DFP68 – Próprio 27

DFP68 Domingo – Próprio 27 (TC32)
Ano A: Josué 24:1-3a, 14-25; Salmo 78:1-7; I Tessalonicenses 4:13-18; Mateus 25:1-13 OU Sabedoria 6:12-16 ou Amós 5:18-24; Sabedoria 6:17-20 ou Salmo 70; 1Tessalonicenses 4:13-18; Mateus 25:1-13
Ano B: Rute 3:1-5; 4:13-17; Salmo 127; Hebreus 9:24-28; Marcos 12:38-44 OU I Reis 17:8-16; Salmo 146; Hebreus 9:24-28; Marcos 12:38-44
Ano C: Ageu 1:15b—2:9; Salmo 145:1-5, 17-21 ou Salmo 98; II Tessalonicenses 2:1-5,13-17; Lucas 20:27-38 OU Jó 19:23-27a; Salmo 17:1-9; II Tessalonicenses 2:1-5,13-17; Lucas 20:27-38

Próprio 27 – domingo de 6 a 12 de novembro – Tempo Comum 32
Ó Deus, cujo Filho, para sempre bendito, foi manifestado para destruir as obras malignas e tornar-nos filhos de Deus e herdeiros da vida eterna; permite, nós te suplicamos, que nesta esperança nos purifiquemos, e que estejamos em atenção para a sua vinda. Assim, quando vier outra vez com poder e grande glória, tornar-nos emos semelhantes a ele no seu eterno e glorioso reino, onde contigo, ó Pai, e com o Espírito Santo, vive e reina sempre, um só Deus, pelos séculos dos séculos. Amém.*
* PREFÁCIO PARA O DIA DO SENHOR (Para ser usado somente aos domingos).
De Deus Pai
Pois Tu és a fonte da luz e da vida; fizeste-nos à tua imagem e nos chamaste a uma vida nova em Jesus Cristo, nosso Senhor.
De Deus Filho
Mediante Jesus Cristo, nosso Senhor, que, no primeiro dia da semana, venceu a morte e o túmulo, e, por sua gloriosa ressurreição, nos abriu as portas da vida eterna.
De Deus Espírito Santo
Porque nos fizeste nascer da água e do Espírito Santo, tornando-nos teu povo, em Jesus Cristo, nosso Senhor, para manifestar a tua glória ao mundo.

 

Ano A: Josué 24:1-3a, 14-25; Salmo 78:1-7; I Tessalonicenses 4:13-18; Mateus 25:1-13 OU Sabedoria 6:12-16 ou Amós 5:18-24; Sabedoria 6:17-20 ou Salmo 70; 1Tessalonicenses 4:13-18; Mateus 25:1-13

Josué 24:1-3a,14-25
1 Josué reuniu as tribos de Israel em Siquém. Convocou todos os anciãos de Israel, os chefes, juízes e oficiais. E todos se apresentaram diante de Deus. 2 Então Josué falou a todo o povo: «Assim diz Javé, o Deus de Israel: Outrora, os seus antepassados, Taré, pai de Abraão e de Nacor, habitavam do outro lado do rio Eufrates e serviam a outros deuses. 3a Eu, porém, tomei Abraão, antepassado de vocês, e o fiz sair do outro lado do Eufrates para percorrer toda a terra de Canaã. 14 Agora, portanto, temam a Javé, servindo-o com integridade e fidelidade. Tirem do meio de vocês os deuses, a quem seus antepassados serviram no outro lado do rio Eufrates e no Egito. Sirvam a Javé. 15 Contudo, se vocês acham que não é bom servir a Javé, escolham hoje a quem vocês querem servir: aos deuses que seus antepassados serviram no outro lado do rio Eufrates, ou aos deuses dos amorreus, na terra dos quais agora vocês habitam. Eu e minha família serviremos a Javé».
16 Então o povo respondeu: «Longe de nós abandonar Javé para servir a outros deuses! 17 Foi Javé nosso Deus quem nos tirou, a nós e a nossos antepassados, da terra do Egito, da casa da escravidão. Foi ele quem fez esses grandes sinais diante de nossos olhos, e nos protegeu por todo o caminho que percorremos e entre todos os povos no meio dos quais atravessamos. 18 Foi Javé quem expulsou de diante de nós todos os povos e os amorreus que habitavam a terra. Portanto, nós também serviremos a Javé, pois ele é o nosso Deus».
19 Josué replicou: «Vocês não poderão servir a Javé, porque ele é um Deus santo, um Deus ciumento. Ele não perdoará suas transgressões e pecados. 20 Se vocês abandonarem Javé para servir aos deuses estrangeiros, ele se voltará de novo contra vocês, e os maltratará e destruirá, apesar de lhes ter feito o bem».
21 O povo respondeu a Josué: «Não! Nós serviremos a Javé». 22 Então Josué disse ao povo: «Vocês são testemunhas contra vocês mesmos de que escolheram servir a Javé». O povo respondeu: «Nós somos testemunhas». 23 Josué disse: «Pois bem! Joguem fora os deuses estrangeiros que vocês têm, e inclinem o coração para Javé, o Deus de Israel». 24 O povo disse a Josué: «Nós serviremos a Javé nosso Deus e a ele obedeceremos».
25 Nesse dia, Josué fez uma aliança com o povo e, em Siquém, estabeleceu para eles um estatuto e um direito.



