DFP49 Domingo – Próprio 8

DFP49 Domingo, 1º de julho de 2018 : Próprio 8 (TC 13)

Ano A: Gênesis 22:1-14; Salmo 13; Romanos 6:12-23; Mateus 10:40-42 OU Jeremias 28:5-9; Salmo 89:1-4, 15-18; Romanos 6:12-23; Mateus 10:40-42

Ano B: II Samuel 1:1,17-27; Salmo 130; II Coríntios 8:7-15; Marcos 5:21-43 OU Sabedoria 1:13-15; 2:23-24 ou Lamentações 3:22-33; Salmo 30; II Coríntios 8:7-15; Marcos 5:21-43

Ano C: II Reis 2:1-2, 6-14; Salmo 77:1-2, 11-20; Gálatas 5:1,13-25; Lucas 9:51-62 OU I Reis 19:15-16,19-21; Salmo 16; Gálatas 5:1,13-25; Lucas 9:51-62


Próprio 8, (TC13) domingo de 26 de junho a 2 de julho: Deus Onipotente, que vieste para todas as pessoas que te buscam em verdade, concede que sejamos unidos em espírito por meio de seu ensino e feitos um santo templo aceitável a teus olhos; mediante nosso Senhor Jesus Cristo, que vive e reina contigo e com o Espírito Santo, um só Deus, agora e sempre. Amém.
* Prefácio do Dia do Senhor (Para ser usado somente aos domingos).
De Deus Pai
Pois Tu és a fonte da luz e da vida; fizeste-nos à tua imagem e nos chamaste a uma vida nova em Jesus Cristo, nosso Senhor.
De Deus Filho
Mediante Jesus Cristo, nosso Senhor, que, no primeiro dia da semana, venceu a morte e o túmulo, e, por sua gloriosa ressurreição, nos abriu as portas da vida eterna.
De Deus Espírito Santo
Porque nos fizeste nascer da água e do Espírito Santo, tornando-nos teu povo, em Jesus Cristo, nosso Senhor, para manifestar a tua glória ao mundo.

barra16
Ano A:
Gênesis 22:1-14; Salmo 13; Romanos 6:12-23; Mateus 10:40-42 OU Jeremias 28:5-9; Salmo 89:1-4, 15-18; Romanos 6:12-23; Mateus 10:40-42

Gênesis 22:1-14
1 Depois desses acontecimentos, Deus pôs Abraão à prova, e lhe disse: «Abraão, Abraão!» Ele respondeu: «Estou aqui». 2 Deus disse: «Tome seu filho, o seu único filho Isaac, a quem você ama, vá à terra de Moriá e ofereça-o aí em holocausto, sobre uma montanha que eu vou lhe mostrar».
3 Abraão se levantou cedo, preparou o jumento, e levou consigo dois servos e seu filho Isaac. Rachou a lenha do holocausto, e foi para o lugar que Deus lhe havia indicado. 4 No terceiro dia, Abraão levantou os olhos e viu de longe o lugar. 5 Então disse aos servos: «Fiquem aqui com o jumento; eu e o menino vamos até lá, adoraremos a Deus e depois voltaremos até vocês».
6 Abraão pegou a lenha do holocausto e a colocou nas costas do seu filho Isaac, tendo ele próprio tomado nas mãos o fogo e a faca. E foram os dois juntos. 7 Isaac falou a seu pai: «Pai». Abraão respondeu: «Sim, meu filho!» Isaac continuou: «Aqui estão o fogo e a lenha. Mas onde está o cordeiro para o holocausto?» 8 Abraão respondeu: «Deus providenciará o cordeiro para o holocausto, meu filho!» E continuaram caminhando juntos. 9 Quando chegaram ao lugar que Deus lhe indicara, Abraão construiu o altar, colocou a lenha, depois amarrou seu filho e o colocou sobre o altar, em cima da lenha. 10 Abraão estendeu a mão e pegou a faca para imolar seu filho.
11 Nesse momento, o anjo de Javé o chamou lá do céu e disse: «Abraão, Abraão!» Ele respondeu: «Aqui estou!» 12 O anjo continuou: «Não estenda a mão contra o menino! Não lhe faça nenhum mal! Agora sei que você teme a Deus, pois não me recusou seu filho único». 13 Abraão ergueu os olhos e viu um cordeiro, preso pelos chifres num arbusto; pegou o cordeiro e o ofereceu em holocausto no lugar do seu filho. 14 E Abraão deu a esse lugar o nome de «Javé providenciará». Assim, até hoje se costuma dizer: «Sobre a montanha, Javé providenciará».


