Category: Santos mês 08

17 de Agosto ROQUE DE MONTPELLIER

jul 30 2020

17 de Agosto

ROQUE DE MONTPELLIER (1327)

Ordem Terceira

 

            Filho único de um nobre, Roch de Montpellier foi educado de uma maneira devota. Com 20 anos, quando ambos os seus pais morreram, ele vendeu todos os seus bens, deu a renda aos pobres, se tornou membro da Ordem Terceira e começou uma peregrinação para Roma. Em sua jornada para Roma, Roch encontrou cidades saqueadas por epidemias. Em cada povoado, Roch ofereceu os seus serviços, trabalhando dia e noite para cuidar dos doentes. Finalmente quando ele mesmo ficou doente, a ajuda lhe foi recusada por ser “um estrangeiro”. Roch se alimentava na floresta sendo sustentado por comida trazida por um cachorro. Após sua recuperação, foi inspirado por Deus a voltar para casa, Montpellier. Mas encontrou desta vez sua cidade saqueada pela guerra, e, tomado por espião pelo seu próprio tio, foi lançado na prisão e esquecido durante cinco anos. Depois de receber os últimos sacramentos e agonizando, uma tabuleta apareceu na parede na qual aparecia em letras douradas o nome de Roch, com a predição de que todos que invocassem sua intercessão seriam livrados da pestilência.

 

Coleta: Ó Deus que concedeste a Roch de Montpellier a promessa de não permitir que ninguém que buscasse a sua intercessão fosse afligido com uma doença contagiosa: Concede que nós, que celebramos a sua memória, possamos ser preservados de todo contágio de alma e corpo. Por Cristo nosso Senhor. Amém.

14 de Agosto MAXIMILIAN KOLBE

jul 30 2020

14 de Agosto

MAXIMILIAN KOLBE (1941)

Frade da Primeira Ordem

 

            Este padre polonês da Ordem Conventual dos Frades Menores e fundador da Milícia de Maria Imaculada foi preso em Auschwitz pelos Nazistas em maio de 1941. Dr. Joseph Stemler, outro prisioneiro, lembrou: “Como muitos outros, arrastei-me à noite pelo chão vazio da enfermaria para a cama do Padre Maximilian. A saudação foi conmovedora… ‘Ódio não é criativo’, ele sussurrou para mim. ‘Nossa dor é necessária para que aqueles que viverem depois de nós possam ser felizes.’” Uma fuga do acampamento resultou na condenação à morte por fome para dez prisioneiros. Maximilian se apresentou para tomar o lugar de um condenado que tinha esposa e filhos. A troca foi aceita, e ele ministrou aos seus companheiros na sua longa agonia. Depois de três semanas, o algoz do acampamento matou Maximilian e os três sobreviventes com injeções de ácido carbólico.

 

Coleta: Todo poderoso e eterno Deus, te louvamos por que tu podes transformar nossa fraqueza em força. Como tu chamastes Maximilian para dar a sua vida pelo irmão e sempre ter fé na vitória final do bem: Concede-nos a graça de viver em testemunho fiel a ti, mesmo até a morte, por nossos irmãos e irmãs. Pedimos-te isto no nome de Jesus, nosso único mediador e defensor. Amém.

11 de Agosto CLARA

jul 30 2020

11 de Agosto

CLARA (1253)

Fundadora da Ordem Segunda

 

            No Domingo de Ramos de 1212, Clara, aos 17 anos, fugiu da casa dos seus pais nobres em Assis para se unir a São Francisco. Depois de receber os votos religiosos dela, de cortar o seu cabelo e lhe dar um hábito para substituir o seu vestuário de cetim elegante, Francisco a colocou em um convento Beneditino. Logo ele pôde estabelecê-la na igreja e no convento de São Damião onde ela viveu por mais de 40 anos como encarregada de uma comunidade de freiras contemplativas. Sua irmã Agnes e também sua mãe se tornaram parte da ordem religiosa que se espalhou, ainda na vida de Clara, até a Alemanha e Boêmia. É dito que Clara teria derrotado os soldados de Frederick II pela sua fé no Santo Sacramento. O laço de amor entre Francisco e Clara era forte e significante, entretanto eles se viam um ao outro apenas raramente. O exemplo do seu amor a Deus, um ao outro, e à família inteira de Deus informa e inspira todas as ordens franciscanas até nossos dias. Clara morreu dois dias depois de receber a aprovação da sua regra pelo Papa ligando as Clarissas Pobres ao ideal franciscano de completa pobreza.