Salmos Litúrgicos Livro III Décimo Quinto Dia: Oração Vespertina
Salmo 78:1-7 A ttendite, popule
ESCUTE, povo meu, a minha lei; * incline os ouvidos às minhas palavras.
2 Falarei em parábola; * proferirei enigmas da antigüidade.
3 Tudo o que temos ouvido e sabido; e nossos pais nos contaram.
4 Nada ocultaremos aos seus descendentes, narrando às gerações vindouras os louvores do SENHOR, * assim como o seu poder e as maravilhas que operou.
5 Porque estabeleceu um testemunho em Jacó e uma lei em Israel; * e os deu a nossos pais, para transmitirem a seus filhos e filhas.
6 Para que soubesse a geração vindoura, * e esta a contasse a seus descendentes.
7 A fim de que pusessem em Deus a sua confiança, * não se esquecendo de suas obras, mas guardando os seus mandamentos.


I Tessalonicenses 4:13-18
13 Irmãos, não queremos que vocês ignorem coisa alguma a respeito dos mortos, para não ficarem tristes como os outros que não têm esperança. 14 Se acreditamos que Jesus morreu e ressuscitou, acreditamos também que aqueles que morreram em Jesus serão levados por Deus em sua companhia.
15 Eis o que declaramos a vocês, baseando-nos na palavra do Senhor: nós, que ainda estaremos vivos por ocasião da vinda do Senhor, não teremos nenhuma vantagem sobre aqueles que já tiverem morrido. 16 De fato, a uma ordem, à voz do arcanjo e ao som da trombeta divina, o próprio Senhor descerá do céu. Então os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro; 17 depois nós, os vivos, que estivermos ainda na terra, seremos arrebatados junto com eles para as nuvens, ao encontro do Senhor nos ares. E então estaremos para sempre com o Senhor. 18 Consolem-se, pois, uns aos outros com essas palavras.


Mateus 25:1-13
1 «Naquele dia, o Reino do Céu será como dez virgens que pegaram suas lâmpadas de óleo, e saíram ao encontro do noivo. 2 Cinco delas não tinham juízo, e as outras cinco eram prudentes. 3 Aquelas sem juízo pegaram suas lâmpadas, mas não levaram óleo consigo. 4 As prudentes, porém, levaram vasilhas com óleo, junto com as lâmpadas. 5 O noivo estava demorando, e todas elas acabaram cochilando e dormiram. 6 No meio da noite, ouviu-se um grito: ‘O noivo está chegando. Saiam ao seu encontro’. 7 Então as dez virgens se levantaram, e prepararam as lâmpadas. 8 Aquelas que eram sem juízo disseram às prudentes: ‘Dêem um pouco de óleo para nós, porque nossas lâmpadas estão se apagando’. 9 As prudentes responderam: ‘De modo nenhum, porque o óleo pode faltar para nós e para vocês. É melhor vocês irem aos vendedores e comprar’. 10 Enquanto elas foram comprar óleo, o noivo chegou, e as que estavam preparadas entraram com ele para a festa de casamento. E a porta se fechou. 11 Por fim, chegaram também as outras virgens, e disseram: ‘Senhor, Senhor, abre a porta para nós’. 12 Ele, porém, respondeu: ‘Eu garanto a vocês que não as conheço’. 13 Portanto, fiquem vigiando, pois vocês não sabem qual será o dia, nem a hora.»


