Odc336 Terça

Odc336 Terça-feira, 19 de novembro de 2019 : Salmos 141; Ezequiel 39: 21-40: 4; 1 Coríntios 10: 23-11: 1 OU Salmo 76; Isaías 66: 1-13; 1 Coríntios 10: 23-11: 1

Salmos Litúrgicos
Livro V
Vigésimo Nono Dia: Oração Vespertlna
Salmo 141 Domine, clamavi
A TI clamo, SENHOR, escuta-me; * inclina os teus ouvidos à minha voz, quando a ti clamar.
2 Suba a minha oração perante a tua face qual incenso, * e minhas mãos levantadas sejam o sacrifício da tarde.
3 Põe vigia, SENHOR, à minha boca; * defende o descerrar de meus lábios.
4 Não deixes que se incline meu coração para o mal, a fazer mal com quem pratica iniqüidade; * e não coma eu de seus manjares.
5 Quem pratica a justiça me corrija com misericórdia, e me repreenda com mansidão; * aceite minha fronte esses preciosos bálsamos.
6 Quanto às pessoas injustas, não lhes permitas ferir-me; * todavia, orarei sempre contra as suas maldades.
7 Assim como a terra quando é sulcada e fendida, * assim foram dispersos os nossos ossos junto da sepultura.
8 Por isso meus olhos te contemplam, SENHOR Deus; * em ti confio; não derrames a minha vida como o sangue do sacrifício.
9 Livra-me de armadilhas contra mim; * defende-me dos laços da maldade.
10 Desfaçam-se as maquinações das pessoas perversas;* siga quem te serve em liberdade e em paz.


Ezequiel 39: 21-40: 4
21″Exibirei a minha glória entre as nações, e todas as nações verão o castigo que eu trouxer e a mão que eu colocar sobre eles.
22Da­quele dia em diante a nação de Israel saberá que eu sou o Senhor, o seu Deus.
23E as nações saberão que os israelitas foram para o exílio por sua iniquidade, porque me foram infiéis. Por isso escondi deles o meu rosto e os entreguei nas mãos de seus inimigos, e eles caíram à espada.
24Tratei com eles de acordo com a sua impureza e com as suas transgressões, e escondi deles o meu rosto.
25″Por isso, assim diz o Soberano, o Senhor: Agora trarei Jacó de volta do cativeiro e terei compaixão de toda a nação de Israel, e serei zeloso pelo meu santo nome.
26Eles se esquecerão da vergonha por que passaram e de toda a infidelidade que mostraram para comigo enquanto viviam em segurança em sua terra, sem que ninguém lhes causasse medo.
27Quando eu os tiver trazido de volta das nações e os tiver ajuntado dentre as terras de seus inimigos, eu me revelarei santo por meio deles à vista de muitas nações.
28Então eles saberão que eu sou o ­Senhor, o seu Deus, pois, embora os tenha enviado para o exílio entre as nações, eu os reunirei em sua própria terra, sem deixar um único deles para trás.
29Não mais esconderei deles o rosto, pois derramarei o meu Espírito sobre a nação de Israel. Palavra do Soberano, o Senhor”.
Ezequiel 40: 1-4
1No início do vigésimo quinto ano do exílio, no início do ano, no décimo dia do mês, no décimo quarto ano depois da queda da cidade, naquele exato dia a mão do Senhor esteve sobre mim e ele me levou para lá.
2Em visões de Deus ele me levou a Israel e me pôs num monte muito alto, sobre o qual, no lado sul, havia alguns prédios que tinham a aparência de uma cidade.
3Ele me levou para lá, e eu vi um homem que parecia de bronze; ele estava em pé junto à entrada, tendo em sua mão uma corda de linho e uma vara de medir.
4E ele me disse: “Filho do homem, fixe bem os olhos e procure ouvir bem, e preste atenção a tudo o que vou mostrar a você, pois para isso você foi trazido aqui. Conte à nação de Israel tudo o que você vai ver”.


1 Coríntios 10: 23-11:1
23″Tudo é permitido”, mas nem tudo convém. “Tudo é permitido”, mas nem tudo edifica.
24Ninguém deve buscar o seu próprio bem, mas sim o dos outros.
25Comam de tudo o que se vende no mercado, sem fazer perguntas por causa da consciência,
26pois “do Senhor é a terra e tudo o que nela existe”.
27Se algum descrente o convidar para uma refeição e você quiser ir, coma de tudo o que for apresentado, sem nada perguntar por causa da consciência.
28Mas, se alguém disser: “Isto foi oferecido em sacrifício”, não coma, tanto por causa da pessoa que o comentou, como da consciência,
29isto é, da consciência do outro, não da sua própria. Pois por que minha liberdade deve ser julgada pela consciência dos outros?
30Se participo da refeição com ação de graças, por que sou condenado por algo pelo qual dou graças a Deus?
31Assim, quer vocês comam, quer bebam, quer façam qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus.
32Não se tornem motivo de tropeço, nem para judeus, nem para gregos, nem para a igreja de Deus.
33Também eu procuro agradar a todos, de todas as formas. Porque não estou procurando o meu próprio bem, mas o bem de muitos, para que sejam salvos.
1 Coríntios 11:1
1Tornem-se meus imitadores, como eu o sou de Cristo.

