Category: Santos mês 10

18 de outubro – Sobre São Lucas, Evangelista

out 21 2009

s lucas

18 de Outubro:
São Lucas Evangelista ( ~10 – 70)

Evangelista cristão de formação grega nascido em Antióquia, na Síria, autor do terceiro dos evangelhos sinóticos (os outros são os Mateus e Marcos) e dos Atos dos Apóstolos, e seus textos são os de maior expressão literária do Novo Testamento. Por seu estilo literário, acredita-se que pertencia a uma família culta e abastada e, de acordo com a tradição, exercia a profissão de médico e tinha talento para a pintura. Converteu-se ao cristianismo e tornou-se discípulo e amigo de São Paulo, porém segundo seu próprio relato, não chegou a conhecer pessoalmente Jesus Cristo. São Paulo o chamava de colaborador e de médico amado (Cl 4:14). Segundo o testemunho dos Atos dos Apóstolos e das Cartas de São Paulo, que constituem os únicos dados biográficos autênticos, acompanhou o apóstolo em sua segunda viagem missionária de Trôade a Filipos (49-51), e ali permaneceu nos seis anos seguintes. Depois novamente acompanhou São Paulo, desta vez  numa viagem de Filipos a Jerusalém (57-58)

Leia+

19 de outubro – Henry Martin – Presbítero e Missionário na Índia e Pérsia – 1812

out 21 2009
Henry_Martyn

Missionary na India e Persia, 1812

Henry Martyn

Nasceu em 1781 e estudou em Cambridge, onde tornou-se especialista em matemática. Tinha também facilidade em aprender línguas.

Incentivado por Charles Simeon (ver 12 de novembro), foi para a Ìndia como Capelão, onde chegou em 1806. Ainda em sua viagem para a Índia, no ano de 1805, o navio em que viajava aportou durante 15 dias na Bahia onde manteve contato com os padres católicos romanos, falando em francês e latim, ocasião em que escreveu no seu diário: “Quem  será o ditoso missionário que irá trazer o nome de Cristo a esta região ocidental? Quando será este país libertado da idolatria e do Cristianismo espúrio? Cruzes há em abundância, mas quando será aqui anunciada a doutrina da Cruz?”
 
Os seis últimos anos de sua vida foram dedicados a traduzir o Novo Testamento para o Hindi e Persa, revisado uma tradução Árabe do Novo Testamento, e traduzidos os Salmos para o Persa e o Livro de Oração Comum para o Hindi. Em 1811 saiu da India para a Pérsia, esperando fazer mais algumas traduções e melhorar as existentes. Não concluiu os seus projetos, pois adoeceu e morreu em Tokat (Província da Turquia) em 16 de outubro de  1812 (O Calendário Americano comemora em 19 outubro). Foi enterrado pela Igreja Armeniana, com as honras reservadas ordinariamente para os seus  próprios bispos.                                            
Seu diário foi chamado “um dos mais preciosos tesouros  da devoção Anglicana”.
Pesquisa revjbs out 2006

 

 

 

23 de outubro – SÃO TIAGO DE JERUSALÉM, IRMÃO DE NSJC, (o Menor)

out 20 2009

sao-tiago-o-menor23 de Outubro – São Tiago de Jerusalém – irmão de NSJC e Mártir (o Menor)

Tiago, irmão do Senhor, Mt 13. 55; Mc  6. 3; Gl 1 1. 19, figura saliente na igreja de Jerusalém, nos tempos apostólicos, At 12. 17; 15. 13; 21. 18; 01 1. 19; 2. 9, 12. Este Tiago é mencionado nominalmente duas vezes nos evangelhos, Mt 13. 55; Mc 6. 3, mas os traços gerais de sua vida, só os poderemos encontrar nas relações com as noticias sobre “os irmãos do Senhor” que constituem classe distinta, tanto em vida do Senhor, quando ainda não criam nele, Jo 7. 5, como depois da sua ressurreição, quando se encontram no meio dos discípulos em Jerusalém, At 1. 14. As exatas relações destes “irmãos” com o Senhor Jesus, têm dado lugar a muita discussão. Alguns identificam–nos com os filhos de Alfeu, seus primos irmãos. Pensam outros que estes irmãos do Senhor vêm a ser filhos de José, por um primeiro casamento. Como eles aparecem sempre em companhia de Maria, morando com ela e acompanhando-a em viagens e mantendo relações tão intimas, não é para se duvidar que eles sejam realmente seus filhos e verdadeiros irmãos de Jesus, Mt 12. 46, 47; Lc 8. 19; Jo. 2. 12. Como o nome de Tiago é o primeiro que aparece na enumeração dos irmãos de Jesus, é de supor que fosse ele o mais velho, Mt 13. 55; Mc 6. 3. É provável que ele tenha participado da descrença de seus irmãos, Jo 7. 5, e sem dúvida também dos cuidados pela segurança de sua vida, Mc 3. 31. Quando e de que modo se operou a sua mudança em servo de Cristo, não sabemos, At 1. 14; Tg 1. 1, Quem sabe se ele se converteu em virtude de uma revelação especial como foi a do apóstolo S. Paulo!, 1 Co 15. 7. Desde o inicio da igreja de Jerusalém que o nome de Tiago aparece à sua frente, At 12. 17; 15. 13; 21. 18; GI 1. 19; 2. 9, 12.
Quando, pelo ano 40, 5, Paulo visitou Jerusalém, depois de convertido, declara haver estado com Tiago, sinal evidente de que ele estava à testa da igreja, Gl  1. 19. Há uma referência em At 12. 17 e outra em 21. 18, pelas quais se vê que este discípulo continuava em destaque nos anos 44 e 58 respectivamente. A leitura do v. 6 do cap. 15 dá-nos a entender em que consistia a sua preeminência. Não sendo apóstolo, é licito pensar que ele era o presidente da corporação presbiterial da igreja de Jerusalém e pastor dela, O seu nome aparece nesta qualidade, como se depreende das seguintes passagens: Gl 2. 12; At 12. 17; 15. 13; 21. 18. Os visitantes que iam a Jerusalém dirigiam-se em primeiro lugar a ele, 12. 17; 21. 18; Gl 1. 19; 2. 9. A sua posição na igreja serviu muito para facilitar a passagem dos judeus para o Cristianismo. Os fundamentos de sua fé aliavam-se perfeitamente com as idéias de S. Paulo como se evidencia pela leitura de Gl  2. 9; At 15. 13; 21. 20. Em ambas as passagens citadas, ele fala também em
favor da consciência cristã dos judeus convertidos. Como S. Paulo, fazia-se tudo para todos, era judeu com os judeus para ganhar os judeus, O emprego de seu nome pelos judaizantes, Gl 2. 12; Lit. Clementina, e a admiração que havia por ele entre os judeus, a ponto de o apelidarem de “justo”, tem explicação neste traço de seu caráter, Euzébio, H. E. 2. 23. A última vez que o Novo Testamento se refere a ele, é em ,At 21. 18, onde se diz que o apóstolo Paulo havia ido à sua casa em Jerusalém, A. D. 58. A história profana, contudo, informa que ele sofreu o martírio por ocasião do motim dos judeus no interregno entre a morte de Festo e a nomeação de seu sucessor, A. D. 62, Antig. 20. 9, 1; Euzébio, H. E. 2. 23.