Salmos Litúrgicos Livro 1 Segundo Dia: Oração Vespertina
Salmo 13 Usquequo, Domine?
1-2 ATÉ quando, ó Senhor, te esquecerás inteiramente de mim? * Até quando me ocultarás tua face?
3 Até quando estarei meditando, com tristeza, em meu coração diariamente? * Até quando sobre mim se exaltará quem é contra mim?
4 Atende, responde-me, SENHOR Deus meu! * ilumina meus olhos, que não durma eu o sono da morte.
5 Que não diga o meu adversário: Prevaleci contra ele; * que os meus inimigos não se alegrem com o meu fracasso.
6 Quanto a mim, confio na tua benignidade; alegre-se o meu coração em teu auxílio salvador. * Cantarei ao SENHOR, por sua bondade para comigo,


Romanos 6:12-23
12 Que o pecado não reine mais no corpo mortal de vocês, submetendo-os às suas paixões. 13 Não ofereçam os membros como instrumento de injustiça para o pecado. Pelo contrário, ofereçam-se a Deus como pessoas vivas, que voltaram dos mortos; e ofereçam os membros como instrumento da justiça para Deus. 14 Pois o pecado não os dominará nunca mais, porque vocês já não estão debaixo da Lei, mas sob a graça.
15 E daí? Devemos cometer pecados, porque já não estamos debaixo da Lei, mas sob a graça? De forma nenhuma! 16 Vocês não sabem que, oferecendo-se a alguém como escravos para obedecer, vocês se tornam escravos daquele a quem obedecem, seja do pecado que leva à morte, seja da obediência que conduz à justiça?
17 Damos graças a Deus, porque vocês eram escravos do pecado, mas obedeceram de coração ao ensinamento básico que lhes foi transmitido. 18 Assim, livres do pecado, vocês se tornaram escravos da justiça. 19 Falo com palavras simples por causa da fraqueza de vocês. Assim como antes vocês puseram seus membros a serviço da imoralidade e da desordem que conduzem à revolta contra Deus, agora ponham seus membros a serviço da justiça para a santificação de vocês.
20 Quando eram escravos do pecado, vocês eram livres em relação à justiça. 21 Que frutos colheram então? Frutos de que agora se envergonham, pois o fim deles é a morte. 22 Mas agora, livres do pecado e tornados escravos de Deus, vocês dão frutos que conduzem à santificação e o fim deles é a vida eterna. 23 Pois a morte é o salário do pecado, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Jesus Cristo, nosso Senhor.


Mateus 10:40-42
40 «Quem recebe a vocês, recebe a mim; e quem me recebe, recebe aquele que me enviou. 41 Quem recebe um profeta, por ser profeta, receberá a recompensa de profeta. E quem recebe um justo, por ser justo, receberá a recompensa de justo. 42 Quem der ainda que seja apenas um copo de água fria a um desses pequeninos, por ser meu discípulo, eu garanto a vocês: não perderá a sua recompensa.»


OU


Jeremias 28:5-9
5 Na presença dos sacerdotes e de todo o povo que estava no Templo de Javé, o profeta Jeremias respondeu ao profeta Hananias, 6 dizendo: «Amém! Que assim faça Javé. Que Javé confirme o que você profetizou, trazendo da Babilônia para cá os objetos do Templo de Javé e todos os exilados. 7 Entretanto, escute o que eu vou dizer a você e a todo o povo: 8 Os profetas que existiram antes de mim e antes de você, desde os tempos antigos, profetizaram guerra, calamidade e peste para muitos países e reinos poderosos. 9 E quanto ao profeta que prometia felicidade, só quando a sua profecia se realizar é que ele será reconhecido como profeta realmente enviado por Javé».

 

Salmos Litúrgicos Livro III Décimo Sétimo Dia: Oração Vespertina
Salmo 89:1-4,15-18 Misericordias Domini
CANTAREI para sempre os benefícios do SENHOR; * proclamarei tua fidelidade a todas as gerações.
2 Porquanto eu disse: A graça será edificada para sempre; * no próprio céu estabelecerá tua fidelidade.
3 Fiz uma aliança com o meu escolhido; * jurei ao meu servo Davi dizendo:
4 A tua descendência estabelecerei para sempre; * e firmarei o teu trono por todas as gerações.
15 Feliz é o povo que conhece as aclamações da alegria; * e caminha, ó SENHOR, à luz da tua presença.
16 Em teu Nome se regozija todo o dia; * e será exaltado em tua justiça.
17 Porquanto és tu a glória de sua força, * e em teu favor nosso poder se exalta.
18 Ao SENHOR pertence o nosso escudo; * e ao Santo de Israel o nosso Rei.

