nações: nosso rei nos governará, irá à nossa frente para comandar nossas guerras».
[I Samuel 11:14-15]
14 Depois Samuel disse ao povo: «Vamos a Guilgal para inaugurar aí a realeza». 15 Todo o povo se reuniu em Guilgal, e aí mesmo, diante de Javé, proclamaram Saul como rei. Ofereceram a Javé sacrifícios de comunhão, e Saul com os israelitas fizeram uma grande festa.


Salmos Litúrgicos – Livro V – 28º Dia: Oração Vespertina
Salmo 138 Confitebor tibi
EU TE louvarei, SENHOR, de todo o meu coração; * na tua presença, ó Deus, cantarei louvores.
2 Adorarei voltado para o teu santo templo e louvarei o teu Nome pela tua bondade e pela tua verdade; * pois magnificaste a tua palavra sobre toda manifestação de teu Nome.
3 No dia em que clamei, tu me respondeste; *com coragem fortaleceste a minha alma.
4 Todos os reis da terra te louvarão, ó SENHOR, *porque eles ouviram as palavras de tua boca.
5 E celebrarão, cantando, os caminhos do SENHOR, *pois grande é a glória do SENHOR.
6 Porque ainda que o SENHOR seja excelso, lança, contudo, os olhos para as pessoas humildes; * e de longe conhece as pessoas orgulhosas.
7 Embora eu ande no meio da tribulação, tu me reanimas; *estendes tua mão contra a ira de quem me quer mal, e teu poder me salva.
8 O SENHOR aperfeiçoará o que me tem designado; tua misericórdia, ó SENHOR, subsiste para sempre; *não desampares as obras de tuas mãos.


II Coríntios 4:13-5:1
13 Animados pelo mesmo espírito de fé, sobre o qual está escrito: «Acreditei, por isso falei», também nós acreditamos e por isso falamos. 14 Pois sabemos que aquele que ressuscitou o Senhor Jesus, também nos ressuscitará com Jesus e nos colocará ao lado dele juntamente com vocês. 15 E tudo isso se realiza em favor de vocês, para que a graça, multiplicando-se entre muitos, faça transbordar a ação de graças para a glória de Deus.
16 É por isso que nós não perdemos a coragem. Pelo contrário: embora o nosso físico vá se desfazendo, o nosso homem interior vai se renovando a cada dia. 17 Pois a nossa tribulação momentânea é leve, em relação ao peso extraordinário da glória eterna que ela nos prepara. 18 Não procuramos as coisas visíveis, mas as invisíveis; porque as coisas visíveis duram apenas um momento, enquanto as invisíveis duram para sempre.
II Coríntios 5:1
1 Nós sabemos: quando a nossa morada terrestre, a nossa tenda, for desfeita, receberemos de Deus uma habitação no céu, uma casa eterna não construída por mãos humanas.


Marcos 3:20-35
20 Jesus foi para casa, e de novo se reuniu tanta gente que eles não podiam comer nem sequer um pedaço de pão. 21 Quando souberam disso, os parentes de Jesus foram segurá-lo, porque eles mesmos estavam dizendo que Jesus tinha ficado louco. 22 Alguns doutores da Lei, que tinham ido de Jerusalém, diziam: «Ele está possuído por Belzebu»; e também: «É pelo príncipe dos demônios que ele expulsa os demônios.»
23 Então Jesus chamou as pessoas e falou com parábolas: «Como é que Satanás pode expulsar Satanás? 24 Se um reino se divide em grupos que lutam entre si, esse reino acabará se destruindo; 25 se uma família se divide em grupos que brigam entre si, essa família não poderá durar. 26 Portanto, se Satanás se levanta e se divide em grupos que lutam entre si, ele não poderá sobreviver, mas também será destruído. 27 Ninguém pode entrar na casa de um homem forte para roubar suas coisas, se antes não amarrar o homem forte. Só depois poderá roubar a sua casa. 28 Eu garanto a vocês: tudo será perdoado aos homens, tanto os pecados como as blasfêmias que tiverem dito. 29 Mas, quem blasfemar contra o Espírito Santo, nunca será perdoado, pois a culpa desse pecado dura para sempre.» 30 Jesus falou isso porque estavam dizendo: «Ele está possuído por um espírito mau.»
31 Nisso chegaram a mãe e os irmãos de Jesus; ficaram do lado de fora e mandaram chamá-lo: 32 Havia uma multidão sentada ao redor de Jesus. Então lhe disseram: «Olha, tua mãe e teus irmãos estão aí fora e te procuram.» 33 Jesus perguntou: «Quem é minha mãe e meus irmãos?» 34 Então Jesus olhou para as pessoas que estavam sentadas ao seu redor e disse: «Aqui estão minha mãe e meus irmãos. 35 Quem faz a vontade de Deus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe.»


