ODC282 Terça

ODC282 Terça-feira, 17 de setembro de 2019: Salmo 73; Jonas 3:1-10; 2 Pedro 3:8-13 OU Salmo 94; Jeremias 5:18-31; 2 Pedro 3: 8-13

Salmos Litúrgicos Livro III Décimo Quarto Dia: Oração Vespertina
Salmo 73 Quam bonus Israel!
VERDADEIRAMENTE Deus é benigno para com seu povo, * para com quem tem íntegro coração.
2 Quanto a mim, quase meus passos se extraviaram; * pouco faltou que meus pés resvalassem.
3 Porquanto invejei quem é arrogante, * vendo a prosperidade de quem pratica a perversidade.
4 Porque não conhecem as portas da morte, * e robusto é o seu corpo.
5 Não se acham em trabalhos como outra gente, * nem sofrem aflição como as outras pessoas.
6 Pelo que lhes envolve a soberba como um colar, * e a violência lhes cobre, qual um vestido.
7 Seus olhos estão inchados de gordura; * têm mais do que poderiam desejar.
8 Praticando a corrupção, tratam maliciosamente de opressão; * falam arrogantemente.
9 Põem nos céus a sua boca, * e a língua percorre a terra.
10 Pelo que desviam o povo para o seu lado, * o que lhes proporciona singular proveito.
11 E dizem: Como sabe Deus? * Acaso há conhecimento no Altíssimo?
12 Eis que assim são as pessoas más; * prosperam no mundo, aumentam em riquezas.
13 De certo em vão tenho purificado o coração, * e lavado minhas mãos na inocência.
14 Pois todo o dia vivo a aflição, * e o castigo cada manhã.
15 Se eu dissesse: Falarei assim, * eis que trairia a geração de teus filhos e filhas.
16 Quando eu pensava em compreender isto, foi tarefa penosa para mim.
17 Até que fui ao santuário de Deus, * e pude considerar qual seria o fim desta gente.
18 Certamente fazes que fiquem em lugares escorregadios, * e fazes que caiam na destruição.
19 Como se veem em ruinas em um momento! * sofrem finalmente o terror da sua decadência.
20 Como um sonho, quando se acorda, * assim, ó SENHOR, ao despertares, desprezarás a sua aparência.
21 Porque meu coração se amargurava, * no íntimo se afligia.
22 Eu era uma pessoa irracional e ignorante; * como embrutecida diante de ti.
23 Ainda assim estou sempre contigo; * tu me tomaste pela mão.
24 Me guiarás com teu conselho, * e depois me receberás na glória.
25 Quem, senão a ti, tenho eu nos céus? * Contigo, nada mais desejo na terra.
26 Minha carne e meu coração desfalecem; * mas Deus é a fortaleza de meu coração e minha herança para sempre.
27 Pois eis que perecerá toda pessoa que se desvie de ti, será exterminado quem de ti se aparte.
28 Quanto a mim, bom é aproximar-me de Deus; * ponho a minha confiança em ti, SENHOR, meu Senhor, refúgio meu, para anunciar todas as tuas obras.


Jonas 3:1-10
1 A palavra do Senhor veio a Jonas pela segunda vez com esta ordem:
2 “Vá à gran­de cidade de Nínive e pregue contra ela a men­sagem que eu lhe darei”.
3 Jonas obedeceu à palavra do Senhor e foi para Nínive. Era uma cidade muito gran­de, sendo necessários três dias para percorrê-la.
4 Jonas entrou na cidade e a percorreu durante um dia, proclamando: “Daqui a quarenta dias Nínive será destruída”.
5 Os ninivitas creram em Deus. Proclamaram um jejum, e todos eles, do maior ao menor, vestiram-se de pano de saco.
6 Quando as notícias chegaram ao rei de Nínive, ele se levantou do trono, tirou o manto real, vestiu-se de pano de saco e sentou-se sobre cinza.
7 Então fez uma proclamação em Nínive:
“Por decreto do rei e de seus nobres:
Não é permitido a nenhum homem ou animal, bois ou ovelhas, provar coisa alguma; não comam nem bebam!
8 Cubram-se de pano de saco, homens e animais. E todos clamem a Deus com todas as suas forças. Deixem os maus caminhos e a violência.
9 Talvez Deus se arre­penda e abandone a sua ira, e não sejamos destruídos”.
10 Tendo em vista o que eles fizeram e como abandonaram os seus maus caminhos, Deus se arrependeu e não os destruiu como tinha ameaçado.


2 Pedro 3:8-13
8 Não se esqueçam disto, amados: para o Senhor um dia é como mil anos, e mil anos como um dia.
9 O Senhor não demora em cumprir a sua promessa, como julgam alguns. Ao contrário, ele é paciente com vocês, não querendo que ninguém pereça, mas que todos cheguem ao arrependimento.
10 O dia do Senhor, porém, virá como ladrão. Os céus desaparecerão com um grande estrondo, os elementos serão desfeitos pelo calor, e a terra, e tudo o que nela há, será desnudada.
11 Visto que tudo será assim desfeito, que tipo de pessoas é necessário que vocês sejam? Vivam de maneira santa e piedosa,
12 esperando o dia de Deus e apressando a sua vinda. Naquele dia os céus serão desfeitos pelo fogo, e os elementos se derreterão pelo calor.
13 Todavia, de acordo com a sua promessa, esperamos novos céus e nova terra, onde habita a justiça.


