Category: Santos de outubro

4 de outubro – Francisco de Assis, Frade, 1226

out 28 2009

saofranciscodeassis1 – SÃO FRANCISCO NO ANGLICANISMO
Rev.Pe. Rodson Ricardo Souza do Nascimento (Comunidade Anglicana da Natividade – Natal/RN)

A próxima segunda será o Dia de São Francisco de Assis, padroeiro dos animais e da Ecologia. Antes de receber esses títulos, Francisco de Assis teve seus méritos pelo seu exemplo de vida, pelos quais foi elevado aos altares da Igreja. Fundou a Ordem dos Frades Menores, que depois se espalhou pelo mundo e ramificou-se em diversas ordens religiosas e congregações, masculinas, femininas e mistas.
Francisco nasceu em Assis, no centro da Itália, em 1182. Jovem orgulhoso, vaidoso e rico, que se tornou o mais italiano dos santos e o mais santo dos italianos.
Com 24 anos, renunciou a toda riqueza para desposar a “senhora pobreza”. Aconteceu que Francisco foi para a guerra como cavaleiro, mas doente ouviu e obedeceu a voz do Patrão que pedia seu retorno. No início da conversão viveu como eremita e na solidão, quando recebeu a ordem na igrejinha de São Damião: “vai restaurar minha igreja, que está em ruínas”.
Partindo em missão de paz e bem, seguiu com perfeita alegria o cristo pobre, casto e obediente.

Leia+

06 de outubro – William Tyndale, Presbítero – 1536

out 26 2009

Tyndale-martyrdom

 William Tyndale O pai da Bíblia Inglesa – nasceu aproximadamente em 1483, na vila de North Nibley. Ordenado ao sacerdócio em 1502, ele se distinguiu em Oxford recebendo o seu de Bacharel em Artes, em 1515. Mais tarde ele se transferiu para Cambridge, onde se tornou familiarizado com Erasmo e o seu Novo Testamento Grego. Enquanto atravessava esse tempo de reflexão, Tyndale experimentou uma iluminação espiritual semelhante à de Lutero.

Quanto mais ele estudava esse tesouro recém descoberto, mais acentuada se tornava a sua preocupação no sentido de que os seus companheiros ingleses dele compartilhassem. Foi durante esse período de formação que aconteceu a clássica discussão de Tyndale com um papista fanático. Antagonizado pela sua incapacidade de refutar a racionalização bíblica de Tyndale, o exasperado sacerdote gritou: “seria melhor que ficássemos sem as leis de Deus do que sem as leis do papa”, ao que Tyndale retorquiu indignado:

Leia+

15 de outubro – Tereza de Ávila – Priora – 1582

out 24 2009

tereza-de-avila15 de outubro – Santa Teresa D’Ávila – Priora (1515-1582)

Santa Teresa de Ávila ou Santa Teresa de Jesus (Gotarrendura, 28 de março de 1515 — Alba de Tormes, 4 de outubro de 1582) foi uma religiosa e escritora espanhola, famosa pela reforma que realizou no Carmelo e por suas obras místicas.
Infância: Teresa de Cepeda e Ahumada nasceu na província de Ávila, Espanha, numa família da baixa nobreza. Seus pais chamavam-se Alonso Sánchez de Cepeda e Beatriz Dávila e Ahumada. Teresa refere-se a eles com muito carinho. Alonso teve três filhos de seu primeiro casamento. Beatriz deu-lhe outros nove.
Aos sete anos, gosta muito de ler histórias dos santos. Seu irmão Rodrigo tinha quase a sua idade, por isto costumavam brincar juntos. As duas crianças viviam pensando na eternidade, admiravam a coragem dos santos na conquista da glória eterna. Achavam que os mártires tinham alcançado a glória muito facilmente e decidiram partir para o país dos mouros com a esperança de morrer pela fé. Assim sendo, fugiram de casa, pedindo a Deus que lhes permitisse dar a vida por Cristo. Em Adaja encontraram um dos tios que os devolveu aos braços da aflita mãe. Quando esta os repreendeu, Rodrigo colocou toda a culpa na irmã. Com o fracasso de seus planos, Teresa e Rodrigo decidiram viver como ermitães na própria casa e construíram uma cela no jardim, sem nunca conseguir terminá-la. Desde então, Teresa amava a solidão.

