Category: Santos mês 04

8 de abril – William August Muhlenberg

fev 26 2010


williammuhlemberg

 8 DE ABRIL – WILLIAM AUGUSTUS MUHLENBERG – PRIEST (8 APR 1877)

William Augustus Muhlenberg nasceu na Filadélfia em 16 setembro de 1796, de uma distinta família luterana alemã. Atraído para a Igreja Episcopal pelo uso da língua inglesa, foi Ordenado em 1817. Era entusiasta das Escolas Dominicais, visando alcançar a todas as camadas sociais. Escreveu hinos e compilou hinários, expandindo a hinologia nas celebrações. Em 1828 fundou e por vinte anos dirigiu o hoje Instituto São Paulo, em Nova York., voltado para o ensino dos jovens, usando a prática salutar das celebrações eucarísticas semanais, com ênfase para as grandes doutrinas da Graça e da Justificação pela Fé.

Como extensão do seu Ministério, foram criadas escolas e hospitais religiosos, sempre visando os menos favorecidos. Em 1846 fundou a igreja da Sagrada Comunhão, em Nova York, cuja Igreja era dotada de uma escola paroquial para as crianças pobres e um sistema de amparo aos desempregados. Dizia-se um “católico evangelical”. Faleceu em 8 de abril de 1877.

Fonte: http://www.satucket.com/lectionary/WAMuhlenberg.htm / by James Kiefer / Livre tradução e adaptação do Revdo. JBS/TSSF/BA. Mar2006

 

 

21 de abril – Anselmo, Arcebispo de Cantuária, 1109

fev 12 2010

anselmodecantuaria

21 de abril – Anselmo de Cantuária
 Anselmo de Cantuária (1033/1034 – 21 de Abril 1109), nascido Anselmo de Aosta (por ser natural de Aosta, hoje na Itália), e também conhecido como Santo Anselmo, foi um influente teólogo e filósofo medieval italiano de origem normanda.

Foi Arcebispo de Cantuária entre 1093 e 1109 (sucedendo a Lanfranco, também um italiano), por nomeação de Henrique I de Inglaterra, de quem foi amigo e confessor, mas depois divergiu com ele na Questão das Investiduras. É considerado o fundador do escolasticismo e é famoso como o criador do argumento ontológico a favor da existência de Deus.

Viria mais tarde a ser canonizado pela Igreja Católica, e declarado Doutor da Igreja em 1720, pelo Papa Clemente XI.

Leia+

25 de abril – São Marcos – Evangelista

fev 10 2010

saomarcos

25 DE ABRIL – SÃO MARCOS EVANGELISTA – ( ~15 – 90)
Apóstolo de Cristo de origem pouco conhecida, autor do segundo dos evangelhos sinóticos, os outros são os Mateus e Lucas, e considerado fundador da igreja do Egito e, também, fundador da cidade italiana de Veneza. Seu nome aparece nas epístolas de São Paulo, que se refere a ele como um de seus colaboradores que enviavam saudações de Roma. A principal fonte de informações sobre sua vida está no livro Atos dos Apóstolos. Filho de Maria de Jerusalém e primo de Barnabé, já se havia convertido ao cristianismo quando Paulo e Barnabé chegaram a Jerusalém (44) trazendo os auxílios da Igreja de Antioquia (At 11,30). Acompanhou Barnabé e Paulo a Antióquia (12,25), na hoje Turquia, onde atuou como auxiliar de Paulo, mas voltou à Jerusalém quando chegaram a Perge, na Panfília. Depois ele e Barnabé teriam embarcado para à ilha de Chipre (13,4-5), na sua primeira viagem apostólica, porém o apóstolo não voltou a ser mencionado nos Atos. De Chipre passou a evangelizar a Ásia Menor e, em decorrência de alguns conflitos, separou-se de Paulo e Barnabé em Perge (Panfília) e voltou para Jerusalém (13,13). Voltou a Chipre (50) acompanhado apenas de Barnabé (15,39) e depois foi para Roma como colaborador de Paulo, prisioneiro naquela cidade (Cl 4,10; Fm 24). É possível que tenha deixado Roma antes da perseguição de Nero (64), pois depois (67) o apóstolo de Tarso, prisioneiro pela segunda vez, escrevia a Timóteo pedindo-lhe que levasse consigo, de Éfeso para Roma, o seu discípulo e colaborador, já que este lhe era muito útil em seu ministério (2Tm 4,11). Em Roma, também entrou em contato com Pedro, pois este, dirigindo-se aos fiéis do Ponto, da Galácia, Capadócia, Ásia e Bitínia, saúda-as em nome do evangelista, a quem afetuosamente chama de filho (1Pd 5,13). Provavelmente escreveu em Roma o Evangelho (50-70) que traz o seu nome e que compila e reproduz a catequese de Pedro. Seu Evangelho destinou-se aos cristãos provenientes do paganismo e tem um estilo simples e vigoroso e com seus 661 versículos, é o Evangelho menos extenso. No século II, o bispo Pápias de Hierápolis, Anatólia, afirmou que ele teria sido intérprete de São Pedro. Embora sejam parcas as informações sobre o evangélico, é indiscutível sua importante participação nos primeiros tempos da igreja cristã. Na Itália seu nome está ligado à cidade de Veneza, para onde mercadores venezianos provenientes de Alexandria, transportaram o que diziam ser as suas relíquias (828). Seu símbolo como evangelista é o leão e a Igreja Católica festeja seu dia em 25 de abril, data em que o evangelista teria sido martirizado.

 Figura copiada do site CADE MEU SANTO – http://www.cademeusanto.com.br