OU


Sabedoria 6:12-16
12 A Sabedoria é resplandecente, não murcha, mostra-se facilmente para aqueles que a amam. Ela se deixa encontrar por aqueles que a buscam. 13 Ela se antecipa, revelando-se espontaneamente aos que a desejam. 14 Quem por ela madruga, não terá grande trabalho, pois a encontrará sentada junto à porta da sua casa. 15 Refletir sobre ela é a perfeição da inteligência, e quem cuida dela ficará logo sem preocupações. 16 Ela mesma vai por toda parte, procurando os que são dignos dela: aparece a eles bondosamente pelos caminhos, e lhes vai ao encontro em cada um dos pensamentos deles.

ou

Amós 5:18-24
18 Ai dos que vivem suspirando pelo Dia de Javé! Como será para vocês o Dia de Javé? Será trevas, e não luz. 19 Será como o indivíduo que foge do leão e topa com o urso; ou como a pessoa que, entrando em casa, apóia a mão na parede e é mordido pela cobra. 20 Pois o Dia de Javé, por acaso não será trevas, ao invés de luz, escuridão sem claridade alguma?
21 Eu detesto e desprezo as festas de vocês; tenho horror dessas reuniões. 22 Ainda que vocês me ofereçam sacrifícios, suas ofertas não me agradarão, nem olharei para as oferendas gordas. 23 Longe de mim o barulho de seus cânticos, nem quero ouvir a música de suas liras. 24 Eu quero, isto sim, é ver brotar o direito como água e correr a justiça como riacho que não seca.


Sabedoria 6:17-20
17 O princípio da Sabedoria é o desejo autêntico de instrução, e a preocupação pela instrução é o amor. 18 O amor é a observância das leis da Sabedoria. Por sua vez, a observância das leis é garantia de imortalidade. 19 E a imortalidade faz com que a pessoa fique perto de Deus. 20 Portanto, o desejo pela sabedoria conduz ao reino.


ou

Salmos Litúrgicos Livro II Décimo Terceiro Dia: Oração Vespertina
Salmo 70 Deus, in adjutorium
APRESSA-TE, ó Deus, em me livrar; * apressa-te, SENHOR, em socorrer-me.
2 Envergonha e humilha quem busca tirar-me a vida; * arrependa-se quem me deseja o mal!
3 Envergonhe-se e torne atrás * quem zomba.
4 Folguem e alegrem-se em ti todas as pessoas que te buscam; * quem amam a tua salvação, diga continuamente: Magnificado seja Deus!
5 Quanto a mim, vivo em aflição e necessidade; apressa-te em me valer, ó Deus; * tu és o meu amparo e o meu libertador; ó SENHOR, não tardes.


I Tessalonicenses 4:13-18
13 Irmãos, não queremos que vocês ignorem coisa alguma a respeito dos mortos, para não ficarem tristes como os outros que não têm esperança. 14 Se acreditamos que Jesus morreu e ressuscitou, acreditamos também que aqueles que morreram em Jesus serão levados por Deus em sua companhia.
15 Eis o que declaramos a vocês, baseando-nos na palavra do Senhor: nós, que ainda estaremos vivos por ocasião da vinda do Senhor, não teremos nenhuma vantagem sobre aqueles que já tiverem morrido. 16 De fato, a uma ordem, à voz do arcanjo e ao som da trombeta divina, o próprio Senhor descerá do céu. Então os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro; 17 depois nós, os vivos, que estivermos ainda na terra, seremos arrebatados junto com eles para as nuvens, ao encontro do Senhor nos ares. E então estaremos para sempre com o Senhor. 18 Consolem-se, pois, uns aos outros com essas palavras.