OU


Gênesis 3:8-15
8 Em seguida, eles ouviram Javé Deus passeando no jardim à brisa do dia. Então o homem e a mulher se esconderam da presença de Javé Deus, entre as árvores do jardim. 9 Javé Deus chamou o homem: «Onde está você?» 10 O homem respondeu: «Ouvi teus passos no jardim: tive medo, porque estou nu, e me escondi». 11 Javé Deus continuou: «E quem lhe disse que você estava nu? Por acaso você comeu da árvore da qual eu lhe tinha proibido comer?» 12 O homem respondeu: «A mulher que me deste por companheira deu-me o fruto, e eu comi». 13 Javé Deus disse para a mulher: «O que foi que você fez?» A mulher respondeu: «A serpente me enganou, e eu comi».
14 Então Javé Deus disse para a serpente: «Por ter feito isso, você é maldita entre todos os animais domésticos e entre todas as feras. Você se arrastará sobre o ventre e comerá pó todos os dias de sua vida. 15 Eu porei inimizade entre você e a mulher, entre a descendência de você e os descendentes dela. Estes vão lhe esmagar a cabeça, e você ferirá o calcanhar deles».


Salmos Litúrgicos Livro V Vigésimo Sétimo Dia: Oração Vespertina
Salmo 130 De profundis
DAS profundezas a ti clamo, * ó SENHOR!
2 Escuta, SENHOR, a minha voz. * Sejam atentos os teus ouvidos a voz das minhas súplicas.
3 Se tu, SENHOR, Senhor meu, observares as imperfeições, * quem subsistirá?
4 Contigo, porém, está o perdão, * para que sejas reverenciado.
5 Espero no SENHOR, minha alma espera; * na tua palavra está minha esperança.
6 Mais espera minha alma pelo SENHOR, * do que os guardas pela alvorada.
7 Espere Israel no SENHOR, * porque em Deus há misericórdia e abundante redenção.
8 Ele próprio remirá o seu povo * de todas as suas transgressões.


II Coríntios 4:13-5:1
13 Animados pelo mesmo espírito de fé, sobre o qual está escrito: «Acreditei, por isso falei», também nós acreditamos e por isso falamos. 14 Pois sabemos que aquele que ressuscitou o Senhor Jesus, também nos ressuscitará com Jesus e nos colocará ao lado dele juntamente com vocês. 15 E tudo isso se realiza em favor de vocês, para que a graça, multiplicando-se entre muitos, faça transbordar a ação de graças para a glória de Deus.
16 É por isso que nós não perdemos a coragem. Pelo contrário: embora o nosso físico vá se desfazendo, o nosso homem interior vai se renovando a cada dia. 17 Pois a nossa tribulação momentânea é leve, em relação ao peso extraordinário da glória eterna que ela nos prepara. 18 Não procuramos as coisas visíveis, mas as invisíveis; porque as coisas visíveis duram apenas um momento, enquanto as invisíveis duram para sempre.
II Coríntios 5:1
1 Nós sabemos: quando a nossa morada terrestre, a nossa tenda, for desfeita, receberemos de Deus uma habitação no céu, uma casa eterna não construída por mãos humanas.


