ODC210 Terça

ODC210 Terça-feira: Salmo 64; Jó 19:1-22; Efésios 2:11-22 OU Salmo 59; 2 Reis 9:14-26; Efésios 2:11-22

Salmos Litúrgicos Livro II Duodécimo Dia: Oração Matutina
64 Exaudi, Deus
OUVE, ó Deus, a minha súplica, *
e guarda a minha vida do temor de quem é contra mim.
2 Esconde-me do conselho de quem faz maldade, * e do ajuntamento de gente injusta.
3 Quem afia, como espada, a sua lingua,* e suas amargas palavras são como fechas,
4 Para atirar às escondidas contra quem é inocente; * para causar-lhe ferimentos sem temor e de surpresa.
5 Firmam-se em más intenções, * armando laços secretamente.
6 Planejam maldades; * o seu pensamento e o seu coração é um abismo.
7 Mas Deus repreenderá essas pessoas, * e eles ficarão feridas.
8 Assim serão levadas a tropeçar, * tendo contra si a própria língua.
9 E todas as pessoas hão de temer e confessar a obra de Deus, * reconhecendo os seus feitos.
10 A pessoa justa se alegrará no SENHOR e confiará nele, * e quem tem o coração reto se gloriará.


Jó 19:1-22
1 Então Jó respondeu:
2 “Até quando vocês continuarão
a atormentar-me
e a esmagar-me com palavras?
3 Vocês já me repreenderam dez vezes;
não se envergonham de agredir-me!
4 Se é verdade que me desviei,
meu erro só interessa a mim.
5 Se de fato vocês se exaltam
acima de mim
e usam contra mim
a minha humilhação,
6 saibam que foi Deus
que me tratou mal
e me envolveu em sua rede.
7 “Se grito: É injustiça!
Não obtenho resposta;
clamo por socorro,
todavia não há justiça.
8 Ele bloqueou o meu caminho,
e não consigo passar;
cobriu de trevas as minhas veredas.
9 Despiu-me da minha honra
e tirou a coroa de minha cabeça.
10 Ele me arrasa por todos os lados
enquanto eu não me vou;
desarraiga a minha esperança
como se arranca uma planta.
11 Sua ira acendeu-se contra mim;
ele me vê como inimigo.
12 Suas tropas avançam poderosamente;
cercam-me e acampam
ao redor da minha tenda.
13 “Ele afastou de mim
os meus irmãos;
até os meus conhecidos
estão longe de mim.
14 Os meus parentes me abandonaram
e os meus amigos
esqueceram-se de mim.
15 Os meus hóspedes
e as minhas servas
consideram-me estrangeiro;
veem-me como um estranho.
16 Chamo o meu servo,
mas ele não me responde,
ainda que eu lhe implore
pessoalmente.
17 Minha mulher acha repugnante
o meu hálito;
meus próprios irmãos
têm nojo de mim.
18 Até os meninos zombam de mim
e dão risada quando apareço.
19 Todos os meus amigos chegados
me detestam;
aqueles a quem amo
voltaram-se contra mim.
20 Não passo de pele e ossos;
escapei só com a pele
dos meus dentes.
21 “Misericórdia, meus amigos!
Misericórdia!
Pois a mão de Deus me feriu.
22 Por que vocês me perseguem
como Deus o faz?
Nunca irão saciar-se da minha carne?

Efésios 2:11-22
11 Portanto, lembrem-se de que anteriormente vocês eram gentios por nascimento e chamados incircuncisão pelos que se chamam circuncisão, feita no corpo por mãos humanas, e que,
12 naquela época, vocês estavam sem Cristo, separados da comunidade de Israel, sendo estrangeiros quanto às alianças da promessa, sem esperança e sem Deus no mundo.
13 Mas agora, em Cristo Jesus, vocês, que antes estavam longe, foram aproximados mediante o sangue de Cristo.
14 Pois ele é a nossa paz, o qual de ambos fez um e destruiu a barreira, o muro de inimizade,
15 anulando em seu corpo a Lei dos mandamentos expressa em ordenanças. O objetivo dele era criar em si mesmo, dos dois, um novo homem, fazendo a paz,
16 e reconciliar com Deus os dois em um corpo, por meio da cruz, pela qual ele destruiu a inimizade.
17 Ele veio e anunciou paz a vocês que estavam longe e paz aos que estavam perto,
18 pois por meio dele tanto nós como vocês temos acesso ao Pai, por um só Espírito.
19 Portanto, vocês já não são estrangeiros nem forasteiros, mas concidadãos dos santos e membros da família de Deus,
20 edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, tendo Jesus Cristo como pedra angular,
21 no qual todo o edifício é ajustado e cresce para tornar-se um santuário santo no Senhor.
22 Nele vocês também estão sendo edificados juntos, para se tornarem morada de Deus por seu Espírito.


