Odb268 Sexta

Odb268 Sexta-feira, 31 de agosto de 2018 : Salmo 15; Êxodo 32:15-35; Tiago 1:9-16 OU Salmo 45:1-2,6-9; Cântico dos Cânticos 2:1-7; Tiago 1:9-16

Salmos Litúrgicos – Livro 1 – 3º Dia: Oração Matutina
Salmo 15 Domine, quis habitabit?
Ó SENHOR, quem habitará no teu templo? * Quem poderá assistir em teu santo monte?
2 Quem que vive com integridade e faz o que é justo, * e fala a verdade em seu coração.
3 Quem não anda difamando com a língua; * que não procede mal para com outras pessoas, nem afronta a seu vizinho.
4 A pessoa a cujos olhos vive a maldade é desprezível, * mas honra quem teme o SENHOR, e mesmo com dano próprio não quebra seu juramento.
5 Quem não empresta seu dinheiro com usura, nem se deixa subornar contra a pessoa inocente; * Quem assim dirige os seus atos jamais sofrerá abalos.


Êxodo 32:15-35
15 Moisés voltou e desceu da montanha, com as duas tábuas da aliança na mão, tábuas escritas nos dois lados, na frente e no verso. 16 As tábuas eram obra de Deus, e a escritura era feita por Deus, gravada nas tábuas.
17 Josué ouviu o barulho do povo, que dava gritos, e disse a Moisés: «Há um grito de guerra no acampamento!» 18 Moisés respondeu: «Não é grito de vitória, nem grito de derrota: estou ouvindo cantos alternados».
19 Quando se aproximou do acampamento e viu o bezerro e as danças, Moisés ficou enfurecido, jogou as tábuas e as quebrou no pé da montanha. 20 Pegou o bezerro que haviam feito, o queimou e o moeu até reduzi-lo a pó. Depois espalhou o pó na água e fez os filhos de Israel beberem.
21 Moisés perguntou a Aarão: «O que foi que este povo fez a você, para que você o arrastasse a um pecado tão grande?» 22 Aarão respondeu: «Não fique irritado, senhor. Você sabe o quanto este povo é inclinado para o mal. 23 Eles me pediram: ‘Faça para nós um deus que caminhe à nossa frente, porque não sabemos o que aconteceu com esse Moisés, que nos tirou do Egito’. 24 Eu disse então: ‘Quem tiver ouro, que o traga’. Eles me trouxeram, eu joguei no fogo, e saiu esse bezerro».
25 Moisés viu que o povo estava desenfreado, porque Aarão os havia abandonado à zombaria dos inimigos. 26 Então Moisés ficou de pé no meio do acampamento, e gritou: «Quem estiver do lado de Javé, venha até mim». E todos os filhos de Levi se reuniram em torno dele. 27 Moisés então lhes disse: «Assim diz Javé, o Deus de Israel: ‘Cada um coloque a espada na cintura. Passem e repassem o acampamento, de porta em porta, matando até mesmo o seu irmão, companheiro e parente’.» 28 Os filhos de Levi fizeram o que Moisés havia mandado. E nesse dia morreram uns três mil homens do povo. 29 Então Moisés disse: «Hoje vocês se consagraram a Javé, à custa do filho ou do irmão, a fim de que ele hoje conceda a bênção a vocês».
30 No dia seguinte, Moisés disse ao povo: «Vocês cometeram um pecado gravíssimo, mas agora eu vou subir até Javé, para ver se posso expiar o pecado de vocês». 31 Então Moisés voltou para Javé, e disse: «Este povo cometeu um pecado gravíssimo, fabricando um deus de ouro. 32 Agora, porém, ou perdoas o pecado deles ou me riscas do teu livro». 33 Javé respondeu a Moisés: «Riscarei do meu livro todo aquele que pecou contra mim. 34 Agora vá e conduza o povo para onde eu lhe disse: meu anjo irá na frente. Mas quando chegar o dia das contas, eu punirei o pecado deles». 35 E Javé castigou o povo por adorar o bezerro que Aarão tinha feito.