 

Romanos 6:12-23
12 Que o pecado não reine mais no corpo mortal de vocês, submetendo-os às suas paixões. 13 Não ofereçam os membros como instrumento de injustiça para o pecado. Pelo contrário, ofereçam-se a Deus como pessoas vivas, que voltaram dos mortos; e ofereçam os membros como instrumento da justiça para Deus. 14 Pois o pecado não os dominará nunca mais, porque vocês já não estão debaixo da Lei, mas sob a graça.
15 E daí? Devemos cometer pecados, porque já não estamos debaixo da Lei, mas sob a graça? De forma nenhuma! 16 Vocês não sabem que, oferecendo-se a alguém como escravos para obedecer, vocês se tornam escravos daquele a quem obedecem, seja do pecado que leva à morte, seja da obediência que conduz à justiça?
17 Damos graças a Deus, porque vocês eram escravos do pecado, mas obedeceram de coração ao ensinamento básico que lhes foi transmitido. 18 Assim, livres do pecado, vocês se tornaram escravos da justiça. 19 Falo com palavras simples por causa da fraqueza de vocês. Assim como antes vocês puseram seus membros a serviço da imoralidade e da desordem que conduzem à revolta contra Deus, agora ponham seus membros a serviço da justiça para a santificação de vocês.
20 Quando eram escravos do pecado, vocês eram livres em relação à justiça. 21 Que frutos colheram então? Frutos de que agora se envergonham, pois o fim deles é a morte. 22 Mas agora, livres do pecado e tornados escravos de Deus, vocês dão frutos que conduzem à santificação e o fim deles é a vida eterna. 23 Pois a morte é o salário do pecado, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Jesus Cristo, nosso Senhor.


Mateus 10:40-42
40 «Quem recebe a vocês, recebe a mim; e quem me recebe, recebe aquele que me enviou. 41 Quem recebe um profeta, por ser profeta, receberá a recompensa de profeta. E quem recebe um justo, por ser justo, receberá a recompensa de justo. 42 Quem der ainda que seja apenas um copo de água fria a um desses pequeninos, por ser meu discípulo, eu garanto a vocês: não perderá a sua recompensa.»


barra16
Ano B:
II Samuel 1:1,17-27; Salmo 130; II Coríntios 8:7-15; Marcos 5:21-43 OU Sabedoria 1:13-15; 2:23-24 ou Lamentações 3:22-33; Salmo 30; II Coríntios 8:7-15; Marcos 5:21-43

II Samuel 1:1,17-27
1 Depois da morte de Saul, Davi voltou da vitória sobre os amalecitas e ficou dois dias em Siceleg.
17 Davi entoou esta lamentação para Saul e seu filho Jônatas,
18 e ordenou que fosse ensinada aos filhos de Judá. Ela se encontra no Livro do Justo.
19 A honra de Israel pereceu nas alturas. Como foi que os valentes caíram?
20 Não contem isso em Gat, nem proclamem nas ruas de Ascalon. Que as jovens filistéias não se alegrem e as filhas dos incircuncisos não exultem.
21 Montanhas de Gelboé, que o orvalho e a chuva não caiam sobre vocês e nunca mais haja campos férteis, pois o escudo dos valentes foi desonrado. O escudo de Saul não foi ungido com óleo,
22 mas com o sangue dos feridos e a gordura dos valentes. O arco de Jônatas não recuava e a espada de Saul não voltava sem sangue.
23 Saul e Jônatas, amados e queridos, nem a vida nem a morte os separaram. Eram mais velozes do que as águias e mais fortes do que os leões.
24 Moças de Israel, chorem por Saul: ele vestiu vocês com púrpura e linho, e enfeitou de ouro os seus vestidos.
25 Como os valentes caíram no combate! Jônatas, sua morte rasgou-me o coração!
26 Como sofro por você, Jônatas, meu irmão! Como eu lhe queria bem! Para mim, o seu amor era mais caro do que o amor das mulheres!
27 Como caíram os valentes! Como pereceram as armas de guerra!


Salmos Litúrgicos Livro V Vigésimo Sétimo Dia: Oração Vespertina
Salmo 130 De profundis
DAS profundezas a ti clamo, * ó SENHOR!
2 Escuta, SENHOR, a minha voz. * Sejam atentos os teus ouvidos a voz das minhas súplicas.
3 Se tu, SENHOR, Senhor meu, observares as imperfeições, * quem subsistirá?
4 Contigo, porém, está o perdão, * para que sejas reverenciado.
5 Espero no SENHOR, minha alma espera; * na tua palavra está minha esperança.
6 Mais espera minha alma pelo SENHOR, * do que os guardas pela alvorada.
7 Espere Israel no SENHOR, * porque em Deus há misericórdia e abundante redenção.
8 Ele próprio remirá o seu povo * de todas as suas transgressões.