 

Coleta: Deus de paz, que na santidade da bem-aventurada Clara nos deu uma luz clara para brilhar na escuridão deste mundo: Dá-nos a graça de assim seguir nos passos dela para que possamos, ao menos, nos alegrar com ela em sua glória eterna; por Jesus Cristo nosso Senhor. Amém.

Eucaristia: Cântico de Salomão 2:10-13                  

Salmo 63:1-8 ou 34:1-8

Lucas 12:32-37

1a Oração da Tarde: Salmos 27, 113

Cântico de Salomão 8:3-7a

Apocalipse 19:1-9

Oração da Manhã: Salmos 27, 113

Eclesiástico 2:1-9

Mateus 11:44-51

2a Oração da Tarde: Salmos 61, 66

Isaías 54:1-8

Mateus 11:25-30

9 de Agosto DESMOND LIONEL MORSE-BOYCOTT

jul 30 2020

9 de Agosto

DESMOND LIONEL MORSE-BOYCOTT (1979)

Ordem Terceira

 

            Pe. Desmond, como era conhecido, serviu na igreja de St. Mary, Somers Town, uma área empobrecida de Londres. Saia de noite para juntar-se aos jovens que encontrava nas esquinas jogando cartas e apostando. Levava comida que mal sobrava e compartilhava com eles. Esses rapazes, passado algum tempo, formaram a base do coral e da escola do Pe. Desmond. Ele deixou a sua posição na paróquia para fundar a escola onde os meninos poderiam ser educados e treinados para cantar no coro. Ele também atuou como líder da Custodia (Fraternidade da Terceira Ordem) em Londres por muitos anos. A escola que ele fundou trouxe à vida 268 meninos; 22 deles entraram ao sacerdócio e 3 se tornaram músicos profissionais. O coro viajou 106,286 milhas. Pe. Desmond faleceu em 09 de agosto de 1979.

 

Coleta: Gracioso Deus, tu nos deste o dom da música para cantar o teu louvor, e nos chamaste para servir aos pobres e trazer as crianças para ti: Que nós, a exemplo do teu servo, Desmond Lionel Morse-Boycott, possamos louvar-te com nossos lábios e com nossas vidas como teus servos, por meio de Jesus Cristo nosso Senhor. Amém.

 

4 de Agosto JOÃO VIANNEY, CURA D’ARS

jul 30 2020

4 de Agosto

JOÃO VIANNEY, CURA D’ARS (1859)

Ordem Terceira

 

            João Vianney, conhecido como o Cura d’Ars, só foi aceito para ordenação depois de uma longa luta, pois ele achava o estudo acadêmico extremamente duro. Tornou-se padre da paróquia da remota aldeia de Ars em 1818, onde permaneceu até sua morte. Ele transformou inteiramente a vida espiritual e moral da comunidade com sua pregação, amor e santidade. Sua   fama de confessor se espalhou, e pessoas de toda parte vinham a ele para sua orientação simples e direta (nos últimos anos, mais de 20.000 pessoas o visitavam anualmente). Alguns de seus companheiros clérigos o julgavam mentalmente desequilibrado. O bispo, porém, respondeu: “Tomara que todo meu clero tivesse um toque da mesma loucura”.

 

Coleta: Deus de amor que encheste teu servo João Vianney de zelo como padre, pastor e confessor: por tua graça, ajuda-nos a ganhar todos nossos irmãos e irmãs para Cristo e compartilhar com eles na glória eterna; por Jesus Cristo nosso Senhor. Amém.

 

Fonte: Companheira Devocional