Marcos 3:20-35
20 Jesus foi para casa, e de novo se reuniu tanta gente que eles não podiam comer nem sequer um pedaço de pão. 21 Quando souberam disso, os parentes de Jesus foram segurá-lo, porque eles mesmos estavam dizendo que Jesus tinha ficado louco. 22 Alguns doutores da Lei, que tinham ido de Jerusalém, diziam: «Ele está possuído por Belzebu»; e também: «É pelo príncipe dos demônios que ele expulsa os demônios.»
23 Então Jesus chamou as pessoas e falou com parábolas: «Como é que Satanás pode expulsar Satanás? 24 Se um reino se divide em grupos que lutam entre si, esse reino acabará se destruindo; 25 se uma família se divide em grupos que brigam entre si, essa família não poderá durar. 26 Portanto, se Satanás se levanta e se divide em grupos que lutam entre si, ele não poderá sobreviver, mas também será destruído. 27 Ninguém pode entrar na casa de um homem forte para roubar suas coisas, se antes não amarrar o homem forte. Só depois poderá roubar a sua casa. 28 Eu garanto a vocês: tudo será perdoado aos homens, tanto os pecados como as blasfêmias que tiverem dito. 29 Mas, quem blasfemar contra o Espírito Santo, nunca será perdoado, pois a culpa desse pecado dura para sempre.» 30 Jesus falou isso porque estavam dizendo: «Ele está possuído por um espírito mau.»
31 Nisso chegaram a mãe e os irmãos de Jesus; ficaram do lado de fora e mandaram chamá-lo: 32 Havia uma multidão sentada ao redor de Jesus. Então lhe disseram: «Olha, tua mãe e teus irmãos estão aí fora e te procuram.» 33 Jesus perguntou: «Quem é minha mãe e meus irmãos?» 34 Então Jesus olhou para as pessoas que estavam sentadas ao seu redor e disse: «Aqui estão minha mãe e meus irmãos. 35 Quem faz a vontade de Deus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe.»


barra16
Ano C:
I Reis 17:8-16 [17-24]; Salmo 146; Gálatas 1:11-24; Lucas 7:11-17 OU I Reis 17:17-24; Salmo 30; Gálatas 1:11-24; Lucas 7:11-17

I Reis 17:8-16 [17-24]
8 Então Javé dirigiu a palavra a Elias: 9 «Levante-se, vá para Sarepta, que pertence à região de Sidônia, e fique morando aí. Porque eu ordenei a uma viúva que dê comida para você». 10 Elias se levantou e foi para Sarepta. Chegando à porta da cidade, encontrou uma viúva que estava recolhendo lenha. Elias a chamou e disse: «Por favor! Traga-me um pouco de água no seu balde para eu beber». 11 Quando a mulher já estava indo buscar água, Elias gritou para ela: «Traga-me também um pedaço de pão». 12 Ela respondeu: «Pela vida de Javé, o seu Deus, não tenho nenhum pão feito; tenho apenas um pouco de farinha numa vasilha e um pouco de azeite na jarra. Estou ajuntando uns gravetos para preparar esse resto para mim e meu filho. Depois, vamos comer e ficar esperando a morte». 13 Mas Elias lhe disse: «Não tenha medo! Vá e faça o que está dizendo. Mas primeiro prepare um pãozinho com o que você tem e traga para mim. Só depois você prepara um pão para você e seu filho. 14 Pois assim diz Javé, Deus de Israel: A vasilha de farinha não ficará vazia e a jarra de azeite não se esgotará, até o dia em que Javé mandar chuva sobre a terra». 15 A mulher foi fazer o que Elias tinha mandado. E comeram, tanto ele como também ela e o filho, durante muito tempo. 16 A vasilha de farinha não se esvaziou e a jarra de azeite não se esgotou, como Javé tinha anunciado por meio de Elias.
17 Depois disso, ficou doente o filho dessa mulher, dona da casa, e a doença foi tão grave que ele acabou morrendo. 18 Então ela disse a Elias: «Não quero nada com você, homem de Deus. Será que você veio à minha casa para lembrar minhas culpas e provocar a morte do meu filho?» 19 Elias respondeu: «Dê-me o seu filho». Pegando o menino dos braços dela, Elias o levou até o quarto de cima, onde se achava hospedado e o deitou sobre a sua própria cama. 20 Depois chamou por Javé, dizendo: «Javé, meu Deus, queres castigar até essa viúva que me hospeda, fazendo o filho dela morrer?» 21 Então Elias estendeu-se três vezes sobre o menino e invocou a Javé: «Ó Javé, meu Deus, faze que este menino ressuscite!» 22 Javé atendeu à súplica de Elias, e o menino ressuscitou, tornando a viver. 23 Elias pegou o menino, o desceu do quarto de cima e o entregou à mãe dele, dizendo: «Olhe, seu filho está vivo». 24 A mulher respondeu a Elias: «Agora sei que você é um homem de Deus, e que de fato anuncia a palavra de Javé».