II Coríntios 8:7-15
7 Em tudo vocês sobressaem: na fé, no dom da palavra, no conhecimento e entusiasmo, além do amor que vocês têm por nós. Pois então, procurem também distinguir-se nessa obra de generosidade. 8 Não digo isso para lhes impor uma ordem. Cito para vocês o exemplo de outros, para lhes dar ocasião de provar a sinceridade do amor que vocês têm. 9 De fato, vocês conhecem a generosidade de nosso Senhor Jesus Cristo; ele, embora fosse rico, se tornou pobre por causa de vocês, para com a sua pobreza enriquecer a vocês. 10 A propósito, vou dar-lhes uma sugestão, e é o que convém a vocês, já que foram os primeiros, desde o ano passado, não só a realizar, mas também a querer realizar essa obra. 11 Agora, portanto, a executem até o fim, de modo que a essa boa disposição da vontade corresponda a realização, na medida dos meios que vocês têm. 12 Quando existe boa vontade, somos bem aceitos com os recursos que temos; pouco importa o que não temos. 13 Não queremos que o alívio para os outros seja causa de aflição para vocês; mas que haja igualdade. 14 Neste momento, o que está sobrando para vocês vai compensar a carência deles, a fim de que o supérfluo deles venha um dia compensar a carência de vocês. Assim haverá igualdade, 15 como está na Escritura: «A quem recolhia muito, nada lhe sobrava; e a quem recolhia pouco, nada lhe faltava.»


Marcos 5:21-43
21 Jesus atravessou de barca novamente para o outro lado do mar. Uma numerosa multidão se reuniu junto dele, e Jesus ficou na praia. 22 Aproximou-se um dos chefes da sinagoga, chamado Jairo. Quando viu Jesus, caiu a seus pés, 23 e pediu com insistência: «Minha filhinha está morrendo. Vem e põe as mãos sobre ela, para que sare e viva.» 24 Jesus acompanhou Jairo. E numerosa multidão o seguia e o apertava de todos os lados.
25 Aí chegou uma mulher que sofria de hemorragia já há doze anos; 26 tinha padecido na mão de muitos médicos, gastou tudo o que tinha e, em vez de melhorar, piorava sempre mais. 27 A mulher tinha ouvido falar de Jesus. Então ela foi no meio da multidão, aproximou-se de Jesus por trás e tocou na roupa dele, 28 porque pensava: «Ainda que eu toque só na roupa dele, ficarei curada.» 29 A hemorragia parou imediatamente. E a mulher sentiu no corpo que estava curada da doença. 30 Jesus percebeu imediatamente que uma força tinha saído dele. Então virou-se no meio da multidão e perguntou: «Quem foi que tocou na minha roupa?» 31 Os discípulos disseram: «Estás vendo a multidão que te aperta e ainda perguntas: ‘quem me tocou?’»32 Mas Jesus ficou olhando em volta para ver quem tinha feito aquilo. 33 A mulher, cheia de medo e tremendo, percebeu o que lhe havia acontecido. Então foi, caiu aos pés de Jesus e contou toda a verdade. 34 Jesus disse à mulher: «Minha filha, sua fé curou você. Vá em paz e fique curada dessa doença.»
35 Jesus ainda estava falando, quando chegaram algumas pessoas da casa do chefe da sinagoga e disseram a Jairo: «Sua filha morreu. Por que você ainda incomoda o Mestre?» 36 Jesus ouviu a notícia e disse ao chefe da sinagoga: «Não tenha medo; apenas tenha fé!» 37 E Jesus não deixou que ninguém o acompanhasse, a não ser Pedro, Tiago e seu irmão João. 38 Quando chegaram à casa do chefe da sinagoga, Jesus viu a confusão e ouviu as pessoas chorando e gritando. 39 Jesus entrou e disse: «Por que essa confusão e esse choro? A criança não morreu. Ela está apenas dormindo.» 40 As pessoas começaram a zombar dele. Mas Jesus mandou que todos saíssem, menos o pai e a mãe da menina, e os três discípulos que o acompanhavam. Depois entraram no quarto onde a menina estava. 41 Jesus pegou a menina pela mão e disse: «Talita cúmi», que quer dizer: «Menina, – eu lhe digo – levante-se!» 42 A menina levantou-se imediatamente e começou a andar, pois já tinha doze anos. E todos ficaram muito admirados. 43 Jesus recomendou com insistência que ninguém ficasse sabendo disso. E mandou dar comida para a menina.


OU


Sabedoria 1:13-15; 2:23-24
13 pois Deus não fez a morte, nem se alegra com a perdição dos seres vivos. 14 Ele criou tudo para a existência, e as criaturas do mundo são sadias: nelas não há veneno de morte, nem o mundo dos mortos reina sobre a terra, 15 porque a justiça é imortal.
Sabedoria 2:23-24
23 Sim, Deus criou o homem para ser incorruptível e o fez à imagem da sua própria natureza.
24 Mas, pela inveja do diabo, entrou no mundo a morte, que é experimentada por aqueles que pertencem a ele.