Leia+

15 de outubro – Samuel Isaac Joseph Schereschewsky, Bispo de Shangai, 1906

out 23 2009

Schereschewsky15 de Outubro – Samuel Isaac Joseph  Schereschewsky, Bispo de Shangai, 1906

Samuel Isaac Joseph, nasceu na Lituânia russa, em 1831. Parte de sua educação foi na Rússia, numa escola rabínica. Passou dois anos na Universidade de Breslau, Alemanha. Na chegada aos Estados Unidos, foi para o Seminário Teológico Presbiteriano de Pittsburg, Pennsylvania, mas depois foi para o Seminário Teológico Geral Episcopal, de Nova Iorque, ordenado Diácono e, em seguida, Presbítero. Shangai, na China foi seu campo de trabalho. Eleito Bispo Missionário para a China, em 1875, recusou a posição. Eleito novamente, em 1877, aceitou. Recebeu o grau de D.D. de Faculdade de Kenyon, Ohio, em 1876, e de S.T.D. de Columbia, em 1877. Foi consagrado em Nova Iorque, em 31 Outubro de 1877. Os serviços de Schereschewsky eram particularmente valiosos no trabalho de traduzir do hebreu as escrituras do AT em mandarim e chinês. Participou da tradução do NT grego, em Chinês e mandarim, e também para os mesmos idiomas o LOC. Ele também traduziu o evangelho de Marcos em mongol, e preparou um “Dicionário deste Idioma”. Fundou uma universidade… Depois contraiu Parkinson, resignou como Bispo e gastou o resto de seus dias em suas traduções e as últimas 2000 páginas ele as digitou com um dedo, porque era o único que podia mover. Quatro anos antes da morte dele, em 1906, ele disse: “Eu me sentei nesta cadeira durante mais de vinte anos. Parecia muito duro no princípio. Mas Deus soube fazer o melhor. Ele me manteve para o trabalho do qual eu estava melhor provido”.

Fonte:http://www.dar.org.br/biblioteca/artigos_clerigos/artigos_clerigos_2004_001.htm

2) Dr. Samuel Isaac Joseph Schereschewsky

El Dr. Samuel Isaac Joseph Schereschewsky, de 1877 hasta 1883 fue obispo misionero de la iglesia americana en China. Nació en Tanroggen, en Lituania Rusia, en el año 1831, y fue criado bajo la religión y la educación de los judíos, graduándose de la universidad de Breslau. La lectura del Nuevo Testamento en una traducción hebrea, que había caído en sus manos, lo convenció de la verdad del cristianismo.

Leia+

17 de outubro – Inácio, Bispo de Antioquia e Martir, 115

out 22 2009

 santo-inacio-de-antioquia17 de Outubro – Santo Inácio de Antioquia

Patrístico do período pré-nissênico foi o segundo bispo de Antióquia, assumindo a chefia desta comunidade depois de Evódio. Alguns estudiosos o consideram o terceiro bispo de Antioquia, pois consideram São Pedro (10 a. C. – 67)  o primeiro bispo, por este ter fundado esta comunidade. Também cognominado Theoforos que significa carregado por Deus, por ser identificado como a criança que Nosso Senhor Jesus Cristo tomou nos braços. Tornou-se célebre por sua peregrinação forçada, em cadeias, de Antioquia a Roma (~100-107). Nas paradas que fazia para descanso, escrevia à comunidades que o tinham recebido ou que lhe enviara representantes. Condenado em Roma durante o reinado (98-117) de Trajano (53-117) e, prestes a ser martirizado, a força de sua fé ficou demonstrada em uma Carta aos Romanos: “… Deixem-me ser pasto das feras, pelas quais chegarei a Deus. Sou o trigo de Deus, moído pelos dentes das feras para tornar-me o pão duro de Cristo… Quando o mundo não puder mais ver  o meu corpo, serei verdadeiramente discípulo de Cristo.”. Na Liturgia Oriental sua memória é celebrada no dia 17 de outubro, enquanto que na Ocidental é celebrado no dia 1º de Fevereiro.

OBS: A cidade de Antióquia foi fundada (300 a. C.) por Seleuco I Nicátor (354-281 a. C.), general de Alexandre Magno (356-323 a. C.) e herdeiro da satrapia da Babilônia, com o nome de Antiokheia, ou seja, cidade de Antíoco, em homenagem a seu pai e general de Filipe II da Macedônia (382-336 a. C.), este pai de Alexandre, hoje chamada de Antakya, na Turquia. Tornou-se a capital do império selêucida e grande centro do Oriente helenístico. Conquistada pelos romanos (64 a. C.), conservou seu estatuto de cidade livre e foi a terceira cidade do império depois de Roma e Alexandria, chegando a abrigar 500 mil habitantes. Evangelizada pelos apóstolos Pedro, Paulo e Barnabé, tornou-se uma metrópole religiosa, sede de um patriarcado e centro de numerosas controvérsias, entre elas o arianismo, o monofisismo e nestorianismo.

http://www.dec.ufcg.edu.br/biografias