Mateus 25:1-13
1 «Naquele dia, o Reino do Céu será como dez virgens que pegaram suas lâmpadas de óleo, e saíram ao encontro do noivo. 2 Cinco delas não tinham juízo, e as outras cinco eram prudentes. 3 Aquelas sem juízo pegaram suas lâmpadas, mas não levaram óleo consigo. 4 As prudentes, porém, levaram vasilhas com óleo, junto com as lâmpadas. 5 O noivo estava demorando, e todas elas acabaram cochilando e dormiram. 6 No meio da noite, ouviu-se um grito: ‘O noivo está chegando. Saiam ao seu encontro’. 7 Então as dez virgens se levantaram, e prepararam as lâmpadas. 8 Aquelas que eram sem juízo disseram às prudentes: ‘Dêem um pouco de óleo para nós, porque nossas lâmpadas estão se apagando’. 9 As prudentes responderam: ‘De modo nenhum, porque o óleo pode faltar para nós e para vocês. É melhor vocês irem aos vendedores e comprar’. 10 Enquanto elas foram comprar óleo, o noivo chegou, e as que estavam preparadas entraram com ele para a festa de casamento. E a porta se fechou. 11 Por fim, chegaram também as outras virgens, e disseram: ‘Senhor, Senhor, abre a porta para nós’. 12 Ele, porém, respondeu: ‘Eu garanto a vocês que não as conheço’. 13 Portanto, fiquem vigiando, pois vocês não sabem qual será o dia, nem a hora.»


Ano B: Rute 3:1-5;4:13-17; Salmo 127; Hebreus 9:24-28; Marcos 12:38-44 OU I Reis 17:8-16; Salmo 146; Hebreus 9:24-28; Marcos 12:38-44

Rute 3:1-5;4:13-17
1 Noemi disse a Rute: «Minha filha, tenho que procurar para você uma situação melhor, para que se sinta feliz. 2 Acontece que Booz é nosso parente e você esteve trabalhando com as empregadas dele. Esta noite ele vai bater a cevada no terreiro. 3 Faça o seguinte: tome banho, perfume-se, vista seu manto e vá ao terreiro. Não deixe que ele veja você, antes que tenha acabado de comer e beber. 4 Quando ele for dormir, olhe bem onde ele se deita. Depois vá, tire a coberta dos pés dele e deite-se. Ele dirá o que você deve fazer». 5 Rute respondeu: «Vou fazer tudo o que você está me dizendo».
Rute 4:13-17
13 Booz se casou com Rute. E ela se tornou sua esposa. Booz teve relações com ela, e Javé deu a Rute a graça de engravidar, e ela deu à luz um filho. 14 As mulheres diziam a Noemi. «Javé seja bendito! Ele não deixou que hoje faltasse para você um resgatador. O nome dele se tornará famoso em Israel. 15 Ele será para você um consolador e um apoio na velhice, pois quem o gerou é sua nora. Ela ama você, e é melhor para você do que sete filhos».
16 Noemi pegou o menino, o pôs no colo e foi para ele uma verdadeira mãe de criação. 17 As vizinhas deram um nome ao menino, dizendo: «Nasceu um filho para Noemi». E lhe deram o nome de Obed. Obed foi o pai de Jessé. E Jessé foi o pai de Davi.


Salmos Litúrgicos Livro V Vigésimo Sétimo Dia: Oração Vespertina
Salmo 127 Nisi Dominus
SE O SENHOR não edificar a casa, em vão trabalha quem a edifica. * Se o SENHOR não olhar pela cidade, * em vão vigia a sentinela.
2 Inútil lhes será levantar de madrugada, repousar tarde e comer o pão da fadiga, * porquanto dá o sono a quem ele ama.
3 Eis que os filhos e filhas são herança do SENHOR, * são uma recompensa.
4 Quais flechas na mão dum valente, * tais são os filhos da juventude.
5 Feliz quem combate e delas tem cheia a sua aljava! * Não se envergonhará, quando à porta lutar com os seus inimigos.


