DSabc30 Lit Euc para o Dia de Todos os Santos

DSabc30 – Lit Eucarística para o Dia de Todos os Santos (01 de novembro) – cor: branco

Eclesiástico 44:1-10, 13-14
ou Eclesiástico 2:(1-6), 7-11; Salmo 34:1-10, 22 ou Salmo 149; Efésios 1:(11-14)15-23 ou IJoão 3:1-3 ou Apocalipse 7:9-17; Mateus 5:1-12 ou Lucas 6:20-26(27-36)

Comentário do Primaz da Igreja Lusitana (Comunhão Anglicana)

Dia de Todos os Santos, 1º de novembro

Coleta: Ó Deus Onipotente, que no corpo místico de teu Filho, nosso Senhor, vinculaste todos os teus escolhidos em uma só comunhão e irmandade; concede-nos graça para de tal modo imitarmos, em vida e virtude, teus bem-aventurados Santos, que cheguemos a desfrutar das alegrias inexprimíveis reservadas àqueles que te amam sinceramente; mediante Jesus Cristo, nosso Senhor, que vive e reina contigo e com o Espírito Santo, um só Deus, agora e sempre. Amém.
* Prefácio de Todos os Santos:
Que, na multidão de teus Santos, nos cercaste com tão grande nuvem de testemunhas, para que, alegrando-nos em sua comunhão, corramos com paciência a carreira que nos está proposta e juntos recebamos todos a imperecível coroa da glória.

Eclesiástico 44:1-10,13-14
1. Façamos o elogio dos homens ilustres, que são nossos antepassados, em sua linhagem.
2. O Senhor deu-lhes uma glória abundante, desde o princípio do mundo, por um efeito de sua magnificência.
3. Eles foram soberanos em seus estados, foram homens de grande virtude, dotados de prudência. As predições que anunciaram adquiriram-lhes a dignidade de profetas:
4. eles governaram os povos do seu tempo e, com a firmeza de sua sabedoria, deram instruções muito santas ao povo.
5. Com sua habilidade cultivaram a arte das melodias, publicaram os cânticos das escrituras.
6. Homens ricos de virtude, que tinham gosto pela beleza, e viviam em paz em suas casas.
7. Todos eles adquiriram fama junto de seus contemporâneos, e foram a glória de seu tempo.
8. Aqueles que deles nasceram deixaram um nome que publica seus louvores.
9. Outros há, dos quais não se tem lembrança; pereceram como se nunca tivessem existido. Nasceram, eles e seus filhos, como se não tivessem nascido.
10. Os primeiros, porém, foram homens de misericórdia; nunca foram esquecidas as obras de sua caridade.
13. Por causa deles seus filhos permanecem para sempre, e sua posteridade, assim como sua glória, não terá fim.
14. Seus corpos foram sepultados em paz, seu nome vive de século em século.

Ou
Eclesiástico 2:(1-6)7-11
1. Meu filho, se entrares para o serviço de Deus, permanece firme na justiça e no temor, e prepara a tua alma para a provação;
2. humilha teu coração, espera com paciência, dá ouvidos e acolhe as palavras de sabedoria; não te perturbes no tempo da infelicidade,
3. sofre as demoras de Deus; dedica-te a Deus, espera com paciência, a fim de que no derradeiro momento tua vida se enriqueça.
4. Aceita tudo o que te acontecer. Na dor, permanece firme; na humilhação, tem paciência.
5. Pois é pelo fogo que se experimentam o ouro e a prata, e os homens agradáveis a Deus, pelo cadinho da humilhação.
6. Põe tua confiança em Deus e ele te salvará; orienta bem o teu caminho e espera nele. Conserva o temor dele até na velhice.
7. Vós, que temeis o Senhor, esperai em sua misericórdia, não vos afasteis dele, para que não caiais;
8. vós, que temeis o Senhor, tende confiança nele, a fim de que não se desvaneça vossa recompensa.
9. Vós, que temeis o Senhor, esperai nele; sua misericórdia vos será fonte de alegria.
10. Vós, que temeis o Senhor, amai-o, e vossos corações se encherão de luz.
11. Considerai, meus filhos, as gerações humanas: sabei que nenhum daqueles que confiavam no Senhor foi confundido.