OU


Salmos Litúrgicos Livro IV Décimo Oitavo Dia: Oração Vespertina
Salmo 94 Deus ultionum
Ó SENHOR Deus, a quem a vingança pertence, * mostra teu resplendor.
2 Levanta-te, tu que és Juiz da terra, * dá a paga para as pessoas soberbas.
3 Até quando quem pratica o mal, ó SENHOR, * até quando quem pratica a injustiça triunfará?
4 Até quando proferirão maldades, * e todas as pessoas injustas se gloriarão?
5 Esmagam teu povo, ó SENHOR, * e afligem tua herança.
6 Matam a viúva e as pessoas estrangeiras, * e assassinam crianças órfãs.
7 Dizem: o SENHOR não vê, * o Deus de Jacó não faz caso.
8 Cuidem, ó brutais dentre o povo; * e vocês, que vivem na insensatez, quando terão sabedoria?
9 Porventura, quem fez o ouvido não ouvirá? * E quem formou o olho não verá?
10 Não reprovará, aquele que educa as nações? * Quem ensina ao homem o conhecimento?
11 O SENHOR conhece os pensamentos humanos, * e sabe que eles são vaidade.
12 Fez quem tu educas, ó SENHOR, * e a quem ensinas pela tua lei.
13 Para lhe dares descanso dos dias da adversidade, * até que se abra a sepultura para quem não crê.
14 Porquanto o SENHOR não rejeitará o seu povo, * nem há de desamparar a sua herança.
15 Porque o direito se fará conforme a justiça, * e hão de segui-lo os de íntegro coração.
16 Quem será por mim contra as pessoas más? * Quem se porá ao meu lado contra as perversas?
17 Se tu, SENHOR, não me tiveras socorrido, * minha alma quase ficaria no mundo da morte.
18 Quando eu disse: O meu pé resvala, * tua benignidade, SENHOR, me susteve.
19 Na multidão de meus íntimos pensamentos, * tuas consolações alegraram minha alma.
20 Pode porventura associar-se contigo o trono da maldade, * o qual forja maldade por força de uma lei?
21 Quem pratica a perversidade se ajunta contra a vida da pessoa justa, * e condenam o sangue inocente.
22 Mas o SENHOR é a minha defesa; * e meu Deus é a rocha de meu refúgio.
23 Fará cair sobre essa gente em sua própria maldade, e a destruirá na sua malícia; * o SENHOR nosso DEUS provocará sua destruição.

Jeremias 5:18-31
18 “Contudo, mesmo naqueles dias não os destruirei completamente”, declara o Senhor.
19 “E, quando perguntarem: ‘Por que o Senhor, o nosso Deus, fez isso conosco?’, você lhes dirá: Assim como vocês me abandonaram e serviram deuses estrangeiros em sua própria terra, também agora vocês servirão estrangeiros numa terra que não é de vocês.
20 “Anunciem isto à comunidade de Jacó
e proclamem-no em Judá:
21 Ouçam isto, vocês,
povo tolo e insensato,
que têm olhos, mas não veem,
têm ouvidos, mas não ouvem:
22 Acaso vocês não me te­mem?”,
pergunta o Senhor.
“Não tremem diante da minha presença?
Porque fui eu que fiz da areia
um limite para o mar,
um decreto eterno que ele
não pode ultrapassar.
As ondas podem quebrar,
mas não podem prevalecer,
podem bramir,
mas não podem ultrapassá-lo.
23 Mas este povo tem coração
obstinado e rebelde;
eles se afastaram e foram embora.
24 Não dizem no seu íntimo:
‘Temamos o Senhor, o nosso Deus:
aquele que dá as chuvas do outono
e da primavera no tempo certo,
e nos assegura
as semanas certas da colheita’.
25 Porém os pecados de vocês
têm afastado essas coisas;
as faltas de vocês
os têm privado desses bens.
26 “Há ímpios no meio do meu povo:
homens que ficam à espreita
como num esconderijo
de caçadores de pássaros;
preparam armadilhas
para capturar gente.
27 Suas casas estão cheias de engano,
como gaiolas cheias de pássaros.
E assim eles se tornaram
poderosos e ricos,
28 estão gordos e bem-alimentados.
Não há limites para as suas obras más.
Não se empenham pela causa do órfão,
nem defendem os direitos do pobre.
29 Não devo eu castigá-los?”,
pergunta o Senhor.
“Não devo eu vingar-me
de uma nação como essa?
30 “Uma coisa espantosa e horrível
acontece nesta terra:
31 Os profetas profetizam mentiras,
os sacerdotes governam
por sua própria autoridade,
e o meu povo gosta dessas coisas.
Mas o que vocês farão
quando tudo isso chegar ao fim?


2 Pedro 3:8-13
8 Não se esqueçam disto, amados: para o Senhor um dia é como mil anos, e mil anos como um dia.
9 O Senhor não demora em cumprir a sua promessa, como julgam alguns. Ao contrário, ele é paciente com vocês, não querendo que ninguém pereça, mas que todos cheguem ao arrependimento.
10 O dia do Senhor, porém, virá como ladrão. Os céus desaparecerão com um grande estrondo, os elementos serão desfeitos pelo calor, e a terra, e tudo o que nela há, será desnudada.
11 Visto que tudo será assim desfeito, que tipo de pessoas é necessário que vocês sejam? Vivam de maneira santa e piedosa,
12 esperando o dia de Deus e apressando a sua vinda. Naquele dia os céus serão desfeitos pelo fogo, e os elementos se derreterão pelo calor.
13 Todavia, de acordo com a sua promessa, esperamos novos céus e nova terra, onde habita a justiça.