OU


Salmos Litúrgicos Livro II Undécimo Dia: Oração Vespertina
Salmo 59 Eripe me de inimicis
LIVRA-ME de quem me quer mal, DEUS meu, * defende-me dequem se levanta contra mim.
2 Livra-me de gente perversa * e salva-me de pessoas sanguinárias.
3 Pois eis que armam ciladas contra a minha vida, ajuntando-se contra mim; * e não por pecado ou transgressão minha, ó SENHOR.
4 Estou sem culpa, mas correm e se preparam; * apressa-te a ajudar-me.
5 O SENHOR das Celestes hostes punirá as nações; * e quem pratica a maldade receberá castigo.
6 Voltam à tarde, * e, uivando, rodeiam a cidade.
7 Espadas estão nos seus lábios, * pois dizem: quem ouvirá?
8 Mas tu, SENHOR, dessa gente rirás; * zombarás de quem se vangloria.
9 Em ti, força minha, esperarei; * pois Deus é meu alto refúgio.
10 O Deus, que vem em meu socorro, vai adiante de mim; * dar-me-á força para enfrentar quem é contra mim.
11 Não mates esta gente, * pelo contrário, meu povo lhes esquecerá.
12 Pelos seus pecados e vãs palavras, vivem a escravidão do orgulho; * também pelas maldições e mentiras que proferem.
13 Que a maldade seja consumida por sua indignação, * e saibam que Deus reina até os confins da terra.
14 Que eles tornem a vir à tarde, * e, uivando, cerquem a cidade.
15 Andarão vagueando em busca de alimento, * e assim passarão a noite toda.
16 Mas eu cantarei o teu poder; celebrarei desde o amanhecer a tua bondade; * pois tens sido para mim alto refúgio no dia de minha angústia.
17 A ti, fortaleza minha, cantarei louvores; * porque Deus é o meu amparo e o Deus que me favorece.


2 Reis 9:14-26
Jeú mata Jorão e Acazias
14 Então Jeú, filho de Josafá e neto de Ninsi, começou uma conspiração contra o rei Jorão, na época em que este defendeu, com todo o Israel, Ramote-Gileade contra Hazael, rei da Síria.
15 O rei Jorão tinha voltado a Jezreel para recuperar-se dos ferimentos sofridos na batalha contra Hazael, rei da Síria. Jeú propôs: “Se vocês me apoiam, não deixem ninguém sair escondido da cidade para nos denunciar em Jezreel”.
16 Então ele subiu em seu carro e foi para Jezreel, porque Jorão estava lá se recuperando; e Acazias, rei de Judá, tinha ido visitá-lo.
17 Quando a sentinela que estava na torre de vigia de Jezreel percebeu a tropa de Jeú se aproximando, gritou: “Estou vendo uma tropa!”
Jorão ordenou: “Envie um cavaleiro ao encontro deles para perguntar se eles vêm em paz”.
18 O cavaleiro foi ao encontro de Jeú e disse: “O rei pergunta: ‘Vocês vêm em paz?’ “
Jeú respondeu: “Não me venha falar em paz. Saia da minha frente”.
A sentinela relatou: “O mensageiro chegou a eles, mas não está voltando”.
19 Então o rei enviou um segundo cavaleiro. Quando chegou a eles disse: “O rei pergunta: ‘Vocês vêm em paz?’ “
Jeú respondeu: “Não me venha falar em paz. Saia da minha frente”.
20 A sentinela relatou: “Ele chegou a eles, mas também não está voltando”. E acrescentou: “O jeito de o chefe da tropa guiar o carro é como o de Jeú, neto de Ninsi; dirige como louco”.
21 Jorão ordenou que preparassem seu carro de guerra. Assim que ficou pronto, Jorão, rei de Israel, e Acazias, rei de Judá, saíram, cada um em seu carro, ao encontro de Jeú. Eles o encontraram na propriedade que havia pertencido a Nabote, de Jezreel.
22 Quando Jorão viu Jeú, perguntou: “Você vem em paz, Jeú?”
Jeú respondeu: “Como pode haver paz, enquanto continuam toda a idolatria e as feitiçarias de sua mãe, Jezabel?”
23 Jorão deu meia-volta e fugiu, gritando para Acazias: “Traição, Acazias!”
24 Então Jeú disparou seu arco com toda a força e atingiu Jorão nas costas. A flecha atravessou-lhe o coração e ele caiu morto.
25 Jeú disse a Bidcar, seu oficial: “Pegue o cadáver e jogue-o nesta propriedade que pertencia a Nabote, de Jezreel. Lembre-se da advertência que o Senhor proferiu contra Acabe, pai dele, quando juntos acompanhávamos sua comitiva. Ele disse:
26 ‘On­tem, vi o sangue de Nabote e o sangue dos seus filhos, declara o Senhor, e com certeza farei você pagar por isso nesta mesma propriedade, declara o Senhor’. Agora, então, pegue o cadáver e jogue-o nesta propriedade, conforme a palavra do Senhor”.

Efésios 2:11-22
11 Portanto, lembrem-se de que anteriormente vocês eram gentios por nascimento e chamados incircuncisão pelos que se chamam circuncisão, feita no corpo por mãos humanas, e que,
12 naquela época, vocês estavam sem Cristo, separados da comunidade de Israel, sendo estrangeiros quanto às alianças da promessa, sem esperança e sem Deus no mundo.
13 Mas agora, em Cristo Jesus, vocês, que antes estavam longe, foram aproximados mediante o sangue de Cristo.
14 Pois ele é a nossa paz, o qual de ambos fez um e destruiu a barreira, o muro de inimizade,
15 anulando em seu corpo a Lei dos mandamentos expressa em ordenanças. O objetivo dele era criar em si mesmo, dos dois, um novo homem, fazendo a paz,
16 e reconciliar com Deus os dois em um corpo, por meio da cruz, pela qual ele destruiu a inimizade.
17 Ele veio e anunciou paz a vocês que estavam longe e paz aos que estavam perto,
18 pois por meio dele tanto nós como vocês temos acesso ao Pai, por um só Espírito.
19 Portanto, vocês já não são estrangeiros nem forasteiros, mas concidadãos dos santos e membros da família de Deus,
20 edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, tendo Jesus Cristo como pedra angular,
21 no qual todo o edifício é ajustado e cresce para tornar-se um santuário santo no Senhor.
22 Nele vocês também estão sendo edificados juntos, para se tornarem morada de Deus por seu Espírito.