Salmos Litúrgicos Livro V Trigésimo Dia: Oração Matutina
Salmo 146 Lauda, anima mea
ALELUIA! Louvem ao SENHOR. *Louva ó minha alma, ao SENHOR.
2 Enquanto eu viver louvarei ao SENHOR, * enquanto existir, cantarei ao meu Deus.
3 Não confiem em príncipes, * nem em pessoa alguma, em quem não há auxílio.
4 Porque, dando o derradeiro suspiro, volta o ser humano à terra, * e seus pensamentos estão condenados ao esquecimento.
5 Feliz quem tem Deus por seu auxílio; * quem tem sua esperança no SENHOR seu Deus,
6 O qual fez os céus e a terra, o mar e tudo o que nele existe; * o qual guarda a verdade para sempre.
7 O qual faz justiça às pessoas oprimidas e dá pão às famintas,* o SENHOR solta as pessoas aprisionadas.
8 O SENHOR abre os olhos das pessoas cegas. * levanta as abatidas e ama as justas.
9 O SENHOR guarda quem os peregrina, ampara às pessoas órfãs e às viúvas, * mas transtorna o caminho das pessoas perversas.
10 O SENHOR reinará eternamente; * o teu Deus, ó Sião, é por todas as gerações. Aleluia!


Gálatas 1:11-24
11 Irmãos, eu declaro a vocês: o Evangelho por mim anunciado não é invenção humana. 12 E, além disso, não o recebi nem aprendi através de um homem, mas por revelação de Jesus Cristo. 13 Certamente vocês ouviram falar do que eu fazia quando estava no judaísmo. Sabem como eu perseguia com violência a Igreja de Deus e fazia de tudo para arrasá-la. 14 Eu superava no judaísmo a maior parte dos compatriotas da minha idade, e procurava seguir com todo o zelo as tradições dos meus antepassados.
15 Deus, porém, me escolheu antes de eu nascer e me chamou por sua graça. Quando ele resolveu 16 revelar em mim o seu Filho, para que eu o anunciasse entre os pagãos, não consultei a ninguém, 17 nem subi a Jerusalém para me encontrar com aqueles que eram apóstolos antes de mim. Pelo contrário, fui para a Arábia, e depois voltei para Damasco. 18 Três anos mais tarde, fui a Jerusalém para conhecer Pedro, e fiquei com ele quinze dias. 19 Entretanto, não vi nenhum outro apóstolo, a não ser Tiago, o irmão do Senhor. 20 Deus é testemunha: o que estou escrevendo a vocês não é mentira. 21 Depois fui para as regiões da Síria e da Cilícia, 22 de modo que as igrejas de Cristo na Judéia não me conheciam pessoalmente. 23 Elas apenas ouviam dizer: «Aquele que nos perseguia, agora está anunciando a fé que antes procurava destruir.» 24 E louvavam a Deus por minha causa.


Lucas 7:11-17
11 Em seguida, Jesus foi para uma cidade chamada Naim. Com ele iam os discípulos e uma grande multidão. 12 Quando chegou à porta da cidade, eis que levavam um defunto para enterrar; era filho único, e sua mãe era viúva. Grande multidão da cidade ia com ela. 13 Ao vê-la, o Senhor teve compaixão dela, e lhe disse: «Não chore!» 14 Depois se aproximou, tocou no caixão, e os que o carregavam pararam. Então Jesus disse: «Jovem, eu lhe ordeno, levante-se!» 15 O morto sentou-se, e começou a falar. E Jesus o entregou à sua mãe. 16 Todos ficaram com muito medo, e glorificavam a Deus, dizendo: «Um grande profeta apareceu entre nós, e Deus veio visitar o seu povo.» 17 E a notícia do fato se espalhou pela Judéia inteira, e por toda a redondeza.


OU


I Reis 17:17-24
17 Depois disso, ficou doente o filho dessa mulher, dona da casa, e a doença foi tão grave que ele acabou morrendo. 18 Então ela disse a Elias: «Não quero nada com você, homem de Deus. Será que você veio à minha casa para lembrar minhas culpas e provocar a morte do meu filho?» 19 Elias respondeu: «Dê-me o seu filho». Pegando o menino dos braços dela, Elias o levou até o quarto de cima, onde se achava hospedado e o deitou sobre a sua própria cama. 20 Depois chamou por Javé, dizendo: «Javé, meu Deus, queres castigar até essa viúva que me hospeda, fazendo o filho dela morrer?» 21 Então Elias estendeu-se três vezes sobre o menino e invocou a Javé: «Ó Javé, meu Deus, faze que este menino ressuscite!» 22 Javé atendeu à súplica de Elias, e o menino ressuscitou, tornando a viver. 23 Elias pegou o menino, o desceu do quarto de cima e o entregou à mãe dele, dizendo: «Olhe, seu filho está vivo». 24 A mulher respondeu a Elias: «Agora sei que você é um homem de Deus, e que de fato anuncia a palavra de Javé».