OU


Salmos Litúrgicos Livro III Décimo Quinto Dia: Oração Matutina
Salmo 76 Notus in Judaea
CONHECIDO é Deus em Judá; * grande é o seu Nome em Israel.
2 Em Salém está o seu tabernáculo; * e a sua morada em Sião.
3 Ali quebrou as flechas do arco; * o escudo, a espada e todas as armas de guerra.
4 Tu és mais ilustre e glorioso * do que a multidão das pessoas aprisionadas.
5 Valentes militares despojastes e dormem seu sono * esta gente valente não pôde defender-se.
6 À tua repreensão, ó Deus de Jacó, * carros e cavalos são abatidos.
7 Tu infundes medo; * quem subsistirá ante a tua ira?
8 Desde o céu fizeste ouvir o teu julgamento; * temeu a terra e ficou imóvel.
9 Quando Deus se dignou julgar; * para livrar a todas as pessoas oprimidas da terra.
10 A ira do ser humano redundará em teu louvor; * e sua cólera será por ti contida.
11 Façam votos ao SENHOR o Deus de vocês e cumpram-nos; * e todas as pessoas que o rodeiam tragam oferendas.
12 Ele abate o orgulho dos príncipes; * ele é mais poderoso do que os reis da terra.

Isaías 66: 1-13
1Assim diz o Senhor:
“O céu é o meu trono;
e a terra, o estrado dos meus pés.
Que espécie de casa vocês me edificarão?
É este o meu lugar de descanso?
2Não foram as minhas mãos que fizeram
todas essas coisas,
e por isso vieram a existir?”,
pergunta o Senhor.
“A este eu estimo:
ao humilde e contrito de espírito,
que treme diante da minha palavra.
3Mas aquele que sacrifica um boi
é como quem mata um homem;
aquele que sacrifica um cordeiro,
é como quem quebra
o pescoço de um cachorro;
aquele que faz oferta de cereal
é como quem apresenta sangue de porco,
e aquele que queima incenso memorial,
é como quem adora um ídolo.
Eles escolheram os seus caminhos,
e suas almas têm prazer
em suas práticas detestáveis.
4Por isso também escolherei
um duro tratamento para eles
e trarei sobre eles o que eles temem.
Pois eu chamei, e ninguém respondeu;
falei, e ninguém deu ouvidos.
Fizeram o mal diante de mim
e escolheram o que me desagrada”.
5Ouçam a palavra do Senhor,
vocês que tremem diante da sua palavra:
“Seus irmãos que os odeiam e os excluem
por causa do meu nome, disseram:
‘Que o Senhor seja glorioso,
para que vejamos a alegria de vocês!’
Mas eles é que passarão vergonha.
6Ouçam o estrondo que vem da cidade,
o som que vem do templo!
É o Senhor que está dando
a devida retribuição
aos seus inimigos.
7″Antes de entrar em trabalho de parto,
ela dá à luz;
antes de lhe sobrevirem as dores,
ela ganha um menino.
8Quem já ouviu uma coisa dessas?
Quem já viu tais coisas?
Pode uma nação nascer num só dia,
ou, pode-se dar à luz um povo
num instante?
Pois Sião ainda estava
em trabalho de parto,
e deu à luz seus filhos.
9Acaso faço chegar a hora do parto
e não faço nascer?”,
diz o Senhor.
“Acaso fecho o ventre,
sendo que eu faço dar à luz?”,
pergunta o seu Deus.
10″Regozijem-se com Jerusalém
e alegrem-se por ela,
todos vocês que a amam;
regozijem-se muito com ela,
todos vocês que por ela pranteiam.
11Pois vocês irão mamar e saciar-se
em seus seios reconfortantes,
e beberão à vontade
e se deleitarão em sua fartura.”
12Pois assim diz o Senhor:
“Estenderei para ela a paz como um rio
e a riqueza das nações, como
uma corrente avassaladora;
vocês serão amamentados nos braços dela
e acalentados em seus joelhos.
13Assim como uma mãe consola seu filho,
também eu os consolarei;
em Jerusalém vocês serão consolados”.

1 Coríntios 10: 23-11:1
23″Tudo é permitido”, mas nem tudo convém. “Tudo é permitido”, mas nem tudo edifica.
24Ninguém deve buscar o seu próprio bem, mas sim o dos outros.
25Comam de tudo o que se vende no mercado, sem fazer perguntas por causa da consciência,
26pois “do Senhor é a terra e tudo o que nela existe”.
27Se algum descrente o convidar para uma refeição e você quiser ir, coma de tudo o que for apresentado, sem nada perguntar por causa da consciência.
28Mas, se alguém disser: “Isto foi oferecido em sacrifício”, não coma, tanto por causa da pessoa que o comentou, como da consciência,
29isto é, da consciência do outro, não da sua própria. Pois por que minha liberdade deve ser julgada pela consciência dos outros?
30Se participo da refeição com ação de graças, por que sou condenado por algo pelo qual dou graças a Deus?
31Assim, quer vocês comam, quer bebam, quer façam qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus.
32Não se tornem motivo de tropeço, nem para judeus, nem para gregos, nem para a igreja de Deus.
33Também eu procuro agradar a todos, de todas as formas. Porque não estou procurando o meu próprio bem, mas o bem de muitos, para que sejam salvos.
1 Coríntios 11:1
1Tornem-se meus imitadores, como eu o sou de Cristo.