ou

Lamentações 3:22-33
22 o amor de Javé não acaba jamais e sua compaixão não tem fim.
23 Pelo contrário, renovam-se a cada manhã: «Como é grande a tua fidelidade!»
24 Digo a mim mesmo: «Javé é minha herança», por isso nele espero.
25 Javé é bom para os que nele esperam e o procuram.
26 É bom esperar em silêncio a salvação de Javé.
27 É bom para o homem suportar o jugo desde a juventude.
28 Que esteja sozinho e calado, quando cai sobre ele a desgraça;
29 que ponha sua boca no pó: talvez haja esperança;
30 que entregue a face a quem o fere até fartar-se de insultos,
31 porque o Senhor não rejeita para sempre.
32 Embora ele castigue, se compadecerá com grande amor,
33 porque é contra o seu desejo humilhar e castigar os homens,

 

Salmos Litúrgicos – Livro 1 – 6º Dia: Oração Matutina
Salmo 30 Exaltabo te, Domine
EU TE EXALTAREI, SENHOR, porque tu me levantaste, * não permitindo que meus adversários se alegrassem sobre mim.
2 Ó SENHOR, Deus meu! * a ti clamei e tu me saraste.
3 Ó SENHOR, redimiste minha alma da sepultura; * vivificaste-me dentre os que descem à cova.
4 Salmodiem ao SENHOR, vocês que vivem em santidade; * rendem graças ao seu santo Nome.
5 Porque dura um momento a sua ira, mas é eterna a sua benevolência; * pode à tarde permanecer o pranto, mas de manhã vem o cântico de júbilo.
6 Dizia eu em minha prosperidade: * Não serei abalado em tempo algum.
7 Ó SENHOR, pela tua misericórdia fortificaste a minha posição; * mas se ocultares tua face, ficarei perturbado.
8 A ti, ó Deus, eu clamo; * ao SENHOR faço minha súplica.
9 De que me aproveita a vida se encontrar a perdição?* Porventura te louvará o pó? Anunciará ele a tua verdade?
10 Ouve, SENHOR, e compadece-te de mim! * O SENHOR, vem em meu auxilio.
11 Converteste o meu pranto em regozijo; * aliviaste a minha tristeza e me revestiste de alegria.
12 A fim de que meu espírito cante em teu louvor e não se cale; * ó SENHOR, DEUS meu, te louvarei para sempre!

 

II Coríntios 8:7-15
7 Em tudo vocês sobressaem: na fé, no dom da palavra, no conhecimento e entusiasmo, além do amor que vocês têm por nós. Pois então, procurem também distinguir-se nessa obra de generosidade. 8 Não digo isso para lhes impor uma ordem. Cito para vocês o exemplo de outros, para lhes dar ocasião de provar a sinceridade do amor que vocês têm. 9 De fato, vocês conhecem a generosidade de nosso Senhor Jesus Cristo; ele, embora fosse rico, se tornou pobre por causa de vocês, para com a sua pobreza enriquecer a vocês. 10 A propósito, vou dar-lhes uma sugestão, e é o que convém a vocês, já que foram os primeiros, desde o ano passado, não só a realizar, mas também a querer realizar essa obra. 11 Agora, portanto, a executem até o fim, de modo que a essa boa disposição da vontade corresponda a realização, na medida dos meios que vocês têm. 12 Quando existe boa vontade, somos bem aceitos com os recursos que temos; pouco importa o que não temos. 13 Não queremos que o alívio para os outros seja causa de aflição para vocês; mas que haja igualdade. 14 Neste momento, o que está sobrando para vocês vai compensar a carência deles, a fim de que o supérfluo deles venha um dia compensar a carência de vocês. Assim haverá igualdade, 15 como está na Escritura: «A quem recolhia muito, nada lhe sobrava; e a quem recolhia pouco, nada lhe faltava.»

 