Salmos Litúrgicos – Livro 1 – 6º Dia: Oração Matutina
Salmo 30 Exaltabo te, Domine
EU TE EXALTAREI, SENHOR, porque tu me levantaste, * não permitindo que meus adversários se alegrassem sobre mim.
2 Ó SENHOR, Deus meu! * a ti clamei e tu me saraste.
3 Ó SENHOR, redimiste minha alma da sepultura; * vivificaste-me dentre os que descem à cova.
4 Salmodiem ao SENHOR, vocês que vivem em santidade; * rendem graças ao seu santo Nome.
5 Porque dura um momento a sua ira, mas é eterna a sua benevolência; * pode à tarde permanecer o pranto, mas de manhã vem o cântico de júbilo.
6 Dizia eu em minha prosperidade: * Não serei abalado em tempo algum.
7 Ó SENHOR, pela tua misericórdia fortificaste a minha posição; * mas se ocultares tua face, ficarei perturbado.
8 A ti, ó Deus, eu clamo; * ao SENHOR faço minha súplica.
9 De que me aproveita a vida se encontrar a perdição?* Porventura te louvará o pó? Anunciará ele a tua verdade?
10 Ouve, SENHOR, e compadece-te de mim! * O SENHOR, vem em meu auxilio.
11 Converteste o meu pranto em regozijo; * aliviaste a minha tristeza e me revestiste de alegria.
12 A fim de que meu espírito cante em teu louvor e não se cale; * ó SENHOR, DEUS meu, te louvarei para sempre!


Gálatas 1:11-24
11 Irmãos, eu declaro a vocês: o Evangelho por mim anunciado não é invenção humana. 12 E, além disso, não o recebi nem aprendi através de um homem, mas por revelação de Jesus Cristo. 13 Certamente vocês ouviram falar do que eu fazia quando estava no judaísmo. Sabem como eu perseguia com violência a Igreja de Deus e fazia de tudo para arrasá-la. 14 Eu superava no judaísmo a maior parte dos compatriotas da minha idade, e procurava seguir com todo o zelo as tradições dos meus antepassados.
15 Deus, porém, me escolheu antes de eu nascer e me chamou por sua graça. Quando ele resolveu 16 revelar em mim o seu Filho, para que eu o anunciasse entre os pagãos, não consultei a ninguém, 17 nem subi a Jerusalém para me encontrar com aqueles que eram apóstolos antes de mim. Pelo contrário, fui para a Arábia, e depois voltei para Damasco. 18 Três anos mais tarde, fui a Jerusalém para conhecer Pedro, e fiquei com ele quinze dias. 19 Entretanto, não vi nenhum outro apóstolo, a não ser Tiago, o irmão do Senhor. 20 Deus é testemunha: o que estou escrevendo a vocês não é mentira. 21 Depois fui para as regiões da Síria e da Cilícia, 22 de modo que as igrejas de Cristo na Judéia não me conheciam pessoalmente. 23 Elas apenas ouviam dizer: «Aquele que nos perseguia, agora está anunciando a fé que antes procurava destruir.» 24 E louvavam a Deus por minha causa.


Lucas 7:11-17
11 Em seguida, Jesus foi para uma cidade chamada Naim. Com ele iam os discípulos e uma grande multidão. 12 Quando chegou à porta da cidade, eis que levavam um defunto para enterrar; era filho único, e sua mãe era viúva. Grande multidão da cidade ia com ela. 13 Ao vê-la, o Senhor teve compaixão dela, e lhe disse: «Não chore!» 14 Depois se aproximou, tocou no caixão, e os que o carregavam pararam. Então Jesus disse: «Jovem, eu lhe ordeno, levante-se!» 15 O morto sentou-se, e começou a falar. E Jesus o entregou à sua mãe. 16 Todos ficaram com muito medo, e glorificavam a Deus, dizendo: «Um grande profeta apareceu entre nós, e Deus veio visitar o seu povo.» 17 E a notícia do fato se espalhou pela Judéia inteira, e por toda a redondeza.