Fonte: Dicionário da Bíblia, John D. Davis.

 

28 de outubro – São Simão e São Judas, Apóstolos

out 13 2009

sao-simao-e-sao-judas28 de Outubro – São Simão e São Judas, Apóstolos

a) Simão foi um dos discípulos de Jesus Cristo, conhecido como “Simão, o Cananeu” de acordo com o Livro de Mateus e como “Simão, o Zelote” no Livro de Lucas 6:15 e Atos 1:13.
A palavra grega Cananeu e a palavra Zelote derivada do aramaico significam a mesma coisa: “zeloso”. Supõe-se por esse apelido que Simão pertencia à seita judaica conhecida como zelotes.
O momento no qual se ocorreu o chamamento de Simão para se unir aos apóstolos não é muito claro na Bíblia. Sabe-se apenas que foi convidado ao mesmo tempo que André, Pedro, Tiago, João, Judas Iscariotes e Tadeu (Mateus 4:18-22).
Não se sabe ao certo qual o ministério de Simão posteriormente

Fonte: Wikipédia, a enciclopédia livre.

 

São Judas é um santo Cristão e um dos doze apóstolos de Jesus. Seus outros nomes são Judas Tadeus e Judas Lebeus. Ele é também conhecido como São Tadeu , soletrado como “Thaddæus” ou “Thaddaeus” em diferentes versãoes da Bíblia. Ele não deve ser confundido com Judas Escariote  que traiu Jesus e mais tarde (Segundo Mateus) cometeu suicídio.

Leia+

31 de Outubro – Dia da Reforma (Séc. XVI)

out 04 2009

lutero31 de Outubro de 1517_ Dia da Reforma Protestante

(Dia em que Martinho Lutero afixou as 95 teses na porta da Igreja do Castelo de Wittemberg).

Gottfried Brakemeier (Pastor Luterano)

 

 

Estimadas Senhoras e Senhores, irmãos e irmãs!

Salvo raras exceções, o “Dia da Reforma” não goza do privilégio de um feriado em nosso País. Afinal, ele serve para quê? Para homenagear os protestantes? Para trazer à memória as dolorosas divisões da Igreja, ocorridas no século XVI? Existem sensibilidades, até mesmo embaraços com relação à comemoração do dia em que no remoto ano de 1517 Matim Lutero afixou suas afamadas 95 teses à porta da Igreja do Castelo em Wittenberg. É verdade que foi alto o preço a pagar pela Reforma, infelizmente. E no entanto, se a atenção se prender ao prejuízo tão-somente, ainda não se percebeu a real importância do movimento desencadeado por Lutero e os demais reformadores. Depois daquele 31 de outubro o mundo já não mais seria o mesmo como antes. 
Apesar dos questionamentos, pois, a comunidade evangélica tem boas razões para não deixar passar em brancas nuvens esta data. Apregoa ser a Reforma evento memorável para toda cristandade e convida as Igrejas irmãs para a comemoração conjunta. Não nega a ambiguidade da mesma. O retrospecto histórico faz ver, a um só tempo, a fidelidade de Deus e o pecado humano, o ganho e a perda, avanços e fracassos. Justamente assim, porém, o dia possui relevância ecumênica. Lembra um marco decisivo na trajetória do povo de Deus, bem como uma vocação comum, altamente relevante no século XXI. É o que tentarei mostrar em poucas e breves reflexões.

Leia+