Marcos 5:21-43
21 Jesus atravessou de barca novamente para o outro lado do mar. Uma numerosa multidão se reuniu junto dele, e Jesus ficou na praia. 22 Aproximou-se um dos chefes da sinagoga, chamado Jairo. Quando viu Jesus, caiu a seus pés, 23 e pediu com insistência: «Minha filhinha está morrendo. Vem e põe as mãos sobre ela, para que sare e viva.» 24 Jesus acompanhou Jairo. E numerosa multidão o seguia e o apertava de todos os lados.
25 Aí chegou uma mulher que sofria de hemorragia já há doze anos; 26 tinha padecido na mão de muitos médicos, gastou tudo o que tinha e, em vez de melhorar, piorava sempre mais. 27 A mulher tinha ouvido falar de Jesus. Então ela foi no meio da multidão, aproximou-se de Jesus por trás e tocou na roupa dele, 28 porque pensava: «Ainda que eu toque só na roupa dele, ficarei curada.» 29 A hemorragia parou imediatamente. E a mulher sentiu no corpo que estava curada da doença. 30 Jesus percebeu imediatamente que uma força tinha saído dele. Então virou-se no meio da multidão e perguntou: «Quem foi que tocou na minha roupa?» 31 Os discípulos disseram: «Estás vendo a multidão que te aperta e ainda perguntas: ‘quem me tocou?’»32 Mas Jesus ficou olhando em volta para ver quem tinha feito aquilo. 33 A mulher, cheia de medo e tremendo, percebeu o que lhe havia acontecido. Então foi, caiu aos pés de Jesus e contou toda a verdade. 34 Jesus disse à mulher: «Minha filha, sua fé curou você. Vá em paz e fique curada dessa doença.»
35 Jesus ainda estava falando, quando chegaram algumas pessoas da casa do chefe da sinagoga e disseram a Jairo: «Sua filha morreu. Por que você ainda incomoda o Mestre?» 36 Jesus ouviu a notícia e disse ao chefe da sinagoga: «Não tenha medo; apenas tenha fé!» 37 E Jesus não deixou que ninguém o acompanhasse, a não ser Pedro, Tiago e seu irmão João. 38 Quando chegaram à casa do chefe da sinagoga, Jesus viu a confusão e ouviu as pessoas chorando e gritando. 39 Jesus entrou e disse: «Por que essa confusão e esse choro? A criança não morreu. Ela está apenas dormindo.» 40 As pessoas começaram a zombar dele. Mas Jesus mandou que todos saíssem, menos o pai e a mãe da menina, e os três discípulos que o acompanhavam. Depois entraram no quarto onde a menina estava. 41 Jesus pegou a menina pela mão e disse: «Talita cúmi», que quer dizer: «Menina, – eu lhe digo – levante-se!» 42 A menina levantou-se imediatamente e começou a andar, pois já tinha doze anos. E todos ficaram muito admirados. 43 Jesus recomendou com insistência que ninguém ficasse sabendo disso. E mandou dar comida para a menina.

barra16
Ano C:
II Reis 2:1-2,6-14; Salmo 77:1-2, 11-20; Gálatas 5:1,13-25; Lucas 9:51-62 OU I Reis 19:15-16,19-21; Salmo 16; Gálatas 5:1,13-25; Lucas 9:51-62

II Reis 2:1-2,6-14
1 Quando Javé arrebatou Elias ao céu num redemoinho, aconteceu o seguinte: Elias e Eliseu partiram de Guilgal. 2 Elias disse a Eliseu: «Fique aqui, porque Javé me mandou ir sozinho a Betel». Eliseu respondeu: «Pela vida de Javé e pela sua vida, não deixarei de acompanhar você». E desceram juntos a Betel
6 Elias disse a Eliseu: «Fique por aqui mesmo, porque Javé me manda ir sozinho até o Jordão». Mas Eliseu respondeu: «Pela vida de Javé e pela sua vida, não deixarei de acompanhar você». E eles foram juntos. 7 Com eles foram cinqüenta irmãos profetas. Estes ficaram a certa distância, enquanto os dois pararam à margem do rio Jordão.
8 Então Elias pegou o manto, o enrolou e bateu com ele na água. A água se dividiu em duas partes, de tal modo que os dois passaram o rio sem molhar os pés. 9 Depois que passaram o rio, Elias disse a Eliseu: «Peça o que você quiser, antes que eu seja arrebatado da sua presença». Eliseu pediu: «Deixe-me como herança dupla porção do seu espírito». 10 Elias disse: «Você está pedindo uma coisa difícil. Em todo caso, se você me enxergar quando eu for arrebatado da sua presença, isso que pede lhe será concedido; caso contrário, não será concedido».
11 E, enquanto estavam andando e conversando, apareceu um carro de fogo com cavalos de fogo, que os separou um do outro. E Elias subiu ao céu no redemoinho. 12 Eliseu olhava e gritava: «Meu pai! Meu pai! Carro e cavalaria de Israel!» Depois não o viu mais. Então Eliseu pegou sua própria túnica e a rasgou em duas partes. 13 Pegou o manto de Elias, que havia caído, e voltou para a margem do Jordão. 14 Segurando o manto de Elias, bateu com ele na água, dizendo: «Onde está Javé, o Deus de Elias?» Bateu na água, que se dividiu em duas partes. E ele atravessou o rio

 

Salmos Litúrgicos Livro III Décimo Quinto Dia: Oração Matutina
Salmo 77:1-2,11-20 Voce mea ad Dominum
CLAMEI ao SENHOR com a minha voz; * a Deus elevei o meu clamor e ele me respondeu.
2 No dia da tribulação busquei ao meu SENHOR; *permaneci de mãos postas durante a noite e não me cansava; minha alma recusava ser consolada.
11 Recordarei tuas obras; * comemorarei teus prodígios.
12 Meditarei em todas as tuas obras, * e falarei dos teus feitos.
13 Ó Deus, o teu caminho é santo! * Quão poderoso é o nosso Deus!
14 Tu és o Deus que fazes maravilhas; * tu fizeste notório o teu poder entre os povos.
15 Redimiste poderosamente o teu povo; * os descendentes de Jacó e de José.
16 Viram-te as águas, ó Deus, e se agitaram; * os abismos também estremeceram.
17 As nuvens desfizeram-se em água; * os céus trovejaram; teus relâmpagos correram duma para outra parte.
18 O trovão ribombava nas alturas: os relâmpagos alumiaram o mundo; * a terra se abalou e tremeu.
19 O teu caminho é no mar e o teu caminhar nas grandes águas; * e os teus passos não são conhecidos.
20 Conduziste o teu povo qual rebanho, * pela mão de Moisés e Aarão.


