oda044 Segunda-feira

oda044 Segunda-feira, 13 de janeiro de 2020 : Salmo 89: 5-37; Gênesis 35: 1-15; Atos 10: 44-48

Salmo 89: 5-37
Salmos Litúrgicos Livro III Décimo Sétimo Dia: Oração Vespertina
Salmo 89 Misericordias Domini
5 Os céus louvarão as tuas maravilhas, ó SENHOR; * e também tua fidelidade na congregação dos santos.
6 Pois nos céus quem pode comparar-se ao SENHOR? * Quem, entre a descendência das divindades, é semelhante ao SENHOR?
7 Deus se eleva como o maior na assembléia das pessoas santas; * e é reverenciado por todas pessoas que o cercam.
8 Ó SENHOR DEUS das Celestes hostes, quem, como tu, é poderoso? * Pois tua fidelidade te envolve.
9 Tu dominas o mar agitado; *e aplacas o furor das suas ondas.
10 Abateste o Egito como quem está ferido de morte, * com o teu braço poderoso dispersaste quem era contra ti.
11 Os céus são teus e a terra também é tua; * o mundo e sua plenitude tu os fundaste.
12 O Norte e o Sul tu os criaste; * O Tabor e o Hermom alegram-se em teu Nome.
13 Teu braço é armado de poder; * forte é tua mão, elevada tua destra.
14 Justiça e direito são o fundamento de teu trono; * graça e verdade seguem adiante de tua face.
15 Feliz é o povo que conhece as aclamações da alegria; * e caminha, ó SENHOR, à luz da tua presença.
16 Em teu Nome se regozija todo o dia; * e será exaltado em tua justiça.
17 Porquanto és tu a glória de sua força, * e em teu favor nosso poder se exalta.
18 Ao SENHOR pertence o nosso escudo; * e ao Santo de Israel o nosso Rei.
19 Então falaste em visão aos teus santos, e disseste: * Dei a um homem o poder de socorrer; exaltei a um escolhido dentre o povo.
20 Encontrei Davi, meu servo; * com o meu santo óleo o ungi.
21 A minha mão será sempre com ele, * o meu braço o fortalecerá.
22 Não o surpreenderá o inimigo, * nem as pessoas perversas o humilharão.
23 Esmagarei quem for contra ele, * e ferirei quem o odeia.
24 Minha fidelidade e minha bondade estarão com ele, * e no meu Nome será exaltado o seu poder.
25 Porei a sua mão sobre o mar, * e sua direita sobre os rios.
26 Ele me invocará, dizendo: Tu és meu pai, * meu Deus e a rocha de minha salvação.
27 Eu o farei meu primogênito, * o mais excelso dos reis da terra.
28 Com muito cuidado o guardarei para sempre na minha bondade, * e persistirá com ele firme a minha aliança.
29 Farei que subsista a sua posteridade, * e o seu trono como os dias do céu.
30 Se meus filhos abandonarem a minha lei, * e não andarem nos meus juízos,
31 Se violarem os meus preceitos, * e não guardarem os meus mandamentos,
32 Então com vara punirei as suas transgressões, * e com açoites a sua iniquidade.
33 Minha bondade, porém, não hei de retirar, * nem desmentirei minha fidelidade.
34 Não violarei a minha aliança, * nem alterarei o que os meus lábios proferiram.
35 Uma vez jurei pela minha santidade, * e não mentirei a Davi.
36 A sua descendência persistirá para sempre, * e o seu trono como sol diante de mim.
37 Como a lua, será estabelecido para sempre; * fiel é a testemunha no céu.


Gênesis 35: 1-15
1 Deus disse a Jacó: “Suba a Betel e estabe­leça-se lá, e faça um altar ao Deus que lhe apareceu quando você fugia do seu irmão, Esaú”.
2 Disse, pois, Jacó aos de sua casa e a to­dos os que estavam com ele: “Li­vrem-se dos deuses estrangeiros que estão entre vocês, purifiquem-se e troquem de roupa.
3 Venham! Vamos subir a Betel, onde farei um altar ao Deus que me ouviu no dia da minha angústia e que tem estado comigo por onde tenho andado”.
4 Então entregaram a Jacó todos os deuses es­trangeiros que possuíam e os brincos que usa­vam nas orelhas, e Jacó os enterrou ao pé da gran­de árvore, próximo a Siquém.
5 Quando eles partiram, o terror de Deus caiu de tal maneira sobre as cidades ao redor que ninguém ousou perseguir os filhos de Jacó.
6 Jacó e todos os que com ele estavam che­garam a Luz, que é Betel, na terra de Canaã.
7 Nesse lugar construiu um altar e lhe deu o no­me de El-Betel, porque ali Deus havia se reve­lado a ele, quando fugia do seu irmão.
8 Débora, ama de Rebeca, morreu e foi sepultada perto de Betel, ao pé do Carvalho, que por isso foi chamado Alom-Bacute.
9 Depois que Jacó retornou de Padã-Arã, Deus lhe apareceu de novo e o abençoou,
10 dizendo: “Seu nome é Jacó, mas você não será mais cha­mado Jacó; seu nome será Israel”. As­sim lhe deu o nome de Israel.
11 E Deus ainda lhe disse: “Eu sou o Deus todo-poderoso; seja prolífero e multiplique-se. De você procederão uma nação e uma comuni­dade de nações, e reis estarão entre os seus des­cendentes.
12 A terra que dei a Abraão e a Isaque, dou a você; e também aos seus futuros descen­dentes darei esta terra”.
13 A seguir, Deus elevou-se do lugar onde estivera falando com Jacó.
14 Jacó levantou uma coluna de pedra no lugar em que Deus lhe falara, e derramou sobre ela uma oferta de bebidas e a ungiu com óleo.
15 Jacó deu o nome de Betel ao lugar onde Deus tinha falado com ele.

Atos 10: 44-48
44 Enquanto Pedro ainda estava falando estas palavras, o Espírito Santo desceu sobre todos os que ouviam a mensagem.
A seguir Pedro disse:
45 Os judeus convertidos que vieram com Pedro ficaram admirados de que o dom do Espírito Santo fosse derramado até sobre os gentios,
46 pois os ouviam falando em línguas e exaltando a Deus.
47 “Pode alguém negar a água, impedindo que estes sejam batizados? Eles receberam o Espírito Santo como nós!”
48 Então ordenou que fossem batizados em nome de Jesus Cristo. Depois pediram a Pedro que ficasse com eles alguns dias.