Hebreus 9:24-28
24 De fato, Cristo não entrou num santuário feito por mãos humanas, figura do verdadeiro santuário; ele entrou no próprio céu, a fim de apresentar-se agora diante de Deus em nosso favor. 25 Ele não teve que se oferecer muitas vezes, como o sumo sacerdote que todos os anos entra no santuário com sangue que não é seu. 26 Se assim fosse, ele deveria ter sofrido muitas vezes desde a criação do mundo. Entretanto, ele se manifestou uma vez por todas no fim dos tempos, abolindo o pecado pelo sacrifício de si mesmo. 27 E dado que os homens morrem uma só vez e depois disso vem o julgamento, 28 assim, também Cristo se ofereceu uma vez por todas, para tirar o pecado de muitos. Ele aparecerá uma segunda vez, sem nenhuma relação com o pecado, para aqueles que o esperam para a salvação.
Marcos 12:38-44


OU


I Reis 17:8-16
8 Então Javé dirigiu a palavra a Elias: 9 «Levante-se, vá para Sarepta, que pertence à região de Sidônia, e fique morando aí. Porque eu ordenei a uma viúva que dê comida para você». 10 Elias se levantou e foi para Sarepta. Chegando à porta da cidade, encontrou uma viúva que estava recolhendo lenha. Elias a chamou e disse: «Por favor! Traga-me um pouco de água no seu balde para eu beber». 11 Quando a mulher já estava indo buscar água, Elias gritou para ela: «Traga-me também um pedaço de pão». 12 Ela respondeu: «Pela vida de Javé, o seu Deus, não tenho nenhum pão feito; tenho apenas um pouco de farinha numa vasilha e um pouco de azeite na jarra. Estou ajuntando uns gravetos para preparar esse resto para mim e meu filho. Depois, vamos comer e ficar esperando a morte». 13 Mas Elias lhe disse: «Não tenha medo! Vá e faça o que está dizendo. Mas primeiro prepare um pãozinho com o que você tem e traga para mim. Só depois você prepara um pão para você e seu filho. 14 Pois assim diz Javé, Deus de Israel: A vasilha de farinha não ficará vazia e a jarra de azeite não se esgotará, até o dia em que Javé mandar chuva sobre a terra». 15 A mulher foi fazer o que Elias tinha mandado. E comeram, tanto ele como também ela e o filho, durante muito tempo. 16 A vasilha de farinha não se esvaziou e a jarra de azeite não se esgotou, como Javé tinha anunciado por meio de Elias.


Salmos Litúrgicos Livro V Trigésimo Dia: Oração Matutina
Salmo 146 Lauda, anima mea
ALELUIA! Louvem ao SENHOR. *Louva ó minha alma, ao SENHOR.
2 Enquanto eu viver louvarei ao SENHOR, * enquanto existir, cantarei ao meu Deus.
3 Não confiem em príncipes, * nem em pessoa alguma, em quem não há auxílio.
4 Porque, dando o derradeiro suspiro, volta o ser humano à terra, * e seus pensamentos estão condenados ao esquecimento.
5 Feliz quem tem Deus por seu auxílio; * quem tem sua esperança no SENHOR seu Deus,
6 O qual fez os céus e a terra, o mar e tudo o que nele existe; * o qual guarda a verdade para sempre.
7 O qual faz justiça às pessoas oprimidas e dá pão às famintas,* o SENHOR solta as pessoas aprisionadas.
8 O SENHOR abre os olhos das pessoas cegas. * levanta as abatidas e ama as justas.
9 O SENHOR guarda quem os peregrina, ampara às pessoas órfãs e às viúvas, * mas transtorna o caminho das pessoas perversas.
10 O SENHOR reinará eternamente; * o teu Deus, ó Sião, é por todas as gerações. Aleluia!


Hebreus 9:24-28
24 De fato, Cristo não entrou num santuário feito por mãos humanas, figura do verdadeiro santuário; ele entrou no próprio céu, a fim de apresentar-se agora diante de Deus em nosso favor. 25 Ele não teve que se oferecer muitas vezes, como o sumo sacerdote que todos os anos entra no santuário com sangue que não é seu. 26 Se assim fosse, ele deveria ter sofrido muitas vezes desde a criação do mundo. Entretanto, ele se manifestou uma vez por todas no fim dos tempos, abolindo o pecado pelo sacrifício de si mesmo. 27 E dado que os homens morrem uma só vez e depois disso vem o julgamento, 28 assim, também Cristo se ofereceu uma vez por todas, para tirar o pecado de muitos. Ele aparecerá uma segunda vez, sem nenhuma relação com o pecado, para aqueles que o esperam para a salvação.