Gálatas 5:1,13-25
1 Cristo nos libertou para que sejamos verdadeiramente livres. Portanto, sejam firmes e não se submetam de novo ao jugo da escravidão.
13 Irmãos, vocês foram chamados para serem livres. Que essa liberdade, porém, não se torne desculpa para vocês viverem satisfazendo os instintos egoístas. Pelo contrário, disponham-se a serviço uns dos outros através do amor. 14 Pois toda a Lei encontra a sua plenitude num só mandamento: «Ame o seu próximo como a si mesmo». 15* Mas, se vocês se mordem e se devoram uns aos outros, tomem cuidado! Vocês vão acabar destruindo-se mutuamente.
16 Por isso é que lhes digo: vivam segundo o Espírito, e assim não farão mais o que os instintos egoístas desejam. 17 Porque os instintos egoístas têm desejos que estão contra o Espírito, e o Espírito contra os instintos egoístas; os dois estão em conflito, de modo que vocês não fazem o que querem. 18* Mas, se forem conduzidos pelo Espírito, vocês não estarão mais submetidos à Lei. 19 Além disso, as obras dos instintos egoístas são bem conhecidas: fornicação, impureza, libertinagem, 20 idolatria, feitiçaria, ódio, discórdia, ciúme, ira, rivalidade, divisão, sectarismo, 21* inveja, bebedeira, orgias e outras coisas semelhantes. Repito o que já disse: os que fazem tais coisas não herdarão o Reino de Deus. 22 Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, bondade, benevolência, fé, 23 mansidão e domínio de si. Contra essas coisas não existe lei. 24 Os que pertencem a Cristo crucificaram os instintos egoístas junto com suas paixões e desejos. 25 Se vivemos pelo Espírito, caminhemos também sob o impulso do Espírito. 26 Não sejamos ambiciosos de glória, provocando-nos mutuamente e tendo inveja uns dos outros.


Lucas 9:51-62
51 Estava chegando o tempo de Jesus ser levado para o céu. Então ele tomou a firme decisão de partir para Jerusalém, 52 e enviou mensageiros à sua frente. Estes puseram-se a caminho, e entraram num povoado de samaritanos, para conseguir alojamento para Jesus. 53 Mas, os samaritanos não o receberam, porque Jesus dava a impressão de quem se dirigia para Jerusalém. 54 Vendo isso, os discípulos Tiago e João disseram: «Senhor, queres que mandemos descer fogo do céu para acabar com eles?» 55 Jesus porém, voltou-se e os repreendeu. 56 E partiram para outro povoado.
57 Enquanto iam andando, alguém no caminho disse a Jesus: «Eu te seguirei para onde quer que fores.» 58 Mas Jesus lhe respondeu: «As raposas têm tocas e os pássaros têm ninhos; mas o Filho do Homem não tem onde repousar a cabeça.» 59 Jesus disse a outro: «Siga-me.» Esse respondeu: «Deixa primeiro que eu vá sepultar meu pai.» 60 Jesus respondeu: «Deixe que os mortos sepultem seus próprios mortos; mas você, vá anunciar o Reino de Deus.» 61 Outro ainda lhe disse: «Eu te seguirei, Senhor, mas deixa primeiro que eu vá me despedir do pessoal de minha casa.» 62 Mas Jesus lhe respondeu: «Quem põe a mão no arado e olha para trás, não serve para o Reino de Deus.»

OU


I Reis 19:15-16,19-21
15 Javé disse a Elias: «Pegue o caminho de volta, em direção ao deserto de Damasco. Unja Hazael como rei de Aram, 16 e Jeú, filho de Namsi, como rei de Israel. Unja também Eliseu, filho de Safat, natural de Abel-Meúla, como profeta em seu lugar.
19 Elias partiu daí e encontrou Eliseu, filho de Safat, trabalhando com doze juntas de bois. Ele próprio dirigia a última junta. Elias passou perto de Eliseu e jogou o manto sobre ele. 20 Eliseu deixou os bois, correu atrás de Elias, e disse: «Deixe-me dizer adeus a meus pais. Depois eu seguirei você». Elias respondeu: «Vá, mas volte logo. Quem o está impedindo de ir?» 21 Eliseu afastou-se de Elias, pegou a junta de bois e a ofereceu em sacrifício. Aproveitou a madeira do arado para cozinhar a carne, e distribuiu a carne para o seu pessoal comer. Depois levantou-se, seguiu Elias, e se colocou a seu serviço.