 

Salmos Litúrgicos   Livro 1   Sexto Dia: Oração Vespertina

Salmo 34:1-10, 22  Benedicam Dominum
BENDIREI o SENHOR em todo o tempo; * em minha boca estará sempre seu louvor.
2 Minha alma se gloria no SENHOR; * ouçam-no, humildes e se alegrem.
3 Engrandeçam ao SENHOR comigo, * juntos exaltemos o seu Nome.
4 Busquei ao SENHOR e ele me atendeu; * e de todos os meus temores me livrou.
5 Quem olha para ele recebe sua luz; * e seus rostos não se cobrem de vergonha.
6 A pessoa aflita clamou e o SENHOR a ouviu; * e de todas as suas angústias o livrou.
7 O anjo do SENHOR se acampa ao redor de quem o teme; * e lhe dá libertação.
8 Prove e veja quanto o SENHOR é bom; * ditosa é a pessoa  que nele se refugia.
9 Temam o SENHOR, vocês, as pessoas que vivem a santidade; * pois nada falta a quem o teme.
10 Até os filhotes de leão sentem fome; * mas a quem teme o SENHOR não lhe falta bem algum. 
22 O SENHOR resgata a alma de quem lhe serve; * e ninguém que nele confie receberá a condenação.

Salmos Litúrgicos Livro V  Trigésimo Dia: Oração Vespertina
Salmo 149 Cantate Domino
CANTAI ao SENHOR um cântico novo, * o seu louvor na congregação dos seus fiéis.
2 Alegre-se Israel em seu criador; * aclamem os filhos de Sião, com júbilo, o seu Rei.
3 Celebrem o seu Nome com danças; * entoem salmos com pandeiro e harpa.
4 Porque o SENHOR ama o seu povo, * e ergue os pobres com vitória.
5 O povo de Deus exultará; * haverá alegria até no interior de suas habitações.
6 Os louvores de Deus estarão em seus lábios, * mas espadas de dois gumes nas suas mãos.
7 Exercerão o direito entre as nações; * aos povos farão justiça.
8 O castigo começará com os reis,* e a repreensão visitará os nobres.
9 O SENHOR ministra o julgamento, * que é a honra de todos os seus santos. Aleluia!

Efésios 1:(11-14)15-23
11 nele, digo, no qual também fomos feitos herança, havendo sido predestinados conforme o propósito daquele que faz todas as coisas segundo o conselho da sua vontade,
12 com o fim de sermos para o louvor da sua glória, nós, os que antes havíamos esperado em Cristo;
13 no qual também vós, tendo ouvido a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação, e tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa,
14 o qual é o penhor da nossa herança, para redenção da possessão de Deus, para o louvor da sua glória.
15 Por isso também eu, tendo ouvido falar da fé que entre vós há no Senhor Jesus e do vosso amor para com todos os santos,
16 não cesso de dar graças por vós, lembrando-me de vós nas minhas orações,
17 para que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória, vos dê o espírito de sabedoria e de revelação no pleno conhecimento dele;
18 sendo iluminados os olhos do vosso coração, para que saibais qual seja a esperança da sua vocação, e quais as riquezas da glória da sua herança nos santos,
19 e qual a suprema grandeza do seu poder para conosco, os que cremos, segundo a operação da força do seu poder,
20 que operou em Cristo, ressuscitando-o dentre os mortos e fazendo-o sentar-se à sua direita nos céus,
21 muito acima de todo principado, e autoridade, e poder, e domínio, e de todo nome que se nomeia, não só neste século, mas também no vindouro;
22 e sujeitou todas as coisas debaixo dos seus pés, e para ser cabeça sobre todas as coisas o deu à igreja,
23 que é o seu corpo, o complemento daquele que cumpre tudo em todas as coisas.

Ou

I João 3:1-3 
1 Vejam que prova de amor o Pai nos deu: sermos chamados filhos de Deus. E nós de fato o somos! Se o mundo não nos reconhece, é porque também não reconheceu a Deus. 2 Amados, desde agora já somos filhos de Deus, embora ainda não se tenha tornado claro o que vamos ser. Sabemos que quando Jesus se manifestar, seremos semelhantes a ele, porque nós o veremos como ele é. 3 Todo aquele que deposita essa esperança em Jesus se purifica, para ser puro como Jesus é puro.