 

Marcos 12:38-44
38 E Jesus continuava ensinando: «Tenham cuidado com os doutores da Lei. Eles gostam de andar com roupas compridas, de ser cumprimentados nas praças públicas; 39 gostam dos primeiros lugares nas sinagogas e dos lugares de honra nos banquetes. 40 No entanto, exploram as viúvas e roubam suas casas, e para disfarçar fazem longas orações. Por isso eles vão receber uma condenação mais severa.»
41 Jesus estava sentado diante do Tesouro do Templo e olhava a multidão que depositava moedas no Tesouro. Muitos ricos depositavam muito dinheiro. 42 Então, chegou uma viúva pobre, e depositou duas pequenas moedas, que valiam uns poucos centavos. 43 Então Jesus chamou os discípulos, e disse: «Eu garanto a vocês: essa viúva pobre depositou mais do que todos os outros que depositaram moedas no Tesouro. 44 Porque todos depositaram do que estava sobrando para eles. Mas a viúva na sua pobreza depositou tudo o que tinha, tudo o que possuía para viver.»


Ano C: Ageu 1:15b—2:9; Salmo 145:1-5, 17-21 ou Salmo 98; II Tessalonicenses 2:1-5,13-17; Lucas 20:27-38 OU Jó 19:23-27a; Salmo 17:1-9; II Tessalonicenses 2:1-5,13-17;
Lucas 20:27-38

Ageu 1:15b—2:9
15b …segundo ano do reinado de Dario.
Ageu 2:1-9
1 No dia vinte e um do sétimo mês, a palavra de Javé foi dirigida por meio do profeta Ageu nestes termos:2 Diga ao governador da Judéia, Zorobabel, filho de Salatiel, ao chefe dos sacerdotes, Josué, filho de Josedec, e ao resto do povo: 3 Entre vocês há algum sobrevivente que tenha visto esse Templo no seu antigo esplendor? Que acham dele agora? Em comparação com o antigo, não lhes parece que este nem existe? 4 E agora, coragem, Zorobabel! – oráculo de Javé. Coragem, Josué, filho de Josedec, chefe dos sacerdotes! Coragem, povo todo da terra! É o que Javé diz. Mãos à obra, pois eu estou com vocês – oráculo de Javé dos exércitos – 5 conforme a palavra da Aliança que estabeleci com vocês, quando saíram do Egito. O meu espírito estará com vocês. Não tenham medo!
6 Porque assim diz Javé dos exércitos: Daqui a pouco tempo eu estarei balançando os céus e a terra, o mar e a terra firme. 7 Vou sacudir todas as nações e, então, as riquezas das nações hão de vir para cá, e assim eu encherei este Templo com a minha glória, diz Javé dos exércitos. 8 Toda a prata é minha, todo o ouro me pertence!, diz Javé dos exércitos. 9 A glória futura deste Templo será bem maior que a de antes, diz Javé dos exércitos. Neste lugar eu estabelecerei a paz, diz Javé dos exércitos.



Salmos Litúrgicos Livro V Trigésimo Dia: Oração Matutina
Salmo 145:1-5,17-21 Exaltado te, Deus
TE EXALTAREI, ó Deus, Rei meu, * e bendirei o teu Nome por todo o sempre.
2 Todos os dias te bendirei, * e louvarei teu Nome por todo o sempre.
3 Excelso é o SENHOR e mui digno de louvor, * e sua grandeza é insondável.
4 Uma geração a outra louvará as tuas obras, * e manifestará teus feitos poderosos.
5 Quanto a mim, falarei do glorioso esplendor de tua majestade, * e de tuas maravilhosas obras eu cantarei.
17 Justo é o SENHOR em todos os seus caminhos, * e santo em todas as suas obras.
18 Perto está o SENHOR de todas as pessoas que o invocam, * de todas as que o invocam em verdade.
19 Ele satisfaz os anseios de quem o teme, * ouve o seu clamor e lhes salva.
20 O SENHOR vela sobre todas as pessoas que o amam, * mas todas as que praticam injustiça sofrerão desolação.
21 Que meus lábios profiram louvores ao SENHOR, * e bendiga toda carne seu Nome Santo para sempre.


