Category: Santos mês 1

26 de janeiro – Timóteo, Tito e Silas

jan 14 2010

Timoteo e Tito26 de janeiro: Timóteo e Tito

Seus nomes estão associados aos primeiros passos da Igreja no mundo.

Paulo tinha predileção por eles, pois o serviram fielmente. A fim de que desempenhassem melhor os seus trabalhos, o Apóstolo lhes escreve três cartas, que hoje figuram no Novo Testamento.

Timóteo era natural de Listra de Licaônia. Seu pai era gentio e sua mâe, Judia. Timóteo foi educado na lei de Moisés e , provavelmente, Paulo o batizou durante sua primeira estada em Listra. A partir de então, Timóteo acompanhará a Paulo em suas Viagens apostólicas pelo Oriente. Finalmente, o Apóstolo o chama a Roma, para que o assista em seus últimos momentos, pois já sente a proximidade do martírio. Quando vier, escreve Paulo a Timóteo, “traga a capa que deixei em Troâde, em casa de Carpo”. Apóstolo sente o frio da solidão: “todos em abandonaram!”, e entrega a Timóteo a missão da pregação e da evangelização.
Timóteo foi bispo de Éfeso, onde provavelmente morreu martirizado em 95 d.C.
Quando a Tito, Paulo o Chamava de meu verdadeiro filho segundo a fé comum. Ignoramos seu nascimento. Pode ter sido antioqueno ou grego. Porém, sabemos com certeza que estava junto ao Apóstolo em sua famosa viagem a Jerusalém. Ali, Paulo se nega a permitir que circuncidem a Tito, com símbolo da liberdade diante da lei de Moisés, já cumprida por Jesus Cristo em favor dos gentios. A tradição reza ter sido Tito o primeiro bispo de Creta.
O Novo Testamento conserva duas cartas de Paulo a Timóteo e uma a Tito, nas quais lhes transmite instruções sobre a evangelização dos judeus e pagãos e sobre como devem fazer para melhor pregar o Evangelho.

http://www.catolicanet.com/    http://www.mundocatolico.org.br/Evangelho/evansx260107.htm

barra16

 

Silas,_apostleSilas “Silas, contração do nome Silvanus

Distinto membro da igreja apostólica de Jerusalém. Em companhia de São Paulo, foi a Antioquia levar aos cristãos desta cidade as decisões do concílio de Jerusalém, At.15:22,27,32. Quando o apóstolo Paulo dispensou a companhia de Marcos, na segunda viagem missionária, partindo com Barnabé, escolheu a Silas para fazer parte de sua missão, v.40. Ambos foram encarcerados em Filipos, 16:19, 25, 29. Silas achava-se em companhia de Paulo, quando se levantou o tumulto contra eles em Tessalônica, 17:4. Retirando-se Paulo para a patê do mar,, Silas e Timóteo ficaram ali, v.14. Ambos tiveram de seguir para Atenas acudindo a um chamado urgente de Paulo, v.15, MS parece que não subiram com ele senão para chegar a Corinto, 18:5. Nesta cidade, Silas prestou valioso auxílio ao trabalho de Paulo, 2Coríntios 1:19. A mesma pessoa familiarmente designada pelo nome de Silas nos Ato, tem o nome de Silvano nas epístolas. O seu nome aparece, juntamente com o de Paulo e Timóteo nas duas epístolas aos Tessalonicenses, 1Ts:1:1; 2Ts.1:1. Possivelmente, ele é o mesmo Silvano que foi portador da primeira epístola de São Pedro, IPe 5:12”. Dicionário da Bíblia, John D. Davis, 1977.

27 de janeiro – São João Crisóstomo

jan 10 2010

sjcrisostomo

Em grego Ιωάννης ο Χρυσόστομος, (349, Antioquia da Síria, hoje Antakaya, no sul da Turquia – 14 de Setembro de 407) foi um teólogo e escritor cristão, Patriarca de Constantinopla no fim do século IV e início do V. Sua deposição em 404 produziu uma crise entre a Santa Sé e a Sé Patriarcal. Pela sua inflamada retórica, ficou conhecido como Crisóstomo (que em grego significa «boca de ouro»).
“Como verdadeiro pastor, tratava a todos com cordialidade, (…) em particular nutria uma ternura especial pela mulher e dedicava uma atenção particular ao matrimônio e à familia” e “convidava aos fiéis a participar na vida litúrgica, que fez esplêndida e atrativa com criatividade genial”. Mas “apesar de sua bondade (…) se viu envolto em freqüentes intrigas políticas, por suas contínuas relações com as autoridades e as instituições civis (…) e foi condenado ao exílio”.[1]
É considerado santo pelas Igrejas Ortodoxa e Romana; é, a par de Gregório de Nanzianzo, de Gregório de Nissa e de Basílio de Cesareia, um dos quatro grandes Padres da Igreja Oriental; é ainda um dos Doutores da Igreja Católica.

Leia+

28 de janeiro – Tomás de Aquino

jan 08 2010

saint_thomas_aquinas1

Tomás de Aquino nasceu em 1224 ou 1225 no castelo de Roccaseca, perto da cidade de Aquino, no reino da Sicília (hoje parte da Itália).
Sua família era proprietária de um pequeno feudo e ligada politicamente ao imperador Frederico 2o. Tomás foi encaminhado ainda criança para o monastério de Monte Cassino, com o objetivo de seguir carreira religiosa.
Depois de nove anos, por causa de um conflito entre o imperador e o papa, ele foi tirado do monastério e enviado para a Universidade de Nápoles, onde entrou em contato com a obra de Aristóteles. Pouco depois, decidiu juntar-se à ordem mendicante dos frades dominicanos. Quando seus superiores o enviaram para a Universidade de Paris, os pais do noviço chegaram a seqüestrá-lo no caminho. Apesar de ter ficado um ano proibido de sair da propriedade da família, a vontade de Tomás prevaleceu e ele se mudou para Paris. O resto de sua vida foi bastante simples, se resumindo à atividade acadêmica, com apenas uma interrupção de alguns anos para trabalhar como conselheiro da Cúria Papal, em Roma.

Leia+