 

Apocalipse 7:9-17 
9* Depois disso eu vi uma grande multidão, que ninguém podia contar: gente de todas as nações, tribos, povos e línguas. Estavam todos de pé diante do trono e diante do Cordeiro. Vestiam vestes brancas e traziam palmas na mão. 10 Em alta voz, a multidão proclamava: «A salvação pertence ao nosso Deus, que está sentado no trono, e ao Cordeiro.»11 Nessa hora, todos os Anjos que estavam ao redor do trono, dos Anciãos e dos quatro Seres vivos, ajoelharam-se diante do trono para adorar a Deus. 12 E diziam: «Amém! O louvor, a glória, a sabedoria, a ação de graças, a honra, o poder e a força pertencem ao nosso Deus, para sempre. Amém!» 13* Um dos Anciãos tomou a palavra e me perguntou: «Você sabe quem são e de onde vieram esses que estão vestidos com roupas brancas?» 14 Eu respondi: «Não sei não, Senhor! O Senhor é quem sabe!» Ele então me explicou: «São os que vêm chegando da grande tribulação. Eles lavaram e alvejaram suas roupas no sangue do Cordeiro. 15 É  por isso que ficam diante do trono de Deus, servindo a ele dia e noite em seu Templo. Aquele que está sentado no trono estenderá sua tenda sobre eles. 16 Nunca mais terão fome, nem sede; nunca mais serão queimados pelo sol, nem pelo calor ardente. 17 Pois o Cordeiro que está no meio do trono será o pastor deles; vai conduzi-los até às fontes de água da vida. E Deus lhes enxugará toda lágrima dos olhos.»


Mateus 5:1-12 
1 Jesus, pois, vendo as multidões, subiu ao monte; e, tendo se assentado, aproximaram-se os seus discípulos,
2 e ele se pôs a ensiná-los, dizendo:
3 Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus.
4 Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados.
5 Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra.
6 Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça porque eles serão fartos.
7 Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia.
8 Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus.
9 Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus.
10 Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus.
11 Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguiram e, mentindo, disserem todo mal contra vós por minha causa.
12 Alegrai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram aos profetas que foram antes de vós.


Ou


Lucas 6:20-26(27-36)
20 Então, levantando ele os olhos para os seus discípulos, dizia: Bem-aventurados vós, os pobres, porque vosso é o reino de Deus.
21 Bem-aventurados vós, que agora tendes fome, porque sereis fartos. Bem-aventurados vós, que agora chorais, porque haveis de rir.
22 Bem-aventurados sereis quando os homens vos odiarem, e quando vos expulsarem da sua companhia, e vos injuriarem, e rejeitarem o vosso nome como indigno, por causa do Filho do homem.
23 Regozijai-vos nesse dia e exultai, porque eis que é grande o vosso galardão no céu; pois assim faziam os seus pais aos profetas.
24 Mas ai de vós que sois ricos! porque já recebestes a vossa consolação.
25 Ai de vós, os que agora estais fartos! porque tereis fome. Ai de vós, os que agora rides! porque vos lamentareis e chorareis.
26 Ai de vós, quando todos os homens vos louvarem! porque assim faziam os seus pais aos falsos profetas.
27 Mas a vós que ouvis, digo: Amai a vossos inimigos, fazei bem aos que vos odeiam,
28 bendizei aos que vos maldizem, e orai pelos que vos caluniam.
29 Ao que te ferir numa face, oferece-lhe também a outra; e ao que te houver tirado a capa, não lhe negues também a túnica.
30 Dá a todo o que te pedir; e ao que tomar o que é teu, não lho reclames.
31 Assim como quereis que os homens vos façam, do mesmo modo lhes fazei vós também.
32 Se amardes aos que vos amam, que mérito há nisso? Pois também os pecadores amam aos que os amam.
33 E se fizerdes bem aos que vos fazem bem, que mérito há nisso? Também os pecadores fazem o mesmo.
34 E se emprestardes àqueles de quem esperais receber, que mérito há nisso? Também os pecadores emprestam aos pecadores, para receberem outro tanto.
35 Amai, porém a vossos inimigos, fazei bem e emprestai, nunca desanimado; e grande será a vossa recompensa, e sereis filhos do Altíssimo; porque ele é benigno até para com os integrantes e maus.
36 Sede misericordiosos, como também vosso Pai é misericordioso.