ou


Salmos Litúrgicos Livro IV Décimo Nono Dia: Oração Vespertina
Salmo 98 Cantate Domino
CANTEM ao SENHOR um cântico novo, pois ele fez maravilhas; * sua mão e seu braço santo alcançaram a vitória.
2 O SENHOR manifestou sua salvação, * revelou justiça entre as nações.
3 Lembrou-se de sua bondade e fidelidade para com a casa de Israel; * viram os confins da terra a divina salvação.
4 Exaltem ao SENHOR, habitantes da terra, * exclamem, alegrem-se e cantem louvores.
5 Cantem louvores ao SENHOR com a harpa, * com a harpa e com voz de canto.
6 Com flauta e som de trombetas, * exultem na presença do SENHOR, o Rei.
7 Ruja o mar e sua plenitude, * o mundo e quem nele habita.
8 Batam palmas os rios; * unânimes aplaudam os montes ao SENHOR.
9 Ante a face do SENHOR, porque ele vem julgar a terra; * com justiça julgará o mundo, e os povos com imparcialidade.


II Tessalonicenses 2:1-5,13-17
1 Agora, irmãos, quanto à vinda de nosso Senhor Jesus Cristo e ao nosso encontro com ele, pedimos a vocês o seguinte: 2 não se deixem perturbar tão facilmente! Nem se assustem, como se o Dia do Senhor estivesse para chegar logo, mesmo que isso esteja sendo veiculado por alguma suposta inspiração, palavra, ou carta atribuída a nós. 3 Não se deixem enganar de nenhum modo! Primeiro deverá chegar a apostasia. Depois aparecerá o homem ímpio, o filho da perdição: 4 ele é o adversário que se opõe e se levanta contra todo ser que se chama Deus ou é adorado, chegando até mesmo a sentar-se no templo de Deus e a proclamar-se Deus.
5 Não se lembram de que eu já dizia essas coisas quando estava com vocês?
13 Nós, porém, devemos sempre agradecer a Deus por vocês, irmãos amados do Senhor, porque, desde o início, Deus os escolheu para serem salvos pelo Espírito que santifica e pela fé na verdade. 14 Para isso chamou vocês por meio do nosso Evangelho, a fim de que possuam a glória de nosso Senhor Jesus Cristo. 15 Por isso, irmãos, fiquem firmes e mantenham as tradições que lhes ensinamos de viva voz ou por meio da nossa carta. 16 O próprio nosso Senhor Jesus Cristo e Deus nosso Pai, que nos amou e por sua graça nos dá consolo eterno e esperança feliz, 17 concedam-lhes ânimo ao coração e os fortaleçam para que façam e falem tudo o que é bom.


Lucas 20:27-38
27 Os saduceus afirmam que não existe ressurreição. Alguns deles se aproximaram de Jesus, e lhe propuseram este caso: 28 «Mestre, Moisés escreveu para nós: ‘Se alguém morrer, e deixar a esposa sem filhos, o irmão desse homem deve casar-se com a viúva, a fim de que possam ter filhos em nome do irmão que morreu’. 29 Ora, havia sete irmãos. O primeiro casou e morreu, sem ter filhos. 30 Também o segundo 31 e o terceiro casaram-se com a viúva. E assim os sete. Todos morreram sem deixar filhos. 32 Por fim, morreu também a mulher. 33 E agora? Na ressurreição, de quem a mulher vai ser esposa? Todos os sete se casaram com ela!» 34 Jesus respondeu: «Nesta vida, os homens e as mulheres se casam, 35 mas os que Deus julgar dignos da ressurreição dos mortos e de participar da vida futura, não se casarão mais, 36 porque não podem mais morrer, pois serão como os anjos. E serão filhos de Deus, porque ressuscitaram. 37 E que os mortos ressuscitam, já Moisés indica na passagem da sarça, quando chama o Senhor de ‘o Deus de Abraão, o Deus de Isaac e o Deus de Jacó’. 38 Deus não é Deus de mortos, mas de vivos, pois todos vivem para ele.»