Tiago 1:9-16
9 Que o irmão pobre se orgulhe de sua alta dignidade, 10 e o rico se orgulhe de perder sua posição social, porque o rico desaparecerá como a flor da erva. 11 O sol se levanta, vem o calor e seca a erva, e lá se foi a beleza do seu viço! É assim que o rico vai perecer no meio dos seus negócios!
12 Feliz o homem que suporta com paciência a provação! Porque, uma vez provado, receberá a coroa da vida, que o Senhor prometeu àqueles que o amam. 13 Quando tentado, que ninguém diga: «Deus está me tentando.» Porque Deus não é tentado a fazer o mal nem tenta a ninguém. 14 Cada um é tentado pelo seu próprio desejo, que o atrai e seduz; 15 a seguir, o desejo concebe e dá à luz o pecado, e o pecado, uma vez consumado, gera a morte.
16 Não se enganem, meus queridos irmãos: 17 qualquer dom precioso e qualquer dádiva perfeita vêm do alto, desce do Pai das luzes, no qual não há fases ou períodos de mudança. 18 Por sua própria iniciativa, ele nos gerou por meio da Palavra da verdade, para que nos tornássemos as primeiras dentre as suas criaturas.


OU


Salmo 45:1-2,6-9
Salmos Litúrgicos Livro II Nono Dla Oração Matutina
Salmo 45:1-2,6-9 Eructavit cor meum
MEU coração ferve de palavras boas e digo: Meus versos são para o Rei; *minha língua é pena de um hábil escritor.
2 Tu és o mais formoso ser humano; *a graça se derramou em teus lábios; por isso, Deus te abençoará para sempre.
3 Guarda a tua espada, ó tu que lutas, * com majestade e glória.
4 Em tua magnificência, avança prosperamente a favor da verdade e da justiça; * e tua mão te conduza a tremendos feitos!
5Tuas setas são temperadas no coração dos inimigos do Rei; * debaixo de ti caem povos.
6 Teu trono, ó Deus, permanece para todo o sempre; * e o governo de teu reino é de justiça.
7 Amas a justiça e aborreces a maldade; * por isso, Deus, o teu Deus, te ungiu com óleo de alegria acima de teus companheiros.
8 Tuas vestes cheiram mirra, aloés e cássia; * de palácios de marfim partem harmonias que te alegram.
9 Filhas de reis te cercam; * à tua direita estava a rainha adornada de ouro de Ofir.


Cântico dos Cânticos 2:1-7
1 -Sou um narciso de Saron, uma açucena dos vales.
2 -Como açucena entre espinhos é a minha amada entre as donzelas.
3 -Macieira entre as árvores do bosque, é o meu amado entre os jovens; à sombra dele eu quis sentar, com seu doce fruto na boca.
4 Ele me levou à adega, e contra mim desfralda sua bandeira de amor.
5 Sustentem-me com bolos de passas, dêem-me forças com maçãs, oh! que estou doente de amor…
6 Sua mão esquerda está sob a minha cabeça, e com a direita ele me abraça.
7 -Filhas de Jerusalém, pelas cervas e gazelas do campo, eu conjuro vocês: não despertem, não acordem o amor, até que ele o queira!


Tiago 1:9-16
9 Que o irmão pobre se orgulhe de sua alta dignidade, 10 e o rico se orgulhe de perder sua posição social, porque o rico desaparecerá como a flor da erva. 11 O sol se levanta, vem o calor e seca a erva, e lá se foi a beleza do seu viço! É assim que o rico vai perecer no meio dos seus negócios!
12 Feliz o homem que suporta com paciência a provação! Porque, uma vez provado, receberá a coroa da vida, que o Senhor prometeu àqueles que o amam. 13 Quando tentado, que ninguém diga: «Deus está me tentando.» Porque Deus não é tentado a fazer o mal nem tenta a ninguém. 14 Cada um é tentado pelo seu próprio desejo, que o atrai e seduz; 15 a seguir, o desejo concebe e dá à luz o pecado, e o pecado, uma vez consumado, gera a morte.
16 Não se enganem, meus queridos irmãos: 17 qualquer dom precioso e qualquer dádiva perfeita vêm do alto, desce do Pai das luzes, no qual não há fases ou períodos de mudança. 18 Por sua própria iniciativa, ele nos gerou por meio da Palavra da verdade, para que nos tornássemos as primeiras dentre as suas criaturas.