 

Salmos Litúrgicos Livro 1 Terceiro Dia: Oração Matutina
Salmo 16 Conserva me, Domine
GUARDA-ME, ó Deus! * Tu és o meu refúgio.
2 Diz ao SENHOR: Tu és Senhor meu; * tu és o meu soberano bem.
3 As pessoas santas que estão na terra, * são aquelas ilustres nas que me alegro.
4 Muitas são as penas de quem toma outro deus; * jamais oferecerei suas ofertas de sangue, nem meus lábios pronunciarão seus nomes.
5 O SENHOR é a porção da minha herança e do meu cálice; * tu és da minha sorte o sustentáculo.
6 Tocaram-me em partilha lugares amenos; * sim, esplêndida é a minha herança.
7 Bendigo ao SENHOR que aconselha; * até de noite meu coração me instrui.
8 Trago sempre o SENHOR diante de mim; * enquanto estiver à minha direita, nada jamais me abalará.
9 Alegre-se, pois, o meu coração; meu espírito exulta; * meu corpo também permanece em segurança.
I0 Pois não abandonarás minha alma às sombras da morte; * nem consentirás que a pessoa que tu amas experimente a corrupção.
11 Tu me farás conhecer o caminho da vida; * em tua presença há plenitude de alegria; ao teu lado há perpétuo contentamento.

 

Gálatas 5:1,13-25
1 Cristo nos libertou para que sejamos verdadeiramente livres. Portanto, sejam firmes e não se submetam de novo ao jugo da escravidão.
13 Irmãos, vocês foram chamados para serem livres. Que essa liberdade, porém, não se torne desculpa para vocês viverem satisfazendo os instintos egoístas. Pelo contrário, disponham-se a serviço uns dos outros através do amor. 14 Pois toda a Lei encontra a sua plenitude num só mandamento: «Ame o seu próximo como a si mesmo». 15* Mas, se vocês se mordem e se devoram uns aos outros, tomem cuidado! Vocês vão acabar destruindo-se mutuamente.
16 Por isso é que lhes digo: vivam segundo o Espírito, e assim não farão mais o que os instintos egoístas desejam. 17 Porque os instintos egoístas têm desejos que estão contra o Espírito, e o Espírito contra os instintos egoístas; os dois estão em conflito, de modo que vocês não fazem o que querem. 18* Mas, se forem conduzidos pelo Espírito, vocês não estarão mais submetidos à Lei. 19 Além disso, as obras dos instintos egoístas são bem conhecidas: fornicação, impureza, libertinagem, 20 idolatria, feitiçaria, ódio, discórdia, ciúme, ira, rivalidade, divisão, sectarismo, 21* inveja, bebedeira, orgias e outras coisas semelhantes. Repito o que já disse: os que fazem tais coisas não herdarão o Reino de Deus. 22 Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, bondade, benevolência, fé, 23 mansidão e domínio de si. Contra essas coisas não existe lei. 24 Os que pertencem a Cristo crucificaram os instintos egoístas junto com suas paixões e desejos. 25 Se vivemos pelo Espírito, caminhemos também sob o impulso do Espírito. 26 Não sejamos ambiciosos de glória, provocando-nos mutuamente e tendo inveja uns dos outros.


Lucas 9:51-62
51 Estava chegando o tempo de Jesus ser levado para o céu. Então ele tomou a firme decisão de partir para Jerusalém, 52 e enviou mensageiros à sua frente. Estes puseram-se a caminho, e entraram num povoado de samaritanos, para conseguir alojamento para Jesus. 53 Mas, os samaritanos não o receberam, porque Jesus dava a impressão de quem se dirigia para Jerusalém. 54 Vendo isso, os discípulos Tiago e João disseram: «Senhor, queres que mandemos descer fogo do céu para acabar com eles?» 55 Jesus porém, voltou-se e os repreendeu. 56 E partiram para outro povoado.
57 Enquanto iam andando, alguém no caminho disse a Jesus: «Eu te seguirei para onde quer que fores.» 58 Mas Jesus lhe respondeu: «As raposas têm tocas e os pássaros têm ninhos; mas o Filho do Homem não tem onde repousar a cabeça.» 59 Jesus disse a outro: «Siga-me.» Esse respondeu: «Deixa primeiro que eu vá sepultar meu pai.» 60 Jesus respondeu: «Deixe que os mortos sepultem seus próprios mortos; mas você, vá anunciar o Reino de Deus.» 61 Outro ainda lhe disse: «Eu te seguirei, Senhor, mas deixa primeiro que eu vá me despedir do pessoal de minha casa.» 62 Mas Jesus lhe respondeu: «Quem põe a mão no arado e olha para trás, não serve para o Reino de Deus.»