OU


Jó 19:23-27a
23 Oxalá escrevessem estas minhas palavras e as gravassem numa placa, 24 e com cinzel de ferro e estilete fossem escritas para sempre na rocha: 25 ‘Eu sei que o meu redentor está vivo e que no fim se levantará acima do pó. 26 Mesmo com a pele aos pedaços e em carne viva, eu verei a Deus. 27a Eu mesmo o verei, e não outro; eu o verei com os meus próprios olhos’


Salmos Litúrgicos Livro 1 Terceiro Dia: Oração Matutina
Salmo 17:1-9 Exaudi, Domine
ESCUTA, ó SENHOR, o que é justo, e considera o meu clamor; * ouve minha súplica, não proferida por lábios enganosos.
2 Parta de ti minha sentença; * vejam teus olhos a retidão.
3 Sondaste meu coração; * de minha boca nada sai que leve à fraude.
4 Segundo a palavra de teus lábios, * tu me tens guardado do caminho da violência.
5 Firma os meus passos em teu caminho, * para que meus pés não vacilem.
6 Eu te invoco, ó Deus! * Inclina para mim teus ouvidos e escuta a minha voz.
7 Faz maravilhosas as tuas bondades, * ó tu que salvas quem em ti se refugia.
8 Preserva-me como a menina dos olhos, * oculta-me sob a sombra de tuas asas,
9 Por causa de pessoas pecadoras, que me oprimem; * de pessoas inimigas de minha alma que cercam.


II Tessalonicenses 2:1-5,13-17
1 Agora, irmãos, quanto à vinda de nosso Senhor Jesus Cristo e ao nosso encontro com ele, pedimos a vocês o seguinte: 2 não se deixem perturbar tão facilmente! Nem se assustem, como se o Dia do Senhor estivesse para chegar logo, mesmo que isso esteja sendo veiculado por alguma suposta inspiração, palavra, ou carta atribuída a nós. 3 Não se deixem enganar de nenhum modo! Primeiro deverá chegar a apostasia. Depois aparecerá o homem ímpio, o filho da perdição: 4 ele é o adversário que se opõe e se levanta contra todo ser que se chama Deus ou é adorado, chegando até mesmo a sentar-se no templo de Deus e a proclamar-se Deus.
5 Não se lembram de que eu já dizia essas coisas quando estava com vocês?
13 Nós, porém, devemos sempre agradecer a Deus por vocês, irmãos amados do Senhor, porque, desde o início, Deus os escolheu para serem salvos pelo Espírito que santifica e pela fé na verdade. 14 Para isso chamou vocês por meio do nosso Evangelho, a fim de que possuam a glória de nosso Senhor Jesus Cristo. 15 Por isso, irmãos, fiquem firmes e mantenham as tradições que lhes ensinamos de viva voz ou por meio da nossa carta. 16 O próprio nosso Senhor Jesus Cristo e Deus nosso Pai, que nos amou e por sua graça nos dá consolo eterno e esperança feliz, 17 concedam-lhes ânimo ao coração e os fortaleçam para que façam e falem tudo o que é bom.


Lucas 20:27-38
27 Os saduceus afirmam que não existe ressurreição. Alguns deles se aproximaram de Jesus, e lhe propuseram este caso: 28 «Mestre, Moisés escreveu para nós: ‘Se alguém morrer, e deixar a esposa sem filhos, o irmão desse homem deve casar-se com a viúva, a fim de que possam ter filhos em nome do irmão que morreu’. 29 Ora, havia sete irmãos. O primeiro casou e morreu, sem ter filhos. 30 Também o segundo 31 e o terceiro casaram-se com a viúva. E assim os sete. Todos morreram sem deixar filhos. 32 Por fim, morreu também a mulher. 33 E agora? Na ressurreição, de quem a mulher vai ser esposa? Todos os sete se casaram com ela!» 34 Jesus respondeu: «Nesta vida, os homens e as mulheres se casam, 35 mas os que Deus julgar dignos da ressurreição dos mortos e de participar da vida futura, não se casarão mais, 36 porque não podem mais morrer, pois serão como os anjos. E serão filhos de Deus, porque ressuscitaram. 37 E que os mortos ressuscitam, já Moisés indica na passagem da sarça, quando chama o Senhor de ‘o Deus de Abraão, o Deus de Isaac e o Deus de Jacó’. 38 Deus não é Deus de mortos, mas de vivos, pois todos vivem para ele.»